Welcome to vgBR.com - Videogames Brasil

Registre-se agora para ter acesso a todos os benefícios do fórum, o registro é totalmente de graça e você poderá interagir com os usuários do fórum de forma mais ativa

Não perca tempo e cadastre-se agora mesmo, leva 2 minutinhos

 

Após o cadastro poste no tópico de boas vindas para poder ter seu cadastro liberado.

Redação vgBR

DRAGON BALL FIGHTERZ - TÓPICO OFICIAL

438 posts neste tópico

Um dos games mais antecipados do ano, Dragon Ball FighterZ realiza um sonho antigo de todo fã do anime e de jogos de luta: como seria um jogo 2D de Dragon Ball ao melhor estilo da série Versus da Capcom?

Para tornar isso possível, a Bandai Namco, detentora dos direitos da série nos videogames, contratou a Arc System Works de Guilty Gear Xrd e Blaz Blue para criar um jogo de luta 2D de Dragon Ball com a dinâmica, jogabilidade e principalmente visual que a premiada série de Akira Toriyama merece.

Não é exagero afirmar que Dragon Ball é o anime mais importante de todos os tempos. É difícil imaginar outra obra da cultura pop japonesa tão conhecida no mundo inteiro quanto a história de Goku e seus amigos. E como toda série de sucesso, Dragon Ball teve inúmeros games ao longo dos seus quase 30 anos de história.

Desde o Nintendinho a série recebe jogos de qualidade variável, mas entre títulos bons e alguns muito ruins (sim Final Bout, estou falando de você verme maldito), nunca havíamos recebido um game de luta 2D ágil e preciso que passasse para as mãos do jogador a sensação de representar fielmente a ação do anime. É verdade que alguns games chegaram perto desse objetivo, mas acabavam ficando presos a mecânicas experimentais como visto nos jogos da série Densetsu (Idainaru Son Goku Densetsu para o PC Engine e Idainaru Dragon Ball Densetsu para PlayStation 1 e Sega Saturn) que tinham ótimos gráficos, mas jogabilidade no mínimo “diferenciada” (para não definir como esquisita mesmo).

O fato é que no aspecto visual da coisa, sempre houve uma desconexão entre o anime e os jogos. Não que os jogos antigos não tivessem sua beleza; alguns como Hyper Dimension no Super Nintendo eram muito bonitos. Mas nunca representavam com tanta fidelidade assim aquilo que assistíamos na animação.

Dragon Ball FighterZ não só apresenta cenas chave do anime com grande fidelidade; ele consegue ser ainda mais bonito que o material original em diversos momentos. Diferente da animação onde os traços dos personagens podem variar entre os episódios (graças aos diferentes estúdios responsáveis pela produção), aqui todo e qualquer personagem sempre está representado no melhor visual possível. Adicione um dos melhores trabalhos de contraste e cores já vistos num game e você tem não só um lindo jogo de Dragon Ball, mas um dos jogos mais bonitos de todos os tempos.

As escolhas da Unreal Engine 4 e do estilo cell shaded foram muito acertadas. O game roda em 1080p e 60 quadros tanto no PS4 como no Xbox One, com suporte para maiores resoluções no PS4 Pro, Xbox One X e PC. A grande sacada é que nas cenas de animação como cutscenes de golpes especiais ou introduções, Dragon Ball FighterZ adota os mesmos 24 quadros do anime. Por isso o jogo passa a sensação única de estar de fato no controle de um episódio da série. A única crítica a ser feita com relação aos gráficos fica pelas animações das cutscenes do modo História que são inexplicavelmente lentas e destoam do que é visto no resto do jogo mas no geral a experiência visual do game passa a sensação de estar jogando um anime em tempo real. Acha exagero? Olha esse Vegeta aí embaixo:

dragon-ball-fighterz-vegeta.jpg?resize=6

Ok, o jogo é lindo, mas e o gameplay?

