Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

SM

Membros
  • Total de itens

    38.218
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    10

Tudo que SM postou

  1. Em uma recente entrevista, Yosuke Hayashi, Diretor de Ninja Gaiden Sigma da Tecmo, revelou alguns detalhes sobre essa conversão para PlayStation 3 do título originalmente lançado para Xbox. Eis um resumo em tópicos: O título está atualmente 35% completo, e já possível andar por todos os cenários; Os programadores estudaram o hardware do PS3, e agora entendem como tudo funciona e como usar cada característica desejada; Para poder usar completamente o hardware, tem que se programar as 7 SPUs (Synergistic Processing Units) do chip Cell; É importante saber como usar completamente as SPUs para gráficos, e eles estão vendo melhorias diárias na parte visual; A versão de hoje já é visivelmente melhor que a apresentada na TGS; Atualmente, 50% de suas novas idéias serão colocadas no jogo, e as outros 50% são coisas que nunca estiveram em nenhum dos games anteriores da série; Exemplificando: existe uma cena onde helicópteros circulam no céu, jogando bombas na cidade, e isso não foi implementado na versão Xbox por restrição de hardware; É possível usar armas de projéteis - como arco e flecha - em pleno ar; Todas as texturas usadas na versão PS3 foram totalmente refeitas para o sistema; Alguns quebra-cabeças originais foram revisados para se tornarem mais intuitivos e naturais; Você jogará 20% do tempo com Rachel O jogo é totalmente Next-Gen e não trará jogos extras como a trilogia Ninja Gaiden Trilogy da era NES; O jogo suportará 720p, essa é a resolução mais balanceada em termos de performance e qualidade de imagem. -SM- é um REMAKE ...
  2. The Day the Earth Stood Still[2008] - um filme .... mas nem vi ainda .. -SM-
  3. tomaram esse nabo no cu? PlayStation 4: resolução 8K, 300 fps e rastreamento de olhos Chefe da SCE fala sobre possíveis tecnologias do próximo PlayStation e revela que o console poderá ser um verdadeiro monstro tecnológico. Em entrevista com a revista Engineering & Technology, Masaaki Tsuruta, atual chefe de tecnologia da Sony Computer Entertainment, revelou quais são os planos da empresa para o futuro da plataforma PlayStation. Segundo o CTO, o próximo console caseiro da gigante japonesa poderá trazer inovações que só um monstro tecnológico poderia trazer. Masaaki começa falando que a tendência atual tem mostrado que a "máquina" precisa ser dinâmica e escalonável, permitindo que funcionalidades não planejadas no início do projeto possam ser adicionadas com o passar do tempo. Sendo assim, o chefe espera que o próximo PlayStation seja poderoso e flexível o suficiente para durar dez anos, considerando que novidades em periféricos e outros acessórios são tão importantes quanto a capacidade da máquina principal, à exemplo do sucesso do Motion Controller do Wii e do Kinect no Xbox 360. Além disso, Tsuruta afirma que o núcleo de processamento da próxima geração do console vai ser ainda mais sofisticado e poderoso que o Cell Processor, permitindo que as desenvolvedoras possam extrair mais desempenho do chip durante anos depois do lançamento. A capacidade de reproduzir vídeo em resolução 8K a 300 fps, sensores de movimento avançados, realidade aumentada até a capacidade de rastrear os olhos do jogador devem fazer parte do pacote. Como era de se esperar, o CTO não revelou os planos de quando o novo PlayStation será mostrado.
