Welcome to vgBR.com - Videogames Brasil

Registre-se agora para ter acesso a todos os benefícios do fórum, o registro é totalmente de graça e você poderá interagir com os usuários do fórum de forma mais ativa

Não perca tempo e cadastre-se agora mesmo, leva 2 minutinhos

Yamato

Membros
  • Total de itens

    5.220
  • Registro em

  • Última visita

  • Time Online

    991d 8h 45m 29s

Reputação

2.586 Xbox One

4 Seguidores

Sobre Yamato

  • Rank
    大和
  • Data de Nascimento 10-10-1985

Informações de Perfil

  • Sexo Masculino
  • Localidade 愛知県名古屋市

Métodos de Contato

  • MSN felipeloyola@outlook.com
  • Website URL http://
  • Skype frlrez

Redes Sociais

  • Facebook felipe.r.loyola
  • Twitter felipe_loyola

Últimos Visitantes

614 visualizações
  1. Só se você jogar a versão PC, daí vale Lulu feelings
  2. Tinha pego direto do google fotos .... Nem sei mais onde hospedar pra essas coisas mais.
  3. Eu pensei que alguém iria pegar no "Perda de qualidade em jogos 2D para sair consoles Nintendo" que o sujeito posts acima soltou.
  4. Tenho mais umas paradas da Nintendo em Curitiba. Quando for pra lá atualizo
  5. Entendo o receio, eu também tenho. Só que está superior ao Mighty No 9 sim. O estilo artístico é diferente e a movimentação está melhor. Fiquei com má impressão na voz e na corrida do Megaman (não parece ele correndo). E um pouco dos cenários que parecem pouco trabalhados ainda. De qualquer forma eles tem tempo ainda para corrigir, diferente de Mighty que teve um hiato de informações e quando voltou estava piorado, já que Inafume deve ter gasto o dinheiro com outras coisas. Capcom deveria ter pego o modelo do Megaman direto com o Sakurai. Olhem os gifs, a qualidade da arte não está ruim não.
  6. Megaman é amor! Sempre confiei SEMPR
  7. E o vencedor vira moderador.
  8. É hoje que Galvani infarta.
  9. Não que exista livre mercado. De qualquer forma, respondendo sua pergunta. Sim, embora uma notícia como essa traga alguma satisfação pessoal, fico sim receoso com burocratas entrando em regulações que não são do interesse deles, pode abrir a porta para decisões piores no futuro.
  10. O único ser inocente continua sendo você, Libra. Apelando para xigamentos, espantalhos (onde que eu estou defendendo a Nintendo nessa discussão?) e outras coisas mais. Sei que você é o sujeito trancendental que tem a opinião suprema, meu caro. Só não entendo como você não enxerga o básico. Indendente do que digam, eu só estou falando a PORRA do óbvio. Se você quiser discutir com Gaspar aqui se o XONE X e o PS4 PRO estão vendendo mais ou menos que o outro, fique a vontade. Aqui a sua vontade prevalece. A única coisa que eu estou dizendo é que para a Microsoft e a Sony essa definição de Nova geração (por mais que seja inútil) ainda não é presente nesses novos produtos. É simples assim. Em abril do ano que vem os engravatados das duas empresas vão lá, subir no palco, abrir um arquivo .pptx e vai ter o seguinte slide. Xbox One - Acréscimo de tantos % com relação ao ano anterior devido ao lançamento do novo produto da linha Xbox One X. Playstation 5 - Acréscimo de tantos % nas vendas em relação ao ano anterior devido ao Playstation 4 Pro. Existem trocentas maneiras de você diferenciar um mesmo produto a diferentes públicos: Cores, tamanhos e até (veja só você) potência. Se a Microsoft quisesse mesmo acabar com o Xbox One ela teria colocado a PORRA de outro nome. Xbox Infinity X, que seja. Seria diferente. É só isso. Eu NÃO estou dando minha opinião, estou simplesmente contastando o óbvio. É óbvio que PS4 PRO e XONEX competem entre si, mas no final das contas eles vão simplesmente somar todos esses produtos quando um novo produto for lançado (PS5 e Xbox qualque coisa). É o que a Apple e a Samsung fazem com celulares, é o que trocentas empresas fazem com trocentos produtos. Eles diversificam o mesmo produto para variados públicos. É somente isso. PQP, o que eu estou escrevendo aqui é simplesmente o óbvio. Uma discussão que não deveria nem existir.
