Jump to content
koston

Pesquisa Eleitoral - Presidente 2018

Pesquisa Eleitoral - Presidente 2018  

50 members have voted

You do not have permission to vote in this poll, or see the poll results. Please sign in or register to vote in this poll.

Recommended Posts

1 hora atrás, ryo disse:

Claro que seria algo um pouco genérico, mas basicamente se ele fizer isso já vai ser muito e está tudo lá:

 

1- Reforma da previdência:

- Em adição à opção atual termos a opção de previdência por capitalização

 

2- Reforma tributária

- Descentralização e municipalização

- Simplificação e unificação de tributos

- Melhorias na carga tributária

 

3- Economia

- Continuar com o tripé econômico

- Privatizações seguido de abertura de mercado para a concorrência e concessões

- Diminuição da dívida inclusive com o recurso levantado com privatizações

- Abertura comercial com menos imposto de importação, derrubada de barreiras não-tarifárias e acordos comerciais bilaterais

- Simplificação na criação e fechamento de empresas

 

4- Reforma trabalhista

- Opção de contrato individual fora da CLT

- Opção de escolha de sindicato

 

 

Obrigado, vou analisar direitinho.

 

O que vocês acham sobre as outras propostas sobre explorar os recursos da amazônia? Além da questão de expulsar os indígenas e acabar com metade da floresta. Não acham que pode agravar a crise hídrica no sudeste?

Share this post


Link to post
Share on other sites

A respeito da Amazônia precisa conciliar a extração dos recursos com sustentabilidade, não é algo simples.

 

Sobre os indígenas pelo que vi do que o Bolsonaro falou, tendo a concordar com ele. Reservas indígenas equivalem a mais que o tamanho do Estado do São Paulo e o ativismo quer aumentar mais isso. Essa questão me parece bem contagiada ideologicamente, pois boa parte dos indígenas não são mais os que vivem só na natureza, então perdeu a razão tantas terras serem demarcadas assim. E colocando em cima disso a crise hídrica do sudeste e expulsão indígena, me parece uma narrativa fabricada pelos ativistas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
55 minutos atrás, ryo disse:

A respeito da Amazônia precisa conciliar a extração dos recursos com sustentabilidade, não é algo simples.

 

Sobre os indígenas pelo que vi do que o Bolsonaro falou, tendo a concordar com ele. Reservas indígenas equivalem a mais que o tamanho do Estado do São Paulo e o ativismo quer aumentar mais isso. Essa questão me parece bem contagiada ideologicamente, pois boa parte dos indígenas não são mais os que vivem só na natureza, então perdeu a razão tantas terras serem demarcadas assim. E colocando em cima disso a crise hídrica do sudeste e expulsão indígena, me parece uma narrativa fabricada pelos ativistas.

 

Essa questão dos indígenas está mais para "foda-se os índios" do que qualquer outra coisa. Já tentei abordar essa questão aqui. Mas muito das terras que o agronegócio tem é devido a extração e desapropriação ilegal.

É errôneo pensar que indígenas não tem direitos às terras que sempre lhe pertenceram, mesmo que muitos estejam vindo para as cidades. Muitos ainda continuam sequer tendo contato com a sociedade.

 

E levo a questão mais além, a respeito da perca da fauna e biodiversidade que ainda temos. Como sabemos o brasil não tem políticas eficientes e basicamente toda a população está pouco se fodendo para isso, mas sequer pensam nas consequências que o desmatamento tem para todo o país, para o mundo. Unir o ministério da agricultura e do meio ambiente pra mim é um dos pontos mais perigosos, porque sabemos bem que nunca fizemos nada pensando na sustentabilidade. O que importa é ter os bolsos cheios, não é?

 

Portanto, já que ele foi eleito, cabe a nós monitorar e cobrar medidas realmente sustentáveis e responsáveis com relação isso. Mas será que o povo irá se engajar nessas lutas? Duvido muito.

Fora essa questão, ainda não obtive uma resposta sobre como isso irá afetar a nossa crise hídrica, já que foi comprovado cientificamente que o desmatamento da amazônia afeta o nosso clima diretamente.
http://g1.globo.com/natureza/noticia/2014/10/novo-estudo-liga-desmatamento-da-amazonia-seca-no-pais.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sempre lhe pertenceram? Quem definiu isso?

Porque eles viviam nelas?

 

Eu acho essa questão dos indígenas bem secundário, a preocupação mesmo tem que ser na fauna e na flora, na preservação.

