Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR.com – Videogames Brasil | 16 de dezembro de 2017

Ir para o topo

Topo

Sem Comentários

Impressões – The Elder Scrolls Online

Impressões – The Elder Scrolls Online
Yukio Yamashita

Fomos convidados para participar do Beta fechado de The Elder Scrolls Online e trazemos aqui algumas rápidas impressões do que esperar dessa nova empreitada da Bethesda para o seu universo de RPG.

O jogo se passa em no mundo de Tamriel num momento em que três facções distintas estão disputando o domínio político.  A trama se desenrola aproximadamente um milênio antes dos eventos do jogo mais recente da série (Skyrim) e 800 anos ou mais antes de Oblivion e Morrowind.

Como já é tradição na série, seu personagem começa o jogo em uma prisão e está para ser sacrificado. Após algumas reviravoltas, você se encontra no mundo de Oblivion comandado por Molog Bal, e com a ajuda de uma amiga, consegue libertar um profeta que estava aprisionado e que o traz de volta ao mundo dos vivos com a missão de lutar contra o príncipe Daedic.

elder_scrolls_online_gameplay (9)

Os jogadores têm uma escolha entre 4 classes de personagens: Nightblade, Templar, Sorcerer, e Warrior. As habilidades são baseadas em dois slots de armas, três habilidades de classe e uma habilidade final. Pontos são divididos entre  força, vitalidade e magia e com apenas um novo ponto disponível por nível, você tem algumas escolhas difíceis na progressão do seu personagem.

A sensação inicial é de um jogo muito parecido com Skyrim. Ótimos gráficos, detalhes de sombra, reflexos, água e traços dos personagens. O estilo gráfico é muito semelhante em diversos lugares e nas fases iniciais, você jogará em grande parte sozinho. Devido a isso, a sensação é como jogar um outro jogo da série. Principalmente em termos de combate, que continua bastante parecido.

Somente avançando no jogo, The Elder Scrolls online se afasta da experiência de RPG solo e acrescenta profundidade ao estilo MMO. E como MMO, segue-se o padrão de quests iniciais fáceis, mas com uma historia não tão boba como as de costume. Mas diferente dos outros MMORPGs, passar de nível aqui está

elder_scrolls_online_gameplay (2)

Mas nem tudo está perfeito e tivemos alguns problemas no Beta. Por exemplo, para logar e carregar o char, levamos de 5 a 7 minutos e o loading entre as áreas teve uma espera parecida.

Alguns outros bugs ocorreram, como erro durante a transição de áreas, saindo do jogo, sendo necessário fechar o cliente e executá-lo novamente, pois o personagem ficou retido no servidor, impedindo a volta ao jogo. Porém este é um beta e felizmente não acreditamos que esses problemas vão se manter para a versão final.

A experiência de The Elder Scrolls Online parece muito promissora e fãs da série terão uma experiência completa e apesar do preço e ainda ter que pagar mensalidade para jogar, acredito que muitos casamentos e namoros estarão com seus dias contados.

The Elder Scrolls Online será lançado em 4 de Abril para a plataforma PC e em Junho para PlayStation 4 e Xbox One.