Welcome to vgBR.com - Videogames Brasil

Registre-se agora para ter acesso a todos os benefícios do fórum, o registro é totalmente de graça e você poderá interagir com os usuários do fórum de forma mais ativa

Não perca tempo e cadastre-se agora mesmo, leva 2 minutinhos

Tirn Aill

Membros
  • Total de itens

    608
  • Registro em

  • Última visita

  • Time Online

    616d 16h 5m 50s

Reputação

156 Telejogo

1 Seguidor

Sobre Tirn Aill

  • Rank
    16 bits
  • Data de Nascimento 06-06-1992

Informações de Perfil

  • Sexo Masculino
  • Localidade Itapevi, SP

Métodos de Contato

  • ICQ 670310137

Últimos Visitantes

340 visualizações
  1. Não me lembro de nenhum jogo de snes que joguei que não foi difícil, alguns até mais que souls. Já joguei 8 bits no emulador e não vi grande diferença na dificuldade para 16 bits. Agora pega e compara com a era ps3 para ver a diferença abissal.
  2. Antes de souls a maioria dos jogos tinham abandonando a alta dificuldade.
  3. Souls não é um clássico, é um neoclássico. Ele trouxe de volta elementos dos jogos clássicos em uma época que eles foram abandonados. Por isso tem gente que pensa que ele reinventou os jogos, quando ele apenas fez retornar o que nunca deveria ter ido embora, ou talvez ele de fato reinventou, já que o seu sucesso foi impactante ao ponto de surgir jogos influenciados como The Surge e essas propagandas, que são uma forma deles dizerem que o jogo em questão possuiu os valores clássicos contidos em dark souls, como dificuldade e uma jogabilidade manual, ao contrario da jogabilidade automática pós-moderna. Dark souls não é visto como apenas um jogo, mas um símbolo. Talvez nem mesmo Cuphead existira hoje se não fosse o sucesso do souls, já que dificuldade era algo que as produtoras não mais apostavam.
  4. Se for mesmo 5000 reais... Quanto tá a viagem para os EUA? Dependendo vale a pena ir lá e comprar lá. Se bem que é xbox né... Pode valer mais a pena um pc.
  5. Slender the arrival. E recentemente joguei Pesadelo um jogo brasileiro, mas só cheguei na segunda fase. Um que eu quero jogar é o Penumbra.
  6. Survival horror hoje em dia acho que só indie mesmo, já que não vende tanto.
  7. Pelo que vi dos trailers não é survival horror e sim action horror.
  8. É estranho o que aconteceu, até os animes decaíram, exemplo é o hunter x hunter dos anos 90 que tinha um clima sombrio, já o de 2011 é todo coloridinho e cheio de censura. Sendo que as crianças de hoje não são seres frágeis. Eu queria saber o houve para as coisas ficarem assim.
  9. Nem se viajar para outro país e comprar?
  10. Eu sempre joguei no normal, nos tempos imemoráveis os jogos já eram desafiantes no normal, o hard era só para quem era fera. Dai cheguei na sétima geração e tudo perdeu a graça, até pensei que o problema estivesse em mim, mas deve ser isso, o normal hoje em dia é easy e o easy é very easy, que bosta! Talvez eu devesse re jogar alguns jogos que tenho no hard só para ver se vale a pena. Existem jogos da sétima geração que são desafiadores mesmo no normal, o que mostra que isso não precisa ser regra. Eu vejo isso como um grande defeito nos jogos modernos, imagine quanta gente perdeu tempo igual eu jogando no normal. O desafio é algo que faz parte da essência dos jogos, quem jogaria futebol se soubesse que iria vencer sempre? Quem iria jogar xadrez com uma parede?
  11. Não vi nenhuma diferença. Poderia ser até 1000K, o olho humano tem um limite que é 4K ou 8K.
  12. Gráfico de PS3.
  13. Joguei o Pesadelo, survival horror brasileiro, não terminei ainda, achei meio zuado.
  14. Yakuza 1 era foda, um dos melhores jogos que joguei no ps2. Mas não vi tanta evolução gráfica nesse remake para justifica-lo.
  15. Esse estilo de desenho da Disney é bizarro, não sei como não traumatizava as crianças na época.