Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR.com | 21 de julho de 2018

Ir para o topo

Topo

Sem Comentários

Sword Legacy: Omen é finalista do Indie Prize London

Sword Legacy: Omen é finalista do Indie Prize London
Redação
  • Em 2 de maio de 2018
  • http://vgbr.com

O jogo brasileiro Sword Legacy: Omen foi escolhido como finalista do Indie Prize London, maior festival de jogos independentes do mundo e que acontece anualmente em quatro edições itinerantes. Essa conquista é ainda mais especial pelo fato do jogo ser uma releitura das tradicionais lendas britânicas do Rei Arthur.

Sword Legacy: Omen é uma releitura brutal do mito do Rei Arthur e se passa em Britânia, uma terra fragmentada por intriga e traição. O jogador estará na pele de Uther Pendragon, um vingativo cavaleiro que será auxiliado pelo feiticeiro ancião Merlin em uma jornada em busca de vingança.

Neste RPG tático, a estratégia é fator primordial e o jogador precisará ter o controle de diversos elementos para conseguir vencer e progredir no jogo. Os cenários são interativos e apresentam oportunidades e desafios que o bom jogador poderá identificar e utilizar para vencer mais facilmente.

Em Sword Legacy, o jogador terá acesso a oito heróis diferentes e precisará montar o seu time de acordo com as dificuldades de cada fase. O jogador precisará conhecer as habilidades de cada personagem e também suas fraquezas, para escolher os heróis que trarão vantagens sobre os desafios que surgem.

Ser finalista de um festival tão importante quanto o Indie Prize já é uma grande conquista, mas ser escolhido na edição que acontecerá em Londres é ainda mais emocionante”, disse Bruno Lanzarotti, produtor da Firecast Studio. “Antes de desenvolvedores, somos grandes fãs das Lendas Arturianas e vemos essa indicação como um grande presente e um reconhecimento do nosso esforço em recriar a antiga Britânia dentro do jogo e divulgar o projeto internacionalmente.”, completou.

O Indie Prize London acontecerá durante a Casual Connect, entre os dias 29 e 31 de Maio no Queen Elizabeth II Centre, em Londres, capital da Inglaterra.