  4. Agent still PS3 exclusive, confirms Take-Two Wednesday 9-Jun-2010 1:17 PM No word on an E3 showing, however Take-Two has confirmed that Rockstar title Agent is still very much a PS3 exclusive. The firm has gone quiet on the game since Rockstar confirmed a 2010 release for it last year. Murmurs that the game would be coming to other formats began to surface in February, after Rockstar announced that LA Noire - previously a PS3 exclusive itself - would be released on Xbox 360. However, when asked about the exclusive status of the game in Take Two's Q2 earnings call last night, company president Strauss Zelnick said: "On Agent, there's no change in situation on that title." So there you are, PS3 fans. A reason to feel ever-so-slightly smug. Big question is, will we see it at Sony's E3 conference next Tuesday? CVG
  5. - jogos anunciados - Super Street Fighter IV 3DS - Resident Evil Revelations - Metal Gear Solid The Naked Eyes - Nintendogs + Cats - Kid Icarus Uprising - DJ Hero 3DS - Mario Kart 3DS - Paper Mario 3DS - Pilotwings 3DS - Animal Crossing 3DS - Contra 3DS - Ridge Racer 3DS - Starfox 64 3DS - Dead or Alive 3DS Resident Evil gráfico em real-time Kingdom Hearts Super SF4 MARIO KART PAPER MARIO PILOTWINGS __ MGS TNE
  6. A Namco Bandai anunciou para 26 de outubro o lançamento de Dark Souls: Prepare to Die Edition no Xbox 360 e PlayStation 3. Esta edição acaba de ser lançada no PC e apresenta conteúdo inédito, como lutas épicas contra chefões mortais, mais cenários, equipamentos e mais. E aí, que tal revisitar o jogo? A Namco Bandai, por enquanto, não tem planos paa lançar estes extras de forma separada, via download. Se quiser aproveitar, só comprando o game de novo (ou comprando pela primeira vez, caso ainda não tenha jogado). Anteriormente, a companhia informou que seria vendido um pacote com tudo isso por US$ 15 para quem já tinha o game original, resta aguardar por um esclarecimento e ver se vai rolar mesmo ou não.
  7. Sony Assures that The Last Guardian is Still in Development - News Sony and Team Ico's The Last Guardian is finding itself dangerously close to the brink of "development hell", with its unveiling dating all the way back to E3 2009 and scarsely anything to show for it since then. After absenses at both this year's E3 as well as this week's Tokyo Game Show, many are speculating that the game has been scrapped. However, this is not so, according to an anonymous Sony developer, who spoke to Kotaku about the state of the game. "I give you my word that it exists", he said, but that "There are lots of pieces to the puzzle," and that development is "a matter of getting them to fit together." The anonymous developer also stated that perhaps the game was announced too early, and that since then Sony has become more keen on revealing games closer to the release date. Team Ico's previous games, Ico and Shadow of the Colossus are two of the most wonderful experiences that the medium has to offer. I sincerely hope that The Last Guardian will see the light of day, so this news is promising.
  8. Specs: Two Hitachi SH2 32-bit RISC @ 28.6MHz One Hitachi SH1 32-bit RISC VDP 1 32-bit video display processor VDP 2 32-bit video display processor Saturn Control Unit (SCU) Motorola 68EC000 sound processor DSP sound processor 2 Megabytes (16 megabits) RAM 1.54 Megabytes (12 megabits) VRAM (Video RAM) 540 Kilobytes (4 megabits) Audio RAM 540 Kilobytes (4 megabits) CD-ROM Cache VDP 1 32-bit video display processor sprite, polygon, and geometry engine dual 256KB frame buffers for rotation and scaling effects Texture Mapping Goraud Shading 512KB cache for textures VDP 2 32-bit background and scroll plane video display processor 320 Kilobytes/Second Transfer Speed background engine 5 simulataneous scrolling backgrounds 2 simultaneous rotating playfields 200,000 Texture Mapped Polygons/Second 500,000 Flat Shaded Polygons/Second up to 60 frames per second animation 24-bit true color graphics 16. Million Available Colors 320x224, 640x224, and 720x576 Resolution Yamaha 24-bit Digital Signal Processor @ 22.6MHz Motorola 68EC000 sound processor @ 11.3MHz 32 PCM (Pulse Code Modulation) Channels 8 FM (Frequency Modulation) Channels 44.1 khz Sampling Rate CD-ROM (2X) Audio CD Compatible CD+G Compatible CD+EG Compatible CD Single (8 cm CD) Compatible Optional - Video CD, Photo CD, EBook, Digital Karaoke Optional - 512KB Memory Cartridges for game save High speed serial communications port Internal 32-bit Expansion port Internal Multi AV Port for optional Video CD (MPEG) adapter Composite Video/Stereo (Standard) NTSC RF (Optional) S-Video Compatible (Optional) RGB Compatible (Optional) HDTV Compatible (Optional) Analog Control Pad (x2) -SM-
  9. boxes (CLASSICS HD é uma nova linha de produtos da Sony) MK será refilmado com atores reais em câmeras HD e todo refeito, o jogo continuará 2D com sprites digitalizadas, suporte a tv 3D e trofeus, mk1, mk2 e UMK3 esse sai dia 4 os 3 Prince of Persia de PS2 custando 39,90 (é o preço exigido pela sony pra essas coleções), compativel com TV 3D, cada jogo com seu pack de trofeus esse sai dia 18 ambos saem em novembro junto com gran turismo 5, dc universe online, kinect VAI ROLAR TB o Splinter Cell HD Collection exclusivamente pra PS3 mas só sai em 2011, rodando EM 3D falta só metal gear collection (em 3D), agilize kojima pra quem se interessa por esses packs, fim do mes q vem sai o Sly Cooper Collection, em HD 3D com suporte a move.