Pense num mix de Marvel vs Capcom misturado com Guilty Gear , mais simplificado porém longe de ser relativamente simples. Com times de 3×3 e um sistema de troca de personagens em tempo real as lutas são em ritmo acelerado e não ficam devendo nada para os melhores jogos da série Versus.

A simplificação fica por conta dos comandos. Todos os personagens partilham da mesma gama de comandos para os golpes especiais e supers, com poucas exceções. São apenas quatro botões de ataques sendo um fraco, médio, um forte e outro para magias. Combinações de dois botões resultam em teleportes, agarrões e a “Investida do Dragão”, uma habilidade que lança seu guerreiro num dash voando em direção ao oponente. Há também a inclusão de dois tipos de auto-combos, um apertando o ataque fraco repetidas vezes, que resulta num combo que lança o oponente para o ar e finaliza mandando para o chão ao melhor estilo do anime, ou um de ataque médio que emenda um combo menor mas finaliza com um especial. Essas combinações permitem que jogadores novatos consigam engrenar na jogabilidade sem muitas barreiras inicialmente. A grande sacada é que ainda que a jogabilidade no geral seja simples de aprender ela não é exatamente fácil de dominar. Tente encarar alguns dos desafios de combos finais de cada um dos 24 personagens selecionáveis e você entenderá que o jogo oferece muitas possibilidades além do que aparenta inicialmente.

Nova história e modos de jogo

O novo modo História diverte com uma trama original com três arcos e três finais diferentes e uma nova personagem inédita na série e exclusiva para o game: a Android 21. Basicamente a Bandai Namco criou o novo enredo e Akira Toriyama se envolveu diretamente no projeto criando o design da personagem.

Além disso o modo traz possibilidade de evolução da sua equipe de lutadores com um sistema de níveis e itens de customização, lembrando um pouco as cápsulas dos jogos da série Budokai Tenkaichi, mas sem a mesma profundidade de adicionar novos golpes, infelizmente.

Além disso temos o modo Arcade, para os que buscam uma pancadaria mais direta e objetiva, o modo Batalha com possibilidades de embates locais ou online, Treino onde você pode praticar livremente, aprender com os tutoriais ou fazer os desafios de combos de cada um dos personagens, e a Loja para comprar títulos de batalha, cores para os personagens, itens e acessórios e até outros avatares para desfilar no lobby do jogo. Infelizmente os servidores do modo online e do Lobby estavam desligados até o fechamento desta matéria, mas atualizaremos o texto após testes com o modo online na versão final do game.

Cadê as músicas do anime?

Talvez a maior falha de Dragon Ball FighterZ seja a escolha da trilha sonora. Não que o metalzão acelerado cheio de guitarras pesadas ao melhor estilo Guilty Gear seja ruim, mas as faixas não tem lá muito a ver com Dragon Ball e com um jogo tão fiel ao anime em todos os aspectos, a trilha sonora original seria uma escolha mais acertada para embalar as batalhas.

Mas no que as músicas deixam a desejar, a dublagem japonesa não deve nada e os efeitos sonoros são espetaculares, com direito a sons de magias, explosões de ki e porradas retirados diretamente da fonte. Mesmo assim, fica difícil deixar de criticar a Bandai Namco pela decisão de não bancar a localização com os dubladores originais do anime, como foi feito com qualidade nos Cavaleiros do Zodíaco: Almas dos Soldados. Talvez o prazo estivesse realmente apertado ou talvez a dublagem não seria a garantia da empresa vender mais jogos no caso de um game de luta 2D, mas com certeza o produto perde um pouco o charme para o público brasileiro acostumado a assistir os episódios na TV.

Pancadaria para todos os gostos

A Arc System Works conseguiu replicar o visual, velocidade e estilo frenético das batalhas do anime num jogo de luta extremamente convidativo, permitindo que qualquer jogador consiga sentir-se poderoso como um guerreiro Z, sem precisar fazer uma faculdade dos jogos de luta para isso. Dragon Ball FighterZ não decepciona em trazer um meio descomplicado para os fãs de todos os níveis entrarem rapidamente no ritmo e em pouco tempo espancarem seus oponentes com combos gigantescos e magias que explodem com a tela.

