Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR | 23 de fevereiro de 2019

Ir para o topo

Topo

Sem Comentários

Smartphones e Tablets nos games

Smartphones e Tablets nos games
Redação
  • Em 25 de junho de 2014
  • http://vgbr.com

Com milhões de jogadores em todo o mundo, os games tomaram a posição de maior mídia de entretenimento mundial. E com o estilo de vida corrido do mundo moderno, os jogos estão se adaptando para se encaixar nos pequenos intervalos de tempo que nos sobram, permitindo que possamos jogar enquanto estivermos no trânsito, em filas ou em nosso horário de almoço.

Isto é possível graças a tecnologia móvel que está rapidamente mudando o escopo dos games. Temos histórias de sucesso detalhando como Candy Crush mudou a maneira como as pessoas jogam jogos online.
Jogos de casino não estão ficando para trás já que essas empresas sabem que seus usuários tem perfil de jovens profissionais que estão sempre na correria do dia a dia. Por isso
não é de estranhar que outros jogos clássicos e da vida real, adaptem-se para a modernidade visando colher os mesmos frutos e recebendo versões móveis para isso, como versões de bingos online por exemplo.

Gaming Tablet Razer Edge Windows 8

Gaming Tablet Razer Edge Windows 8

No geral as versões mobile são vistas como as mais propensas a atrair jogadores para tentar jogar um game em particular, principalmente para o público casual. Isso porque, diferente do mercado tradicional de jogos, com os smartphones ou tablets, o consumidor não tem mais a barreira do hardware. Ele já possui o aparelho em mãos e muitos desses jogos são gratuitos, sendo que ele apenas precisa realizar o download do título escolhido.

Hay Day por exemplo é um jogo de agricultura disponível apenas para plataformas móveis e isso não afetou sua meta de alcançar um grande número de jogadores. Hay Day lembra o popular Farmville do Facebook e como ele, também é um jogo gratuito, mas difere muito com o seu controle gestual elaborado exclusivamente para dispositivos Android.

Hay Day é um dos populares jogos casuais de iPad

Hay Day é um dos populares jogos casuais de iPad

E para aproveitar essa tendência, muitas desenvolvedoras tradicionais estão focando em divisões específicas para aplicativos mobile. EA, Activision, Ubisoft, CAPCOM, Bandai Namco e outras grandes desenvolvedoras dos consoles estão voltando suas atenções para as versões móveis dos títulos e investindo pesado para aumentar seus ganhos com esse mercado. Afinal, a base instalada de aparelhos compatíveis com esses jogos passa das centenas de milhões de unidades e a distância a ser percorrida para que o consumidor tenha acesso ao seu jogo é de apenas um clique na loja online.

Com isso, games de séries populares como Fifa 14, estão ganhando versões gratuitas para tablets e smartphones, onde as micro transações garantem a monetização e suporte contínuo do título nessas plataformas móveis.

Fifa 14 p/ iPhone

Fifa 14 p/ iPhone

Mas a recíproca é verdadeira: os consoles e portáteis também estão visando atrair jogadores casuais e o público dos smartphones. Angry Birds por exemplo, recebeu coletâneas para os consoles da geração passada, enquanto jogos como Plants vs Zombies receberam versões multiplayer e de outro gênero para consoles (Garden Warfare).

A integração dos consoles também chega através de aplicativos como o Xbox Smartglass, que em alguns jogos permite que você utilize seu celular ou tablet como uma extensão do jogo, para conquistar novos itens ou ter acesso a novas missões e objetivos, como por exemplo ocorre em Dead Rising 3, da CAPCOM para o Xbox One.

xbox-one-smartglass

App do Xbox One Smartglass rodando no iPhone 5C

E até mesmo empresas tradicionais como a Nintendo, apostaram na moda de jogar no tablet e investiram nessa tecnologia para o Wii U, além é claro do já consagrado Nintendo 3DS, que também faz uso de controles touch, com uma experiência de jogo 3D.

Uma das barreiras que ainda impede os jogadores hardcore de se adaptarem aos “gaming gadgets” ainda são os controles, onde o estilo touch simplesmente não funciona, dependendo e muito do estilo de jogo para ter uma experiência de sucesso. Mas algumas empresas já entregam soluções de tablets com controles ou alguns aparelhos e sistemas operacionais como o Android que permitem usar controles específicos ou até mesmo de consoles.

Pouco a pouco as barreiras limitadoras dos gadgets vão caindo e com isso os desenvolvedores estão cada vez mais focados em lançar jogos para smartphones e tablets com processadores avançados para obter os melhores gráficos possíveis tentando chegar no nível dos consoles.

Ainda estamos um pouco longe dessa realidade, mas o fato é que tablets e smartphones foram lançados a menos de uma década e evoluíram muito nesse período. E com isso parecem conquistar cada vez mais todos os tipos de públicos, tornando-se objetos essenciais para todas as pessoas, incluindo nós, os gamers.