  11. Eu deixo você ganhar discussão de internetzinha com Gaspar e Lulu, Libra MEU PIESSEFOUR PRO VAI VENDER MAIS QUE MEU EQUIS BOQUIS ONE EQUIS NÃO NÃO VAI De qualquer forma, as empresas vão continuar se importando com a venda de todos os produtos da linha PS4 e Xbox One juntas. E adivinha só, você não vai mudar isso. Amplexos.
  12. Link. Simplesmente não vale a pena eu discutir com você porque você vai vociferar como sempre faz. Eu utilizo a ironia para você porque é a única forma que funciona com você. Você sempre fez julgamentos dos outros usuários aqui olhando de cima pra baixo como se você sempre estivesse certo e os outros usuários fossem uns burros que não alcançaram a suprema áurea gamística de 5 PhD gamísticos. Então vamos lá, vamos fazer detalhadinho para você tentar entender. Sabe aquela definição de geração de consoles? Ela não existe mais. Antigamente era comum falar de geração 8 ou 16 bits. Isso acabou ficando mais estranho quando a outra geração acabou virando 32/64 bits. Na geração seguinte então a definição já havia ido por água abaixo. O que se utiliza na história dos consoles é enumerar cronologiamente as gerações e compará-las em vendas. Essas gerações, considerando somente consoles que tenha a possibilidade de conectar-se à TV como suas funções princiáis, são separados por duas linhas: Cronológica e Potência (considere-se aí o poder do hardware). A combinação desses dois fatores é utilizado não só por nós, jogadores, mas como também pelas próprias empresas e imprensa para definir quem concorre com quem e por quê. Dando assim a exata noção de quem venceu ou perdeu determinada geração. A questão é que, não importa que pela primeira vez os hardwares caseiros estejam sendo revisados e lançados em versões mais robustas. O que importa é que as empresas consideram isso como uma nova versão de uma mesma linha de produto. Posso não ser publicitário, mas um pouco de administração eu entendo. Para a empresa, eles não estão mudando essa linha de produtos. Para eles, continua sendo a mesma geração. Não importa o quanto você, Lulu e e-gamer divaguem, no relatório fiscal elas vão colocar tudo no mesmo balaio. É só abrir qualquer um deles no fim do ano fiscal: vão estar lá: - PS4 (PS4 + PS4 Slim + PS4 Pro) e - Xbox One (XBox one + Xbox One S + XBox One X). Assim como a Nintendo somou Gameeboy + Gameboy Color, GBA + versões, DS + versões e 3DS + versões, por mais que alguns modelos tenham melhor hardware que os antigos. É a mesma coisa que a Apple com vários produtos, todos com o primeiro nome de iPhone 8. Óbvio que você pode chamar e contar o que quiser para vencer discussões de fórum. De qualquer forma, eu só estou falando que, por mais que um dia a diferença e entre o Xbox One Super Ultra X e o Xbox Two sejam pequenas, é a Microsoft que vai saber quando matar a sua LINHA (ou família) de produtos. Só isso. https://en.wikipedia.org/wiki/Eighth_generation_of_video_game_consoles https://www.microsoft.com/investor/reports/ar17/index.html https://www.sony.net/SonyInfo/IR/library/fr/17q2_supplement.pdf https://www.nintendo.co.jp/ir/pdf/2017/annual1703e.pdf In the Nintendo 3DS family, we launched special hardware editions of each model. We released a total of 14 compatible titles (figure for the Japanese market) including Pokémon Sun and Pokémon Moon, the latest titles in the Pokémon series, and Super Mario Maker for Nintendo 3DS, which enables customers to create their own playing courses. Abraços
  13. Assistirei.