Apesar da mancada da falta da dublagem, o jogo é um presente para os fãs do anime e oferece um pacote completo para os que buscam um game de luta 2D lindo, divertido e diferente das séries que temos no mercado. Obrigatório se você ama Dragon Ball e altamente recomendado se gosta de jogos de luta 2D.

Pontos Positivos

  • Visuais impressionantes, mais bonito que o próprio desenho em diversos momentos
  • Jogabilidade fácil de pegar, difícil de dominar
  • Efeitos sonoros retirados direto do anime

Pontos Negativos

  • Trilha sonora original poderia dar lugar as músicas do anime
  • Faltou a dublagem para entregar o produto perfeito para os fãs brasileiros
Dragon-Ball-FighterZ-1.jpg?resize=200%2C Dragon-Ball-FighterZ-3.jpg?resize=200%2C Dragon-Ball-FighterZ-6.jpg?resize=200%2C Dragon-Ball-FighterZ-5.jpg?resize=200%2C Dragon-Ball-FighterZ-4.jpg?resize=200%2C dragon-ball-fighterz-20.jpg?resize=200%2 Dragon-Ball-FighterZ-8.jpg?resize=200%2C Dragon-Ball-FighterZ-9.jpg?resize=200%2C Dragon-Ball-FighterZ-7.jpg?resize=200%2C Dragon-Ball-FighterZ-2.jpg?resize=200%2C dragon-ball-fighterz-21.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-xbox-1.jpg?resize=2 dragon-ball-fighterz-ps4-2.jpg?resize=20 dragon-ball-fighterz-ps4-1.jpg?resize=20 dragon-ball-fighterz-17.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-16.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-18.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-19.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-15.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-10.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-11.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-12.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-13.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-14.jpg?resize=200%2 dragon-ball-fighterz-9.jpg?resize=200%2C dragon-ball-fighterz-8.jpg?resize=200%2C dragon-ball-fighterz-7.jpg?resize=200%2C dragon-ball-fighterz-6.jpg?resize=200%2C dragon-ball-fighterz-5.jpg?resize=200%2C Dragon-Ball-Extreme-Fusion-Pack.01_04101 dragon-ball-fighterz-3.jpg?resize=200%2C dragon-ball-fighterz-1.jpg?resize=200%2C dragon-ball-fighterz-2.jpg?resize=200%2C

Leia essa análise no site, participe e comente!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu review tá no ar, finalmente:

 

http://vgbr.com/2018/01/25/dragon-ball-fighterz-analise/

 

2 horas atrás, Vash disse:

Essa bosta ta valendo só pela OST, que ta absurda de foda.

Ce vê como esse lance de música é algo subjetivo. Eu achei as faixas um saco, poluem pra caramba nas lutas e preferi ate baixar o som das musicas porque realmente não curti.

 

Inclusive foi o que critiquei no meu review. Não vejo a hora de um DLC com as faixas do anime.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, LOP disse:

Eu achei as faixas um saco, poluem pra caramba nas lutas e preferi ate baixar o som das musicas porque realmente não curti.

REVIEW DEVIDAMENTE IGNORADO DEPOIS DESSA :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Huahauhauhaua sério, achei muito genérico. Na real eu nunca gostei dessas estupração de guitarra estilo Guilty Gear.

 

Já fui mais metaleiro :(

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas eu curti exatamente porque não é o metal japones do Guilty Gear, só música de videogame mesmo (Tirando a do Nappa). Um comentário na música do Gotenks descreveu ela muito bem: Megaman on crack. Não nego que seja genérico, mas acho melhor que o genérico das trilhas sonoras de jogos ocidentais em geral.

