Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR.com – Videogames Brasil | 27 de março de 2017

Ir para o topo

Topo

4 Comentários

Preview: Jogamos Halo Wars 2 na 343 Industries

Preview: Jogamos Halo Wars 2 na 343 Industries
  • Em 19 de outubro de 2016
  • http://www.vgbr.com/

A equipe do vgBR foi convidada pela Microsoft para conhecer a sede da 343 Industries, em Redmond nos Estados Unidos, e acompanhar de perto o desenvolvimento de Halo Wars 2.

Halo Wars 2 é a sequência do jogo de estratégia em tempo real baseado no universo de Halo.

Produzido em parceria entre a 343 Industries e Creative Assembly, responsável pelos jogos de estratégia da série Total War, Halo Wars 2  se passa após os eventos de Halo 5: Guardians, sendo o primeiro jogo da série a avançar a história do universo sem contar a história de Master Chief. Até então, os spin-offs Halo 3: ODST e o primeiro Halo Wars eram todos prequels e se passavam em períodos anteriores aos jogos da série principal, Halo Wars sendo o primeiro da cronologia e ODST entre os eventos de Halo 2 e Halo 3.

hw2_leaderimages_cutterHalo Wars 2 conta a história da Spirit of Fire, uma das principais naves da frota da UNSC, e sua tripulação comandada pelo Capitão Cutter. A embarcação esteve à deriva por 28 anos após os eventos do primeiro jogo e sua tripulação ficou em sono criogênico durante todo esse período, sendo acordada pela nova inteligência artificial Isabel, sem ter o conhecimento de nenhum dos eventos entre Halo 1 e 5.

Agora, Capitão Cutter e seu Red Team de Spartans 2, comandados por Jerome, enfrentarão a nova ameaça dos Banished (banidos, em tradução literal), um grupo de Brutes comandado pelo fanático líder Atriox, um chieftain muito mais forte e cruel do que qualquer uma das raças do Covenant e, portanto, uma ameaça real que os Spartans ainda não enfrentaram.

Durante a visita ao estúdio, tivemos acesso a muitas informações sobre o processo de criação do jogo, conhecendo desde o desenvolvimento da história, arte e até mesmo detalhes sobre a gravação dos efeitos de som e composição da trilha sonora.

hw2_cinematic-officialtrailer36

Atriox é o Brute líder dos Banisheds e a nova ameaça em Halo Wars 2

RTS + Card Game = Blitz

Uma das principais novidades apresentadas e o foco do encontro foi o modo Blitz, um novo estilo de multiplayer que consiste na mistura dos gêneros card game colecionável dentro de um jogo de estratégia em tempo real.

scorpionNessa mistura um tanto quanto peculiar, o jogador será um dos líderes e montará um deck de 12 cartas, escolhendo entre cartas de criaturas, itens ou poderes. O modo tem duas variantes de jogo: Blitz Firefight contra a AI, onde o jogador tem que encarar ondas de inimigos e competir por pontos ganhos por sobreviver mais tempo, e o modo PvP para até 4 jogadores, onde existem 3 pontos de dominação que cada equipe deve manter por maior tempo sob o seu controle. Com 4 cartas nas mãos, você vai ter que liderar suas tropas de maneira estratégica enquanto junta energia para aumentar seu exército e garantir o domínio dos pontos de controle.

Pode parecer confuso, mas a grande sacada de Blitz é permitir que jogadores que não estão acostumados com a complexidade de um RTS possam se divertir com batalhas rápidas de no máximo 12 minutos, onde não precisam gerenciar economia ou linha de produção, duas demandas chave em jogos de estratégia em tempo real.

jump-pack-bruteA jogabilidade aqui evidencia o sistema do jogo de maneira dinâmica, através das cartas e do combate direto. A mecânica de combate de Halo Wars 2 consiste numa lógica de pedra, papel e tesoura, onde unidades aéreas batem veículos terrestres que por sua vez batem infantaria. Obviamente existem unidades que quebram essa regra e isso é o legal do Blitz. Ver seu inimigo avançando com aquelas 3 hornets e você ter uma carta de tanque Wolverine (anti-aéreo) na mão e ver as naves do oponente caindo que nem moscas, garantindo o domínio do ponto de controle é uma sensação bem bacana.

