Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR.com | 21 de outubro de 2018

Ir para o topo

Topo

Análises

Análise – Titanfall

15 de março de 2014 |

Titanfall não é um jogo de FPS normal. A explicação mais rápida que poderia ser dada ao jogo é que se trata de um Call of Duty com robôs gigantes, porém isso seria um desserviço ao trabalho incrível feito pela Respawn Entertainment, os desenvolvedores do jogo. Leia Mais

Análise – Dark Souls II

11 de março de 2014 | 10

O conceito dos videogames mudou muito desde o surgimento. Concebido como um mercado infantil e de nicho, o videogame atual tenta abranger o maior número de jogadores possível com jogos com desafio mais brando e diversas opções de dificuldades, visando “agradar gregos e troianos”. Isso significa que aquele jogador que não tem paciência para desafios e só quer ver a história está seguro e pode ser feliz jogando na opção Casual. Leia Mais

Análise – South Park: The Stick of Truth

4 de março de 2014 | 2

Já há algum tempo, e de uma maneira cada vez maior, o humor vem sofrendo uma pressão do movimento politicamente correto que vem tomando conta e se espalhando pelas redes sociais como uma praga. Hoje é praticamente impossível escrever ou comentar sobre qualquer assunto sem que algum grupo se sinta ofendido de algum modo. Apesar dessa pressão, alguns programas de televisão ainda sobrevivem mantendo a não tão adorada fórmula do humor negro e politicamente incorreto. Leia Mais

Análise – Thief

3 de março de 2014 |

O que faz um protagonista de videogame ser considerado o mocinho, normalmente são os valores representados por suas atitudes ao longo do jogo. Resgate a princesa, derrote o vilão e salve o vilarejo são maneiras seguras de se garantir que esse personagem está no caminho do bem. Leia Mais

Análise – Donkey Kong Country Tropical Freeze

1 de março de 2014 |

O anúncio de Donkey Kong Country: Tropical Freeze para o Nintendo Wii U durante a última E3 deixou muitos jogadores frustrados, principalmente aqueles que desejavam um novo jogo da série Metroid. Faz sentido: mais um jogo de plataforma 2D em um sistema repleto deles. Não foi meu caso. Leia Mais

Análise – Tales of Symphonia Chronicles

26 de fevereiro de 2014 |

“A representação dos sonhos e esperanças dos fãs está prestes a se realizar.”

Foi com tal frase que Hideo Baba, o produtor da franquia Tales of da Namco Bandai, oficializou a existência de Tales of Symphonia Chronicles, uma coletânea com os 2 títulos criados para a saga Symphonia, para Playstation 3. Leia Mais

Análise – Strider

19 de fevereiro de 2014 | 3

Quem tem mais de 30 anos e viveu a era dos Arcades e Mega Drive deve conhecer Strider, game que empolgou jogadores no final dos anos 80/início dos anos 90 com gráficos e desafios empolgantes para a época. Leia Mais

Análise – Lightning Returns: Final Fantasy XIII

14 de fevereiro de 2014 |

Finalmente a trilogia da saga Final Fantasy XIII chega ao fim com um Lightning Returns, um título bem diferente do que foi apresentado pela Square-Enix nas duas versões anteriores. Bem, o feedback dos fãs foi ouvido e vários problemas foram sanados, mas será que a aventura de Lightning e seus amigos teve um final feliz? Leia Mais

Análise – Forza Motorsport 5

25 de janeiro de 2014 |

Análise dos nossos amigos do Jogaê.tv.

Texto originalmente publicado na edição 88 da Revista Oficial do Xbox no Brasil. A versão abaixo sofreu pequenos ajustes em relação ao original da revista, principalmente por conta da mudança feita às micro-transações do jogo.

Todo novo console precisa de um jogo abre-alas. Um título que apresente as funções do recém-nascido videogame e deixe claro o potencial da máquina. Um que impressione pelo visual, mas que também dê um passo além na inovação; que agrade aos usuários de longa data, mas que conquiste novos jogadores. Um cartão de visitas, enfim. Leia Mais

Análise – Assassin Creed: Liberation HD

21 de janeiro de 2014 |

“Nada é verdadeiro. Tudo é permitido.”

Desde o anuncio de AC3, a Ubisoft recebeu críticas que estava cedendo ao poderio financeiro do Tio Sam, deslocando sua série da velha Asia/Europa para o novo mundo. Nada foi mais incorreto.  Com o retrato de um General Washington indeciso e por vezes medroso e um índio que faria toda a diferença na independência Americana, a Ubi mostrou uma grande coragem.

E isso se mantém em Liberation!

Antes exclusivo para o Vita, agora está disponível para os consoles de mesa em uma versão com gráficos melhorados, adaptado para as máquinas da geração atual e com legendas em Português. Como ele se saiu? Vamos dar uma rápida passada por esta versão de AC que poucos abonados com o portátil jogaram. Leia Mais