 

Com as músicas do anime tem duas coisas que eu vou fazer: ignorar igual já faço no anime ou tirar o som porque odeio música cantada no meio de jogo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A Bandai pelo preco devia por dublagem em português e acerca das musicas do desenho deve vir com dlc ou hack ma marra. Esperem 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Vash disse:

ignorar igual já faço no anime ou tirar o som porque odeio música cantada no meio de jogo.

 

:(

 

We were angel daria total hype durante a luta. Pena serem pagas as músicas do anime, se não eu colocaria algumas pra tocar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A verdade é que depois de um tempo eu sempre tiro o som quando vou jogar por mais que eu adore a OST, mas música cantada eu não aguento (e eu gosto muito das cantadas de GG REV2)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Vash disse:

Mas eu curti exatamente porque não é o metal japones do Guilty Gear, só música de videogame mesmo (Tirando a do Nappa). Um comentário na música do Gotenks descreveu ela muito bem: Megaman on crack. Não nego que seja genérico, mas acho melhor que o genérico das trilhas sonoras de jogos ocidentais em geral.

 

Com as músicas do anime tem duas coisas que eu vou fazer: ignorar igual já faço no anime ou tirar o som porque odeio música cantada no meio de jogo.

Quando eu falo as faixas do anime, eu digo as músicas da pancadaria, não as músicas cantadas. Tipo essa das forças especiais Ginyu saca?

 

 

Isso no jogo vai ser animal. As cantadas no meio da treta acho meio paia tb. O jogo já tem grito que chega hahaha

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já saiu o primeiro DLC pago com + 2 personagens inspirados em Beerus e músicas originais do anime! 

 

Spoiler

 

 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ontem fui jogar xenoverse 2.. sei q são generos distintos mas na boa.. é um cu perto desse jogo da arc.

 

dbz definitivo.

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, LOP disse:

Meu review tá no ar, finalmente:

 

http://vgbr.com/2018/01/25/dragon-ball-fighterz-analise/

 

Ce vê como esse lance de música é algo subjetivo. Eu achei as faixas um saco, poluem pra caramba nas lutas e preferi ate baixar o som das musicas porque realmente não curti.

 

Inclusive foi o que critiquei no meu review. Não vejo a hora de um DLC com as faixas do anime.

 

A versão foda, vai dar direito ao DLC com as faixas do anime em março :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 horas atrás, SEELE-01 disse:

Já saiu o primeiro DLC pago com + 2 personagens inspirados em Beerus e músicas originais do anime! 

 

  Mostrar conteúdo oculto

 

Ri alto aqui huauhauhahuahuahu gato é um bicho muito fdp

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Modo história muito cochilável, táloco. 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eita, acabei de ver aqui e a versão de 300 reais tem as musicas do anime e comentários durante a luta! Mas o preço é zoeira demais :/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Ricko disse:

Eita, acabei de ver aqui e a versão de 300 reais tem as musicas do anime e comentários durante a luta! Mas o preço é zoeira demais :/

 

Os comentários eu sei que tem no modo "replay" com o narrador das lutas do torneio do Cell.

Mas as músicas é somente para tocar como um player, ou podem ser colocadas em substituição às músicas das lutas? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 minutos atrás, SEELE-01 disse:

 

Os comentários eu sei que tem no modo "replay" com o narrador das lutas do torneio do Cell.

Mas as músicas é somente para tocar como um player, ou podem ser colocadas em substituição às músicas das lutas? 

não tenho a minima ideia. Estava visitando o site do nuuvem e achei que elas constavam

Segue:

Citar
  • Jogo base, DRAGON BALL FighterZ
  • Passaporte FighterZ (Pack com 8 personagens novos)
  • Pacote Soundtrack do anime (11 músicas do Anime)
  • Pacote Voz de Comentarista.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sério, quem pensou nesse sistema de lobby e matchmaking deve detestar a vida. 

Um jogo hypado, na noite de lançamento, plena sexta feira, 64 players na sala e demoro por volta de 5 minutos pra conseguir uma partida online. Quando a partida em si rola, é magnífico, mas achar é um inferno. 