Mas atenção. Se você decidir trazer suas unidades no meio do campo de batalha elas começam com metade da barra de vida temporariamente, que se recupera se a unidade não sofrer danos no período inicial. O local seguro para summonar unidades é na base e ali elas entram em jogo com 100% de vida. Jogadores de Magic ou Hearthstone entenderão isso como uma variante do “enjoo de invocação”, onde suas cartas não podem atacar no turno que entram em jogo, limitando a eficiência de suas unidades se você as trouxer pra jogo no calor da batalha.

hw2_blitz_multiplayerpvp_01

Uma cena de batalha do PvP de Blitz. Note os 3 pontos de controle no mapa.

Durante a visita ao estúdio pude jogar 3 horas de Halo Wars 2, divididas entre as versões de PC e Xbox One, com duas missões no modo Campanha e Blitz Firefight e Blitz PvP.

Optei por testar a versão de PC primeiro para ter um parâmetro de comparação, já que sabia que a versão do console seria inferior ao menos em performance. Logo de cara uma surpresa. Toda a experiência negativa com o Beta do console caiu por terra e o que vi no PC foi um dos jogos de estratégia mais bonitos de todos os tempos. Os modelos e animações são impressionantes e as cores dos cenários tornam a experiência viva. As construções têm animações detalhadas e não mais nascem do chão, sendo trazidas do espaço e entregues por uma nave Pelican para só então iniciarem as instalações.

O jogo estava rodando 1080p e 60 FPS constantes no PC e a versão de console mantinha a mesma resolução, mas com metade da taxa de quadros. Mesmo assim a experiência na versão de Xbox One foi satisfatória e não presenciei muitas quedas de frame, que eram constantes no beta. Outro problema que parece ter sido solucionado foram os travamentos no multiplayer. Todos os duelos de Blitz foram jogados nos consoles e não tivemos nenhum congelamento em nossas partidas.

Com relação à jogabilidade, ela mantém basicamente a mesma configuração competente do jogo original no controle, mas abre um mundo de possibilidades para o gênero quando jogado com mouse e teclado na versão de PC. Ainda que os comandos no controle realmente funcionem muito bem, as opções de grupos e hotkeys facilitam e agilizam o jogo e toda a precisão do mouse no comando dos seus exércitos definem que o gênero RTS é realmente nativo dos PCs.

Halo Wars original finalmente no PC

Uma das maiores críticas ao primeiro Halo Wars foi a falta de uma versão de PCs, principalmente porque na época ele foi o último jogo do estúdio Ensemble, responsável por produzir Age of Empires 3, justamente um jogo de estratégia da Microsoft exclusivo dos PCs.

A edição definitiva de Halo Wars 2 vem corrigir esse deslize incluindo uma versão remasterizada do primeiro Halo Wars no pacote, tanto no Xbox One quanto no PC.

hw2_campaign_01

Diversas unidades na tela com belos modelos, iluminação e efeitos de qualidade. Os gráficos de Halo Wars 2 são os melhores do gênero.

No teste da remasterização não pude jogar a versão de PC, mas o jogo está rodando a 1080p e 60 FPS no console e muitas das texturas e alguns efeitos foram atualizados para a geração atual, tornando a experiência muito mais bonita e com uma performance superior a do original no Xbox 360.

Um respiro aliviado para um gênero quase extinto

É interessante ver a Microsoft investindo tão forte e seguir com a história de sua franquia principal em um título AAA de um gênero que após Starcraft 2: Legacy of the Void não parecia ter muito futuro.

Ainda em desenvolvimento, Halo Wars 2 já apresenta um jogo sólido e a parceria entre 343 Industries e Creative Assembly se mostra preocupada em criar formas de atrair novos jogadores com um modo completamente inédito e inovador, facilitando o acesso ao gênero RTS, algo que outros títulos mais tradicionais não se preocuparam em fazer e levaram a quase extinção do gênero para os MOBAs, jogos muito menos complexos e mais convidativos ao público geral.

Com lançamento para 21 de Fevereiro de 2017, Halo Wars 2 é mais um game do selo Xbox Play Anywhere e a compra garante as versões de Xbox One e PC na loja do Windows 10.

Átila Graef

Átila Graef é fanático por conquistas do Xbox 360, General aposentado em Halo Wars, colecionador de placas de Arcades, e apaixonado por F-Zero GX.


Análises