Welcome to vgBR.com - Videogames Brasil

Registre-se agora para ter acesso a todos os benefícios do fórum, o registro é totalmente de graça e você poderá interagir com os usuários do fórum de forma mais ativa

Não perca tempo e cadastre-se agora mesmo, leva 2 minutinhos

PedroKakaz

Membros
  • Total de itens

    789
  • Registro em

  • Última visita

  • Time Online

    741d 9h 46m 15s

Reputação

410 Wii

2 Seguidores

Sobre PedroKakaz

  • Rank
    32 bits

Informações de Perfil

  • Sexo Masculino
  • Localidade São Paulo

Últimos Visitantes

302 visualizações
  1. Ser muito legal com alguém pra receber um convite, ou comprar um convite. Já vi os caras vendendo convite a preço de um rim, mas já vi no mercado livre por 200 reais algo assim.
  2. Eu não consigo gerar convite hahahaha
  3. Eu e Cody já estávamos planejando o que fazer sem nosso querido Manicombio.
  4. Gunbound! Jogo que era ótimo e por falta de manutenção ficou uma merda hahaha
  5. Wang, minha sorte é ter você por perto <3 Eu não consigo jogar jogo que tenha mais de 40 horas de duração hahahaha
  6. Hahahahahha eu ri do cara acima. Mas falaram uma parada ai que faz toda diferença, dificuldade elevada ser mais HP e mais dano é zoadasso.
  7. Beleza, ai você tocou em um ponto crucial da discussão. Eu acho sim que existem jogos que merecem um olhar mais cuidadoso, o próprio Cuphead, Journey, Witcher 3 etc. Talvez pegar um cara que só jogue game de esporte pra analisar um Witcher 3 não é uma boa mesmo. Pra essa finalidade uma gamertag pode ser interessante sim.
  8. Mas acho que o Zelda em momento nenhum se propõe a ser um game difícil. No começo você apanha mas apanha pouco também, eu no começo, com quatro corações e com arma tudo lixo fiz um desafio daqueles mais tensos. Mas concordo, tem game que vira passeio no parque e tal.
  9. Entendo, mas no caso aqui vocês conhecem as pessoas e etc. Eu por exemplo, gosto de jogo indie, gosto de jogo contemplativo, faço análise disso com maior tesão e a galera curte minhas análises e tal. Agora pensa, a mina libera a porra da gamertag e um monte de babão vai encher o saco. Ou alguém discorda da minha análise e vai ver que eu fiz 500 pontos no jogo e a pessoa fez 750 e logo eu não posso falar o que to falando, saca?
  10. Curto jogos dificeis, mas se tudo fosse como Dark Souls e Cuphead eu desistia de jogar video game hahahahaha
  11. Mano, é uma análise. É só ler a análise, concordar ou não. Eu discordo da análise da pessoa e vou conferir se ela zerou o game ou não, quantos porcento ela fez do game, quantos troféus tem, se joga competitivo online, etc etc? O que eu falei repito, nesse caso mostra a porra da gamertag, mas pra isso virar putaria é dois palito. Zerou não zerou o game pra fazer análise é até uma discussão interessante, agora ver gamescore pra ver se a pessoa tem gabarito de fazer a análise é besteira demais.
  12. Currículo gamer é forçar demais. NESSE caso se eu fosse a mina mostraria e já era, mas isso virar tendencia é escrotal, por que disso pra cair no "Mas ele não fez os extras, mas ele não tem tanto de gamescore no game" é dois palito. Quem tem que avaliar meu currículo gamer é quem me contratou, não troll de internet.
  13. Foda é: Eles implicaram com ela por que a nota dela estava "abaixo" da nota que a mídia deu, porém outros sites e a própria IGN gringa deu nota menor ainda pro game e ninguém foi checar gamertag dos caras. Fica a reflexão, foram encher o saco dela por que? Porque é uma mina? Fica parecendo que por que é mina ela tem que se validar no mundo gamer. Essa parada de gamertag não indica porra nenhuma e todo mundo sabe disso. Tem jogo que a gente joga que nem ta na versão final ainda e não libera na gamertag, um dia mesmo vieram indagar aqui que eu tava fingindo ser noob no NoobSouls por que na gamertag tava falando que eu já tinha zerado o game, só que esqueceram que jogam dezenas de pessoas da vgBR na mesma gamertag.
  14. Difícil opinar quando você ta no meio haha. Mas assim, tem game que é inviável zerar pra fazer review, alguns são desnecessários zerar pra fazer review. Dois exemplos: Jogar um J-RPG pra fazer review é inviável, aqui na vgBR temos uma equipe pequena, se eu parar pra zerar um J-RPG de 200 horas pra fazer review eu travo o site e travo o youtube, não consigo soltar conteúdo por dias, inviável! Por essas e outras eu não pego pra fazer review de jogos muito longos. Outro exemplo, um jogo como Sniper Elite por exemplo, não é preciso zerar pra fazer review (Por mais que eu tenha zerado), o jogo é repetitivo, o game inteiro segue a mesma fórmula de missões, mudando cenário que são sprites diferentes e só. Mas um game como Cuphead pode soar que o cara ficou puto que não passou e deu uma nota abaixo do que o game merece. Muuuito complicado.
  15. Boa, anotando os votos aqui e fazendo as contagens. Serão 10 então! O vídeo vai ficar um pouco mais longo mas acho que o console merece!