  10. Apesar de já ter confirmado que o sucessor do PlayStation 2 (chamado informalmente de PlayStation 3) usaria a mídia Blu-ray, a Sony confirmou novamente que ainda pode abrir mão do padrão para não atrapalhar consumidores. A nota é da Computer & Videogames. Além das antigas afirmações do presidente Ryoji Chubachi, agora Yukinori Kawauchi, gerente geral da divisão de planejamento de vídeo e responsável pelo projeto Blu-ray, disse em uma entrevista que "para oferecer o melhor serviço ao consumidor, um formato é melhor do que dois. Estamos abertos para discussões". Como antes, Kawauchi não esclarece que tipo de sacrifício a empresa estaria disposta a fazer para não entrar em uma competição direta com o formato HD-DVD, da Toshiba. -SM- prefiro o q tiver menos loading ...
  11. Leisure Suit Larry será relançado em HD Por Redação em 11/10/2011 15:07 O eterno clássico está de volta! Fãs do bom e velho Larry, chegou a hora de se regozijar! A produtora Replay Games anunciou o relançamento em alta definição de Leisure Suit Larry in the Land of the Lounge Lizards, título lançado originalmente em 1987 pela Sierra e que faz 25 anos em 2012. De acordo com a empresa o título contará com um tratamento todo especial, sendo totalmente refeito e mantendo todas as características que tornaram o game tão marcante. E para que isso fosse plenamente possível, era necessário que uma pessoa fizesse parte da produção: o criador da série, Al Lowe. ''Estou super satisfeito em ver Larry sendo solto de seu calabouço digital depois de todo esse tempo, e ser colocado nas mãos de alguém que o entende e quer vê-lo, e que também quer trazê-lo de volta para pessoas que o adoram e o entendem'', comentou o designer e programador à revista EGM. E o melhor ainda está por vir. De acordo com a Replay Games, se o lançamento for um sucesso, a premissa é de que toda a série original, que conta hoje com 7 jogos, ganhe o mesmo tratamento, com exceção é claro de Leisure Suite Larry 4: The Missing Floppies. Afinal, com tradição não se brinca, não é mesmo? E para terminar, fica confirmado o plano de desenvolver novas aventuras de Larry Laffer. É, o baixinho sacana parece ter voltado com tudo! Leisure Suit Larry in the Land of the Lounge Lizards será lançado não só no PC, mas também em todos os consoles e dispositivos portáteis no último trimestre de 2012.
