Welcome to vgBR.com - Videogames Brasil

Registre-se agora para ter acesso a todos os benefícios do fórum, o registro é totalmente de graça e você poderá interagir com os usuários do fórum de forma mais ativa

Não perca tempo e cadastre-se agora mesmo, leva 2 minutinhos

ryo

Membros
  • Total de itens

    2.518
  • Registro em

  • Última visita

  • Time Online

    97d 21h 42m 33s

Reputação

250 Wii

1 Seguidor

Sobre ryo

Métodos de Contato

  • ICQ 0

Últimos Visitantes

89 visualizações
  1. Pelas estimativas passa o 3DS tranquilamente este ano. Eu estava cético quanto à meta de 20 milhões do ano fiscal que passou, mas até isso conseguiram.
  2. Não precisa matar completamente o 3DS. Se for para amenizar isso é só fazer alguns jogos para os 2 assim como o Fire Emblem Musou, que sairá para os 2. Sério, ainda bem que a Nintendo sabe da importância do 3DS e não o descarta facilmente como vocês querem. Desde o Wii U fizeram uns ports bons para o 3DS como Yoshi e Mario Maker. Ao meu ver foi um ensaio para o que fariam com 3DS e Switch.
  3. Acho difícil a Nintendo matar repentinamente o 3DS, ainda mais que a plataforma tem uma base instalada grande. Devem manter a produção do portátil ao menos por mais uns 3 anos. E devem lançar alguns jogos no mínimo até o ano que vem. É até engraçado essa torcida para matarem ele logo.
  4. Tem razão, Rhazo. Vamos dizer então que a Nintendo deu uma sobrevida à franquia, que infelizmente vendeu menos ainda. O que não dá para concordar é esse argumento de vendas proporcional à base. O que eu espero da Sega, se quiser levantar a franquia, é aprender com os erros e lançar multi com PC no meio.
  5. Vendas proporcionais pela base instalada é indicador que serve apenas para inflar ego de fan. No final a continuação teve menos alcance que o primeiro título, vendeu bem menos e teve um faturamento menor. Foi uma decisão que prejudicou a franquia. E sobre o Wii Fit, estavámos falando sobre personagens, não? Que relevância tem esse personagem do Wii Fit?
  6. 3DS ainda vai continuar recebendo suporte das thirds japas, resta ver o que a Nintendo vai fazer. Tem uma boa leva de jogos da Nintendo, mas lança tudo até o terceiro trimestre do ano. Sobre o Switch, realmente é um ótimo começo. O interessante é ver que vendeu mais Zelda do que o próprio Switch. A Nintendo supõe que seja por algumas pessoas estarem comprando 2, um para jogar e outro para colecionar. Mas também tem muito a ver com muita pessoa estar comprando o jogo antes de conseguir comprar o console, que está em falta. Zelda está impulsionando essas vendas iniciais de um jeito que nenhum outro título de lançamento da Nintendo fez, aliás não há nada igual isso até hoje de vender mais determinado jogo que o próprio console.
  7. Claro, a série ganhou projeção no Wii U vendendo quase 1/3 do Bayonetta 1. Se puder explicar melhor essa sua teoria... Ou vai me dizer que tem essa importância porque virou um amiibo? Algo que até avatar de Wii Fit virou?
  8. Tá bem agradável ao meu ver, mas também prefiro o Sonic Mania.
  9. Sobre o Persona 5 http://br.ign.com/shin-megami-tensei-persona-5/47164/news/persona-5-ultrapassa-15-milhao-de-unidades-vendidas-ao-varej Sobre Nier http://br.ign.com/nier-automata/47079/news/nier-automata-vende-mais-de-1-milhao-de-unidades-mundialment Sobre o FF15, a mediacreate não contabiliza vendas digitais, que no caso de FF15 a Square falou que estava batendo recordes. E a Famitsu revelou em janeiro que FF15 havia vendido quase 90 mil digitalmente no Japão. Faça as contas, ultrapassa 1 milhão.
  10. Vou resumir. Os jogos ocidentais que você citou estão bem próximo da proporção das bases instaladas do PS4 e do X1, que é 2:1, tirando o Battlefield. FF15 e RE7 a proporção é de 4:1 mais ou menos. Será que agora dá para perceber? Persona 5 e Nier já lançaram no ocidente, a maior parte das vendas vieram do ocidente mesmo. FF15 passou de 1 milhão no Japão.
  11. Saem mas geralmente vendem bem menos proporcionalmente e tendem a melhorar menos as vendas do Xbox One. RE7 mesmo vendeu quase 2 milhões no PS4 mas vendeu menos de 500 mil no Xbox One. Proporcionalmente às bases instaladas, deveria vender 1 milhão no Xbox One.
  12. Foi infelicidade sua citar Persona 5 e Nier Automata, um passou de 1,5 milhão e outro de 1 milhão. Estão longe de serem mainstream como Fifa ou algum FPS popular, mas também não são de nicho restritos com pouca relevância. Vendem bem mais no ocidente do que no oriente. Persona 5 inclusive estreou no topo do ranking do Reino Unido. O FF15 mesmo vendeu quase 6 milhões, não é pouca coisa. É o que Gears of War vendia no auge da franquia e é mais do que vende Halo atualmente. Uns 80% das vendas foi no PS4 porque é neste console que os outros jogos japoneses estão. Consegue perceber? Separadamente podem não parecer tão relevantes, mas juntando o todo a conversa muda. Interessante fazer esta pergunta se o Japão tem jeito justamente agora que as developers japas recuperaram um pouco de sua relevância. Pelo que estou vendo, tem jeito sim. Vão ter sempre um espaço relevante no mercado, mas claro que nunca voltarão a serem dominantes como na época dos 8 e 16 bits.
  13. A data do fim da produção exata é esta. Na verdade a Nintendo anunciou o fim no dia 31 de janeiro mundialmente. E eu estava falando do mercado japonês, está explícito no meu post. Não entendi o que tem a ver o link da amazon americana. https://www.gamespot.com/articles/wii-u-production-ends-worldwide/1100-6447419/
  14. Fabricação foi terminada em Fevereiro mas ainda tem estoque nas lojas. O que não há é interesse pelo console.
  15. Ouch, Wii U com meta de 100 milhões all over again. Nintendo não aprende mesmo... Agora é com o Switch, isso que o 3DS não chegará perto disso. Mas enfim, lógico que publicamente ela não fala isso, só vem a tona nesses vazamentos. No Japão não tem mais volta, mesmo. Isso que nem o Wii vendeu tão bem por lá. O NDS e o 3DS no entanto venderam muito bem. Apesar que um vendeu mais de 32 milhões e o outro está nos 22 milhões. Tem que ver como será daqui para frente, pois lá o 3DS não sentiu tanto o lançamento do Switch. Fora que ele tem vários jogos sendo anunciados, a Atlus mesmo anunciou uns 3 jogos para o 3DS recentemente. Com o Wii U no entanto as vendas despencaram tanto que chegou a perder para o Xbox One semanas atrás. Então no Japão, ao menos por enquanto, o Switch não está passando a percepção de que é o substituto do 3DS, mas sim do Wii U.