Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR.com – Videogames Brasil | 16 de dezembro de 2017

Ir para o topo

Topo

Sem Comentários

Pro Cycling Manager 2017 – Análise

Pedro Kakaz

Review

Simulador de ciclismo

Pro Cycling Manager 2017 é um simulador de nicho competente para quem se interessa pelo esporte.

Pro Cycling Manager 2017 é um simulador da prova de ciclismo mais famosa do mundo desenvolvido pela Cyanide Studio e distribuído pela Focus Home Interactive. O game está disponível para PS4Xbox One e PC.

De antemão aviso que não sou um entusiasta de simuladores específicos como este. Conheço a prova de ciclismo de ver passando na TV, e o nome Le Tour de France mesmo é algo que ocupava um local vago em minha mente. Mas me impressionei com o game em diversos aspectos.

Não preciso dizer não há um enredo ou história, nada de linhas de diálogos e cutscenes com reviravoltas, o game tem o foco no esporte e em suas etapas e nada mais. O principal modo de jogo é o Tour. Neste modo acompanharemos um ciclista e sua equipe tentando obter a conquista da maior prova de ciclismo. As diversas etapas do tour real estão no game (sim eu pesquisei), como as provas de contra-relógio, bem como as provas mais longas e também as provas mais tortuosas de montanhas, que desafiam e colocam a prova as técnicas de gestão de energia que tem que ter domínio caso a vitória seja almejada.

Um dos modos que mais gostei foi o modo Challenge, um modo que é basicamente uma réplica de provas de Downhill mas em estradas, onde o simples objetivo é de chegar no fim do percurso em um determinado limite de tempo, levando uma medalha de bronze, prata ou ouro. Outro modo é o Pro Team, onde montamos nossa equipe e gerenciamos todos os recursos da mesma, escolher um patrocinador e tentar ao máximo cumprir as tarefas e exigências dadas, conforme desbloqueamos mais patrocinadores aumentamos a verba e conseguimos contratar mais ciclistas competentes para o time.

O jogo não é difícil como eu esperava, por mais que não seja totalmente intuitivo e arcade, existe aqui uma linha de aprendizado, aprender a gerar a equipe e dar comandos, saber quando aumentar a velocidade e diminuir guardando energia e poupando os recursos que o ciclista tem. Atacar o primeiro lugar todos de uma vez ou manter a retaguarda na hora certa são coisas que vamos aprendendo conforme erramos. O jogo mostra tabelas e gráficos com o desempenho que ajuda a saber onde erramos e como melhorar. É um simulador competente mesmo pra quem não conhece do esporte, como eu.

As provas são longas e uma corrida de 50km por exemplo, fará com que você leve aproximadamente 15 minutos jogando. Quando escolhemos a corrida de 96km, foram quase 30 minutos, rendendo um gameplay apenas de uma pista, ou seja, seu personagem se cansará gradativamente.

Algo que não se pode reclamar aqui é a falta de conteúdo. O jogo tem diversas pistas longas e detalhadas, a possibilidade de se jogar online faz o game ganhar mais vida útil, sendo possível montar clãs com seus amigos e tudo mais. Os gráficos porém não são satisfatórios e a primeira vista até pode parecer belo, mas a falta de detalhes, texturas e alguns efeitos são medíocres e ultrapassados há muito. Por diversos momentos me senti jogando um game de PS3 ou Xbox 360, não que isso seja horrível, mas poderia ser muito melhor.

Pro Cycling Manager é um jogo de nicho e isso não dá para discutir. Nada nele é um chamariz para quem já não seja interessado em títulos assim. Admito me divertir no modo Challenge tentando chegar o mais rápido possível no ponto B, mas é realmente um jogo que tem seu foco em quem já é fã da franquia ou do esporte.

Pontos Positivos

  • Gerenciamento do time e ciclistas são realistas na medida certa
  • Modo challenge divertido
  • Não tem uma dificuldade absurda

Pontos Negativos

  • Gráficos medíocres
  • Nenhum atrativo para quem já não seja fã do esporte ou da franquia
Pedro Kakaz

Pedro Kakaz

Pedro Kakaz é apaixonado por Dark Souls, eterno hero of time, jogador de Dota que ama o trabalho que faz.