  12. vem no pacote: - Kingdom Hearts 1 Final Mix - Kingdom Hearts Re: CoM - Todas as cut-scenes de Kingdom Hearts 358/2 Days
  13. SM

    OUYA superior

    Já ouviu falar no Ouya? Ele é um futuro console que funcionará com o Android como sistema operacional, que contará com um kit de desenvolvimento de software incluso gratuitamente, e o usuário ainda vai poder modificar o seu hardware como quiser. Em uma entrevista recente, em que foram anunciados as novas contratações para cargos executivos, os desenvolvedores do Ouya anunciaram que foram contactados por mais de mil desenvolvedores interessados em trabalhar em títulos para o console. Cerca de 800 desenvolvedores já contribuíram para a campanha de criação do console para terem acesso aos kits de desenvolvimento e esta nova informação significa que cerca de dois mil desenvolvedores de games poderão canalizar suas ideias para o novo console. Segundo a companhia, eles estão em contato com mais de 50 distribuidores internacionais para deixar o console disponível ao redor do mundo, uma vez que o console está fora de produção. Então, ao que parece, o Ouya será um console independente que potencialmente terá uma enorme biblioteca cheia de títulos, talvez mais títulos que o Wii U. Saberemos o impacto causado pelo Ouya quando o console for lançado, no ano que vem.
  14. 14/09/2012 - 05h51 Leves e potentes, óculos do Google têm potencial sem precedentes; confira teste DAVID POGUE DO "NEW YORK TIMES" Novos gadgets --ou melhor, categorias de gadgets totalmente novas-- não aparecem com muita frequência. O iPhone é um exemplo recente. Você pode dizer que o iPad é outro. Mas, se há alguma coisa realmente diferente e ousada no horizonte, certamente é o Google Glass. O Glass é o protótipo do Google de um dispositivo que você usa no seu rosto. A empresa não gosta do termo "glasses" (óculos), pois ele não tem lentes. (A equipe do Glass, parte dos laboratórios experimentais do Google, também não gosta de termos como "realidade aumentada" ou "computador vestível", que têm uma certa bagagem.) Reprodução/Google Foto de estudo de design do Glass publicada na página do projeto no Google+ O Glass parece apenas uma armação de óculos com um bloco pequeno e transparente posicionado acima e à direita do seu olho direito --a tela do dispositivo. O Google Glass é, de fato, um computador razoavelmente completo. Ou, então, algo como um smartphone que você nunca precisa tirar do bolso. A ideia deixou muita gente animada quando Nick Bilton, do "New York Times", revelou o projeto, em fevereiro. O Google demonstrou-o pela primeira vez em abril, em um vídeo. Em maio, na conferência Google I/O, ele ganhou mais destaque após os visitantes assistirem a uma transmissão de vídeo ao vivo feita do Glass usado por um saltador que pulou de um avião e caiu de paraquedas no telhado do prédio do evento. Mas, até agora, pouquíssimas pessoas fora do Google foram autorizadas a experimentá-lo. Na semana passada, tive a oportunidade de usar um. Estou apresentando uma série na PBS chamada "Nova ScienceNow" (que estreia em 10 de outubro), e um dos episódios é sobre o futuro da tecnologia. Claro, projetar o que ainda está por vir em tecnologia para o usuário final é quase impossível, mas o Google Glass parecia um exemplo perfeito de uma grande inovação iminente. Então, na semana passada, a equipe do "Nova" e eu encontramo-nos com Babak Parviz, chefe do projeto Glass, para discutir e experimentar os protótipos. Mas o Google enfatizou --e eu faço o mesmo-- que o Glass ainda está em um estágio muito, muito inicial. Muitos elementos ainda não foram finalizados, incluindo o que o Glass fará, como a interface será, como ele funcionará e assim por diante. O Google não quer deixar o público empolgado com algum recurso que pode não se materializar na versão final do produto. (No momento, a empresa planeja oferecer os protótipos a desenvolvedores no ano que vem --por US$ 1.500--, antes de vender o Glass para o público em, talvez, 2014.) Quando você pega os óculos, não consegue acreditar no quão leve eles são. Pesam menos do que um par de óculos de sol, na minha estimativa. O Glass é um feito absolutamente impressionante de miniaturização e integração. Dentro da haste direita --o suporte horizontal que fica sobre a sua orelha--, o Google colocou memória, processador, câmera, alto-falante, microfone, antenas de Wi-Fi e Bluetooth, acelerômetro, giroscópio, bússola e bateria. Tudo isso dentro de uma haste. O Google disse que, eventualmente, o Glass terá um rádio celular para que ele possa ficar on-line; no momento, ele conecta-se sem fio ao seu telefone para conseguir acessar a rede. E o que é surpreendente é que esse negócio fino é o protótipo. Nas gerações menores, ele ficará apenas menor. "Esta é a versão do Glass mais volumosa que já teremos feito", disse-me Babak. O maior triunfo --e, para mim, a maior surpresa-- é que a telinha é completamente invisível quando você está falando ou dirigindo ou lendo. Você simplesmente