3 pessoas curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Paguei minha língua com o jogo. Ainda sou totalmente contra o auto-combo e acredito que DBZ seria muito melhor sem eles. Mas devo confessar que o sistema pode ser sim muito complexo em suas mecânicas e agradar a galera que curti jogo de luta. 

 

A minha birra fica por conta do nível de punição quando vc joga com algum player pro ou a AI no mais difícil. Na falta de encontrar players resolvi colocar a máquina no mais difícil. E um mero erro seja uma dash errada pode levar 50% do seu life desde que seu adversário tenha apenas 1 barra de special e saiba emendar combo automático + finalização de combo com golpe + finalização de golpe com especial. 

 

Ta muito punitivo o erro. Eu baixaria o handcap do dano dos personagens em 20/30%. 

 

Sobre o online foi foi o que falei desde meu primeiro post aqui no tópico. A Arc não tem um netcode bom, é um netcode mediano nota 7, beirando ao 6. 

 

Fui a uma sala vazia com um amigo fazer os duelos na arena para ele ganhar os achivements. Só eu e ele na sala e 8 minutos cronometrados para o jogo dar Match na gente. Desistimos na hora de fazer esse achivement. 

 

Nas lutas particulares que vc faz em volta do seu char. O que manda é o host. Se vc cria dificilmente terá muito lag. Se vc entrar na dos outros já tem lag. 

 

Estranhamente na área de competição mundial. Onde vc escolhe se quer fazer partida rankeada ou casual apesar do tempo hercúleo para achar partida não tive problemas de lag. 

 

Sobre a campanha, para mim é inferior à de marvel vs Capcom infinite e injustice 2. Aquele esquema de ficar mexendo tipo tabuleiro te tira do clima da história. Que é bem boring. 

 

Do mais um jogasso de luta. Mas com modo história e online que poderiam ser muito melhores. 

 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O online tá uma vergonha mesmo no Xone. Não sei no PS4 mas no Xone mesmo com sala com 64 jogadores não acha ninguém, fica uma eternidade pra encontrar e quando vai pra uma luta joga com lag, não muito lag, e é até jogável, mas atrapalha bastante.

 

Arena lotada, e não acha nunca, tem que ficar olhando pros bonequinhos lutando. Flopaço esse online... tanto beta pra nada.

10 horas atrás, skillo disse:

Modo história muito cochilável, táloco. 

É bem fraco mesmo. Dificuldade nula e historinha medíocre. Totalmente dispensável.

 

Deviam ter focado em mandar mais uns 4 personagens pro lançamento e só o modo arcade mesmo.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom ontem joguei cerca de 6 horas, só online, nem Arcade ou Story eu entrei para fazer. O netcode me surpreendeu, fico absurdamente melhor do que eu esperava, digo que ta melhor que GG onde eu ja considerava beirando a perfeição, mesmo jogando com amigos do Nordeste que tem conexão de 15 megas, onde em jogos como Street 5 ficaria teleportando pela tela, e no BlazBlue adicionaria um certo delay fazendo com que certas coisas fiquem unblockables, em DBZ fico maravilhosamente jogavel com media de 3-4 frames, bom isso lembrando que é a versão PC, minha experiencia no BETA do PS4 havia sido uma das piores possíveis nesse quesito do netcode. 

Mas ainda começo ruim, inicialmente só havia 5 lobbys para o Brasil com no máximo 64 pessoas, não preciso dizer que em 10 segundos de lançamento todos ficaram lotados, fazendo com que tivessem que ficar disputando vaga a força para poder jogar, cosia que só foi melhorar pelo período da madrugada onde adicionaram mais algumas salas, foi complicado juntar 5 amigos em um mesmo lobby para jogarmos junto.

