Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR | 22 de fevereiro de 2019

Ir para o topo

Topo

Um Comentário

Análise – Tribes: Ascend

Bernardo Dabul

Confesso, não conhecia a série Tribes antes de jogar o mais recente, Tribes: Ascend , que por sinal é Free to Play! Mas depois de alguns dias jogando, me pergunto como não fiquei sabendo dessa franquia mais cedo!

Tribes: Ascend é um jogo de tiro em primeira pessoa, porém tem uma mecânica de jogo própria que faz a jogabilidade ser muito mais dinâmica e frenética. O princípio do jogo é que você sempre deve estar em movimento e sempre esteja o mais rápido possível. É possível atingir esse princípio através de duas habilidades que todos os jogadores tem: A primeira é um jetpack que contém carga limitada, porém sempre está se regenerando enquanto não está em uso, para dar locomoção vertical ao player. Depois temos a habilidade de “ski”. Basicamente, quando você aperta a barra de espaço, sua armadura elimina todo o atrito que seu soldado tem com o chão, possibilitando-o a ir a altíssimas velocidades e, junto com o jetpack, possibilitar uma navegação dinâmica do mapa.

Todos os campos de batalha se integram bem a essa mecânica de jogo, possuindo poucas áreas planas e áreas tanto de cadeia de pequenos morros, como montanhas maiores para o jogador poder ter um acumulo rápido de velocidade. Não importa onde você esteja, sempre há um ponto perto de você onde será possível acumular velocidade usando o “ski”. O sentimento de satisfação que vem de dominar essas habilidades para beneficiar seu time é algo que poucos jogos conseguem atingir. Não consigo deixar de sorrir quando acerto um tiro  de lançador de granada perfeitamente no inimigo apesar dele estar a 170 Km/h, ou de passar a 210 Km/h pegando a bandeira inimiga sem nenhum deles ter nem tempo para reagir!

Como disse anteriormente, o jogo é gratuito para qualquer um jogar, porém possui um sistema de micro transações onde o jogador pode comprar armas, classes, perks, e outras coisas para uso no jogo utilizando dinheiro vivo. Embora exista uma moeda do jogo que pode ser utilizada para comprar quase todos os mesmos itens, a quantidade ganha por partida é pequena demais. Então decidi não comprar nada e jogar somente com o que estava disponível para os players que optaram não pagar por nada.

Existem três classes disponíveis no início do jogo: Pathfinder, Soldier e Juggernaut. Pathfinder é a classe mais ágil das disponíveis para os “free users”, tendo pouca vida mas compensando isso com velocidade máxima maior e mais carga em sua jetpack, sendo a classe ideal para os que preferem usar a velocidade como sua arma principal. O Juggernaut, pelo outro lado, é força bruta, tendo muita vida, mas sendo bem mais lento por causa de seu tamanho, usando seu lançador de granada mais poderoso para despachar seus adversários com facilidade. Por fim, temos o Soldier, que é o meio termo entre as duas classes anteriores, tendo como sua especialidade a mescla de velocidade e poder de fogo para lidar com os inimigos. Caso seja do interesse do jogador, existem outras classes que podem ser compradas pela loja do jogo.

Tribes possui quatro modos de jogo: Capture the Flag, Team Deathmatch, Capture and Hold e Arena (somente disponível a partir do level 8). Todos os modos são divertidos. Team Deathmatch é seu clássico mata mata, Capture and Hold é um King of the Hill e Arena é semelhante a Team Deathmatch, porém com um número limitado de vidas. Mas Capture the Flag é de longe o principal modo de jogo de Tribes. Cada lado possui uma base com um gerador, sensor de movimento e turrets automáticas, além da bandeira do time. O objetivo principal é capturar a bandeira inimiga cinco vezes, porém existe um sistema de upgrade de base no jogo, onde toda a ação que o jogador faz é recompensada por créditos, seja ela roubar/capturar a bandeira, matar um inimigo, destruir uma estrutura da base inimiga ou auxiliar um aliado de alguma forma, podendo então gastar esse dinheiro em upgrades da base. Adicionalmente, só é possível capturar a bandeira inimiga se a sua bandeira estiver em seu pedestal, causando na maioria das vezes uma corrida para recuperá-la.

Tribes: Ascend sai do caminho ja andado de outros jogos de tiro e tenta algo novo, e consegue executar isso de forma brilhante! Se tenho algo a reclamar do jogo é o fato de algumas armas que só podem ser compradas por dinheiro serem um pouco poderosas demais. Porém isso é uma queixa pequena perto de tamanho sucesso! Acredito que todos devem jogar esse jogo pelo menos uma vez, ainda mais sendo de graça!

Bernardo Dabul

Bernardo Dabul

Conhecido online como Night Warrior B, eu adoro jogar, seja shooter, corrida ou luta. Tenho uma paixão por qualquer coisa relacionada a Halo, Dota 2 e Killer Instinct. Posso também ser encontrado no 10de10.com.br