se esquece dela. Não fica absolutamente nada entre os seus olhos e o que ou quem quer que você esteja olhando. E, ainda assim, quando você foca a tela, levando o seu olhar para cima e à direita, aquele pequeno display de meia polegada é surpreendentemente envolvente. É como se você olhasse para uma grande tela de um laptop ou coisa do tipo. (Ainda que eu geralmente necessite de óculos de leitura para ver de perto, esse display tão próximo parecia flutuar longe o suficiente para eu não precisar deles. Porque, sim --usar óculos sob o Glass pode dar uma aparência estranha.) O avanço do hardware, em outras palavras, está aí. O Google está agindo com cuidado para se certificar de que, na primeira tentativa, consiga acertar o máximo possível com o resto do aparelho. Mas o potencial já é incrível. Pariz ressaltou que o Glass é projetado para dois propósitos principais --compartilhamento e acesso instantâneo a informação-- com as mãos livres, sem ter que tirar qualquer coisa do seu bolso. <p class="articleGallery" data-id="7766" style="clear: both; width: 635px; position: relative; border-bottom-width: 2px; border-bottom-style: solid; border-bottom-color: rgb(153, 0, 0); margin: 20px 0px; padding: 0px 0px 10px; color: rgb(0, 0, 0); font-family: verdana, helvetica, sans-serif; line-height: 18px; "> Google Glass Ver em tamanho maior » AnteriorPróxima Divulgação [/right]AnteriorPróxima Foto captada com o Google Glass por um dos fotógrafos selecionados para o Google+ Photographer's Conference Você pode controlar o software deslizando um dedo sobre a haste direita em diferentes direções; ela é um touchpad. Seus movimentos podem conduzi-lo por menus simples. Em diversas apresentações, o Google mostrou ícones para coisas como tirar uma foto, gravar um vídeo, fazer uma chamada telefônica, navegar no Google Maps, verificar sua agenda e assim por diante. Um toque seleciona a opção desejada. Em demonstrações recentes, o Google também mostrou que você pode usar reconhecimento de voz para controlar o Glass. Você diz "OK, Glass" para chamar o menu. Para ilustrar como o Glass pode mudar o jogo no compartilhamento de sua vida com outros, testei uma demonstração. Nela, é exibida uma foto --uma cena de selva, com uma passarela de madeira bem na minha frente--, e o tema de "Jurassic Park - O Parque dos Dinossauros" é reproduzido com clareza no meu ouvido direito. (Bonito, muito bonito.) Mas, quando eu olhava para a esquerda, para a direita, para cima ou para baixo, a minha visão mudava de acordo com a minha escolha, como se eu estivesse usando um daqueles velhos equipamentos de realidade virtual. A detecção do ângulo da minha cabeça e a resposta da foto envolvente eram incrivelmente definidas e precisas. Deslizando o dedo sobre o touchpad, eu podia mudar para outras cenas. Ainda há um longo caminho entre o protótipo de hoje e o dia em que o Google Glass estará no resto de todos. A empresa terá que terminar o design --e diminuir o preço. Questões de privacidade e distração terão que ser resolvidas. Pessoas que usam óculos podem ter que esperar até o Glass possa ser incorporado dentro de seus óculos. Talvez estejamos esperando, ainda, aquele recurso incrivelmente estimulante, algo hoje que você não pode fazer com seu telefone (além de usá-lo sem as mãos). Temos visto que as massas nem sequer se dão o trabalho de colocar óculos especiais para ver TV 3D; pode ser necessário um "killer app", um aplicativo matador inédito para convencê-las a usar o Google Glass o dia todo. Mas algumas coisas já são claras. A velocidade, a potência, o tamanho diminuto, o pouco peso e a clareza e a eficácia do áudio e do vídeo estão além de qualquer coisa que eu poderia ter imaginado. A empresa tem empregado muito esforço em design --de hardware e software--, o que é, de fato, a abordagem correta para algo tão pessoal como um gadget vestível. E mesmo neste protótipo inicial você já sente que Google está se dedicando à clareza e à simplicidade da experiência --também uma abordagem inteligente. Em suma, é muito cedo para prever o sucesso ou o fracasso do Google Glass. Mas é fácil ver que ele tem um potencial que nenhuma outra máquina teve antes --e que o Google está conduzindo seu desenvolvimento pelo caminho certo. Tradução de EMERSON KIMURA
  15. Rumors of a PlayStation Vita version of Atelier Totori first surfaced a couple of weeks back through overseas retail listings. It looks like those rumors were true! This week's Dengeki PlayStation has a first look at the game, which goes by the name Atelier Totori Plus. What makes up the "Plus?" We're hearing that the game will have new outfits, new illustrations, new illustrations, and other new elements. Dengeki lists Atelier Totori Plus with a November 29 release date, priced ¥6,090. A limited edition "Premium Box," priced ¥8,190, includes a Vita skin and a paper weight. Atelier Totori is the second in the "Arland" series of PlayStation 3 Atelier games. It followed Atelier Rorona and preceded Atelier Meruru.
