Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR.com – Videogames Brasil | 15 de dezembro de 2017

Ir para o topo

Topo

Sem Comentários

FIFA 18 – Análise

FIFA 18 – Análise

Review

O rei dos jogos de futebol

Com mudanças cirúrgicas, FIFA mantém o padrão para manter o reinado. Poucas alterações e a falta de suporte ao futebol brasileiro ainda são problemas recorrentes, mas a jogabilidade precisa mantém a série no auge

Finalmente saiu o FIFA nosso de cada dia! Para quem é fã esse é certamente o lançamento mais esperado do ano e as vendas refletem isso. O game está fazendo tanto sucesso que essa nova versão está liderando as vendas no mundo todo, conseguindo competir em vendas até no Japão, território inóspito para FIFA se levarmos em consideração seu histórico por lá.

O retorno de Hunter

O modo Jornada foi introduzido no FIFA 17 e continua a narrativa sob o título “A Jornada: O Retorno de Hunter“. Jogadores que completaram a história original começarão o FIFA 18 no mesmo clube mantendo conquistas como o título da Premier League entre outros.

Alex Hunter o personagem principal de 18 anos de Clapham, Londres, retorna e é totalmente customizável. Os jogadores podem desbloquear itens que incluem roupas novas e penteados para Hunter. Enquanto FIFA 17 travou Hunter na Premier League e no Campeonato Inglês, no FIFA 18 os jogadores podem agora ir a novos locais, como o Brasil e os Estados Unidos.

A versão nova da Jornada só está disponíveis para os consoles atuais, PS4, Xbox One e PC. Não há modo Jornada no PS3 ou Xbox 360 e também não temos o novo modo na versão do Nintendo Switch.

Jogabilidade

É difícil para a EA manter um equilíbrio que agrade tanto os hardcores e casuais, mas felizmente a produtora vem mandando muito bem no assunto e hoje é referência na jogabilidade. FIFA 18 chega com modestas, mas perceptíveis alterações nesse quesito.

Novas animações em dribles foram acrescentadas, um refinamento na troca de passes, chutes de fora da área estão mais precisos. A velocidade do jogo também mudou e ficou mais cadenciada e os goleiros não estão mais fazendo milagres que a lei da física não permitia. Essa alteração na velocidade do game é a maior mudança dessa versão para as anteriores o que tornou as partidas ainda mais realistas.

Também é notório que a mudança de passes automatizados da versão anterior recebeu uma significativa melhora, mas por causa da diminuição na velocidade isso acabou deixando-os mais difíceis de serem executados e com isso os erros ficaram mais comuns, assim como carrinhos imprecisos e fracassos ao tentar roubar a bola do adversário. Felizmente é algo que com algumas horinhas de jogos você já vai se acostumando e errando cada vez menos.

Gráficos

As mudanças gráficas em relação ao FIFA 17, que já tinha um excelente sistema de iluminação com o motor gráfico Frosbite, são pontuais. A performance do jogo anterior se manteve e continuamos com 1080p e 60 quadros por segundo nos consoles, incluindo o Switch quando em modo dock.

Toda a qualidade gráfica do game anterior também foi mantida e algumas animações aprimoradas. Os jogadores estão mais expressivos, com feições semelhantes a realidade. Os uniformes também estão mais detalhados, com uma animação mais natural. Já o gramado continua praticamente igual enquanto a torcida ganhou novas animações e está um espetáculo. Os menus mantiveram o padrão existente para que o jogador já se sinta familiarizado com o game.

Som

O game chega com novas e agradáveis músicas. Os gritos das torcidas continuam empolgantes e todo áudio que uma partida de futebol necessita está lá. A narração continua com a dupla Tiago Leifert e Caio Ribeiro e apesar de estarem no FIFA há um bom tempo a EA toma todo o cuidado e a cada versão grava novos áudios de ambos, mantendo os comentários atualizados para que a narração não fique enjoativa com os mesmos jargões dos games anteriores.

Sistema Online

É impressionante como o sistema online do FIFA 18 funciona bem, trazendo diversos modos de jogos para se jogar com amigos em cooperativo ou competitivo.

Nas mudanças positivas, agora o game conta com um contador de 3 segundos após um Start do adversário, para que você não seja mais pego de surpresa quando alguém pausa a partida de forma proposital para te pegar desprevenido. Os servidores suportam uma imensidão de jogadores, fazendo uma busca por região que funciona muito bem, encontrando partidas rapidamente. Há alguns lags pontuais, mas nada que atrapalhe a maioria das partidas que você jogar. Como a velocidade das partidas está mais cadenciada, isso refletiu positivamente na qualidade das partidas online.

O rei dos games de futebol

Com mudanças cirúrgicas, FIFA mantém o padrão para manter o reinado. O game chega com seus conhecidos modos de jogo, que irão garantir diversão tanto para aqueles que preferem jogar contra a inteligência artificial da CPU, como para os jogadores que se divertem nos modos onlines.

Peca em alguns defeitos já existentes em versões anteriores, principalmente para nós brasileiros na questão de licenças dos clubes daqui. A maioria deles até estão lá, mas com escalações genéricas, o que já quebra toda a experiência de você jogar com seu time do coração. Outra mancada é o game não apresentar nenhum estádio nacional e infelizmente isso parece ter se tornado padrão na série.

Mesmo com essa falta de suporte ao futebol brasileiro, a qualidade do game acaba prevalecendo, e continuará agradando aqueles que já criaram um costume de comprar uma nova versão do seu jogo de futebol preferido todos os anos. Fica a reflexão quanto a pequena quantidade de alterações que o jogo traz, que para muitos pode ser um ponto positivo visando manter o game no agrado dos fãs, mas para outros pode ser um ponto negativo, que não justifique pagar o preço de um jogo novo.

Pontos Positivos

  • Jogabilidade refinada, com partidas mais cadenciadas
  • Modo online que funciona muito bem
  • Cuidado da EA com o jogo para agradar casuais e hardcores
  • Licenças das principais ligas do mundo

Pontos Negativos

  • Clubes brasileiros não licenciados
  • Falta de estádios nacionais
  • Não há modo Jornada fora de PS4, Xone e PC