 

A jogabilidade comparada ao beta mudo praticamente nada, exceto que agora depois de um forte o pursue(super dash) ja não é mais automatico, voce deve aperta novamente o forte para executa-lo em sequencia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
26 minutos atrás, LordCloudStrife disse:

Bom ontem joguei cerca de 6 horas, só online, nem Arcade ou Story eu entrei para fazer. O netcode me surpreendeu, fico absurdamente melhor do que eu esperava, digo que ta melhor que GG onde eu ja considerava beirando a perfeição, mesmo jogando com amigos do Nordeste que tem conexão de 15 megas, onde em jogos como Street 5 ficaria teleportando pela tela, e no BlazBlue adicionaria um certo delay fazendo com que certas coisas fiquem unblockables, em DBZ fico maravilhosamente jogavel com media de 3-4 frames, bom isso lembrando que é a versão PC, minha experiencia no BETA do PS4 havia sido uma das piores possíveis nesse quesito do netcode. 

Mas ainda começo ruim, inicialmente só havia 5 lobbys para o Brasil com no máximo 64 pessoas, não preciso dizer que em 10 segundos de lançamento todos ficaram lotados, fazendo com que tivessem que ficar disputando vaga a força para poder jogar, cosia que só foi melhorar pelo período da madrugada onde adicionaram mais algumas salas, foi complicado juntar 5 amigos em um mesmo lobby para jogarmos junto.

 

A jogabilidade comparada ao beta mudo praticamente nada, exceto que agora depois de um forte o pursue(super dash) ja não é mais automatico, voce deve aperta novamente o forte para executa-lo em sequencia.

 

Mas aí no caso vc fez as arenas em volta do char no qual vc pode colocar senha para jogar com os amigos. 

 

Isso tá filé mesmo. Agora rankeada e partida na arena é que o sofrimento se encontra. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cadê a galera que disse que iria pegar a versão mais cara do game?

Quero saber sobre o BGM original do anime. :muagonball:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Citar

 

Dragon Ball FighterZ recebido com sucesso no Steam

Dragon-ball-FighterZ.jpg


Dragon Ball FighterZ chegou ontem às lojas e os jogadores demonstraram o seu entusiasmo em torno deste novo fighting game da Arc System Works, que pegou nas personagens de Akira Toriyama e lhes deu o seu energético tratamento.

Disponível no PlayStation 4 e Xbox One, FighterZ teve ainda direito a uma versão PC, através do PC, que foi recebida com grande entusiasmo entre os adeptos do gênero, conseguindo bater as vendas de outros jogos do gênero igualmente populares.

De acordo com os dados apresentados pelo SteamCharts, Dragon Ball FighterZ conseguiu registar 44,234 jogadores no seu dia de lançamento, um número que está muito acima do que outros jogos do gênero conseguiram. No momento da escrita desta notícia, o SteamCharts indica que 20 mil pessoas jogaram Dragon Ball FighterZ nos últimos 25 minutos.

Comparando com outros pesos pesados do gênero, Street Fighter 5 conseguiu 13,807 jogadores na estreia em Fevereiro de 2016 e Tekken 7 conseguiu 18,766 jogadores em Junho de 2017. Dragon Ball FighterZ conseguiu mais jogadores no lançamento que estes dois jogos juntos no primeiro mês de cada um.

Dragon Ball FighterZ está disponível para o PlayStation 4, PC e Xbox One.
Fonte: Eurogamer

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, ARMITRAX disse:

 

Mas aí no caso vc fez as arenas em volta do char no qual vc pode colocar senha para jogar com os amigos. 

 

Isso tá filé mesmo. Agora rankeada e partida na arena é que o sofrimento se encontra. 

 

Joguei 4 partidas na arena ontem bem rapido antes dos meus amigos entrarem no jogo. Das 4, 3 foram satisfatórias, e apenas 1 que teve um delay acima do normal entre 5-7 oque torno a partida totalmente casual, impossivel de tentar jogar a sério. Hoje pela manha joguei mais algumas, e todas foram satisfatória entre 3-4 frames.

Editado há por LordCloudStrife

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.