  16. Uncanny Edition pode ser o novo Marvel vs Capcom 3 Por Redação em 5/7/2012 11:15 [/left] Enquanto você estava comemorando a vitória do Timão (ou não), um rumor começava a surgir no Twitter sobre uma nova edição de Ultimate Marvel vs. Capcom 3. Segundo a conta "uncanny_edition", a nova edição vai se chamar Ultimate Marvel vs. Capcom 3: Uncanny Edition. E quais seriam as principais novidades? Vamos a elas: Homem-Formiga pode ser uma das adições desta nova versão - Quatro personagens jogáveis inéditos: Ciclope, Megaman, Servbot e Homem-Formiga. Os quatro seriam adicionados ao game em um esquema parecido com a Arcade Edition de Super Street Fighter IV, com uma nova edição do jogo sendo vendida em caixa por US$ 40 ou, para quem já tem a anterior, um download que vai custar US$ 15 e também vai atualizar o game para esta nova versão. Outras novidades desta edição são novas roupas para alguns dos personagens e também para os inéditos, todas elas já inclusas no pacote, sem nenhum custo adicional. Os novos personagens possuem golpes e características únicas. O Homem-Formiga, por exemplo, pode ficar gigante (como nos quadrinhos dos Vingadores), do tamanho de um Sentinela e mais lento - porém mais forte. Sua versão "menor" será bem mais fraca, as extremamente rápida. Já o Servbot tem um golpe que vai invocar outro Servbot para a tela. O funcionamento desta mecânica não foi muito bem explicado pelas mensagens no Twitter. Ciclope e Megaman serão bem parecidos com suas versões vistas em Marvel vs. Capcom 2, mas com roupas novas. A conta informa que o jogo será mostrado na EVO 2012 pela primeira vez, mas não estará jogável por lá. O mais provável é que esteja jogável durante a San Diego Comic-Con, que ocorre entre 12 e 15 de julho. Os rumores fazem sentido por alguns motivos. Recentemente a Marvel Comics anunciou o novo gibi Uncanny Avengers, com uma nova equipe de Vingadores que mistura personagens dos X-Men com os Vingadores já existentes. Alguns personagens que fazem parte desta equipe são Ciclope, Homem-Aranha, Capitão América, Cable, Wolverine, Hulk, Thor, Homem de Ferro, Jean Gray e outros. Já a inclusão do Homem-Formiga faz sentido por duas razões: o modelo do personagem já estava presente em Ultimate Marvel vs. Capcom 3, pois ele participava do especial Hyper do Gavião Arqueiro. Sem contar que um dos próximos filmes da Marvel pode realmente ser o do Homem-Formiga, então a companhia pode querer dar destaque ao personagem. Por enquanto é tudo rumor. Resta aguardar pelos próximos dias. Uncanny Avengers é o novo gibi da Marvel essa raposinha é UM VINGADOR oficial? q merda em marvel ta cada mais mais se disneyficando
×