Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR.com | 20 de agosto de 2018

Ir para o topo

Topo

Artigos

In Nintendo We Trust

23 de agosto de 2012 | 5

Para qualquer pessoa na casa dos 30 anos, a mudança de geração dos consoles caseiros não é novidade. Pessoas como eu, que começaram a desenvolver a paixão por videogames na época do Atari e Odissey, estão acostumadas a uma mudança frequente de geração e ao nascimento e morte de novas empresas, tecnologias e formas de jogar. Também estão acostumadas a ver saltos enormes de qualidade técnica (o que não implica em menos diversão ou jogabilidade menos elaborada), porém, agora, os tempos são outros…

Leia Mais

Adeus Nintendo Power 1988 – 2012

21 de agosto de 2012 |

Enquanto o mundo caminha mais e mais distante da mídia impressa – abraçando as possibilidades aparentemente ilimitadas do espaço digital – a Nintendo Power mensal servia como uma espécie de porto seguro das revistas de videogames.

3 Fighting Games que você deveria ter jogado…

5 de agosto de 2012 | 6

Mas que com certeza não jogou, ou tinha coisa melhor pra jogar (e eu aposto mais na segunda, principalmente se você jogava na época ou é fã de Neo Geo) então seguindo a linha de um post feito aqui, dos 5 jogos de NES que você provavelmente não jogou, sem mais delongas, vamos a eles.

Breakers Revenge

Leia Mais

A arte de ser “Badass Motherfucker“

25 de julho de 2012 | 1

Sabe aquele tipo de cara que quando entra no bar, você já sabe que vai dar m#rda? Aquele cara de jaqueta de couro, queixo quadrado e botas pontiagudas?

Eles geralmente tem cheiro de graxa e diesel. Usam óculos escuro mesmo que esteja de noite. Quando eles aparecem a jukebox sempre está tocando algo como Highway to hell ou Born to be Wild. Ele não precisa pedir cerveja. Ele simplesmente acena para o garçom.

As mulheres querem ele. Alguns homens querem ser ele.

Filmes como “O Exterminador do futuro”, “Sem Destino“ e “Stallone Cobra“ trouxeram esse tipo de cara para o cinema. Bandas como AC/DC e Motorhead falam deles o tempo todo. O seriado “Sons of Anarchy“ mostra como é o dia-a-dia desses caras.

Mas e no mundo dos videogames? Você pensa que as vaginas pixeladas das “groupies“ virtuais estão salvas?

Nos videogames a coisa é diferente. É mais impactante…

Leia Mais

Ys: As Cronicas de Adol Christin

22 de julho de 2012 | 5

Talvez por ter começado a estudar inglês muito tarde, eu demorei a me interessar por RPG nos video games. Até então, eu gostava mesmo é de ir do ponto A ao ponto B, pisando em tartarugas ou metendo bala em tudo no caminho… Isso mudou muito do final dos 64 bits pra cá, e me considero um cara de sorte por isso. Muitos tiveram a chance de passar por todas as gerações de consoles caseiros, mas poucos tiveram a oportunidade de passar por elas duas vezes!

Leia Mais