Enquanto tivermos a ideia pueril de que os indígenas são homens do mato que não vivem com a civilização, vamos ficar dando atenção demasiada a essa questão.

Há indícios de que índios também estão envolvidos em desmatamento. Além de que já teve casos que chegaram a cobrar pedágio para passar por terras indígenas. Isso só para citar alguns casos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, ryo disse:

Sempre lhe pertenceram? Quem definiu isso?

Porque eles viviam nelas?

 

Eu acho essa questão dos indígenas bem secundário, a preocupação mesmo tem que ser na fauna e na flora, na preservação.

Enquanto tivermos a ideia pueril de que os indígenas são homens do mato que não vivem com a civilização, vamos ficar dando atenção demasiada a essa questão.

Há indícios de que índios também estão envolvidos em desmatamento. Além de que já teve casos que chegaram a cobrar pedágio para passar por terras indígenas. Isso só para citar alguns casos.

 

Sim, já não seria motivo suficiente? Em visto da história de colonização onde toda a população de índios foram massacradas, já dá pra compreender muita coisa.

A única coisa que vejo saindo disso tudo é a expulsão dos índios dessas aldeias sem dar nenhum suporte para que eles continuem a viver dignamente, preservando sua história e cultura. Eu quero que o governo dê suporte para toda essa população, caso realmente façam o que estão prometendo fazer. E gostaria muito que as demarcações de reserva ambiental fossem respeitadas.

Agora só nos resta "pagar pra ver", literalmente.

Aliás, sustentabilidade é algo realmente preocupante, em visto que já esgotamos nossos recursos renováveis do planeta muito mais cedo esse ano, em 1 de agosto.
https://www.terra.com.br/noticias/ciencia/sustentabilidade/humanidade-tera-esgotado-os-recursos-renovaveis-de-2018-no-dia-1-de-agosto-diz-ong,de7e453387ec10174ceda24d205098521f7u84he.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa conversa de dívida histórica é o pior ponto de partida para qualquer discussão, pois daí teremos que escolher arbitrariamente um ponto.

O escolhido geralmente é nas colonizações ou bem depois disso, mas e antes disso? As tribos indígenas guerreavam uma contra as outras, tribos indígenas eram expulsos, outros subjugados e por aí vai.

Qual o critério para se chegar ao tamanho das áreas indígenas? É justo? É injusto? Como se chega a isso?

 

É estimado que há pouco menos de 1 milhão de indígenas no Brasil, sendo que quase a metade vive em cidades.

Eles são menos de 0,5% da população (já contando quem vive nas cidades), por outro lado quase 15% das terras do Brasil são áreas indígenas.

O governo precisa ajudar eles? Por quê?

E quem vai expulsar se eles estiverem em áreas de preservação ambiental? Quem disse isso? Algum ativista ideológico? E por que seriam expulsos?

 

Edited by ryo

Share this post


Link to post
Share on other sites
39 minutos atrás, ryo disse:

Essa conversa de dívida histórica é o pior ponto de partida para qualquer discussão, pois daí teremos que escolher arbitrariamente um ponto.

O escolhido geralmente é nas colonizações ou bem depois disso, mas e antes disso? As tribos indígenas guerreavam uma contra as outras, tribos indígenas eram expulsos, outros subjugados e por aí vai.

Qual o critério para se chegar ao tamanho das áreas indígenas? É justo? É injusto? Como se chega a isso?

 

É estimado que há pouco menos de 1 milhão de indígenas no Brasil, sendo que quase a metade vive em cidades.

Eles são menos de 0,5% da população (já contando quem vive nas cidades), por outro lado quase 15% das terras do Brasil são áreas indígenas.

O governo precisa ajudar eles? Por quê?

E quem vai expulsar se eles estiverem em áreas de preservação ambiental? Quem disse isso? Algum ativista ideológico? E por que seriam expulsos?

 

 

Estão sendo expulsos já justamente pelas pessoas que querem suas terras. Se com leis de proteção ambiental já tá foda, imagina unindo os 2 ministérios.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A união de ministérios em si em nada influencia nisso.

Qualquer um pode denunciar essas expulsões, se realmente acontece.

Mas de novo, a questão dos indígenas é algo bem secundário. E Bolsonaro é o menor dos problemas deles.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, ryo disse:

Fodeu por quê?

A esquerda produziu vários factóides e pintou um monstro 1000 vezes pior do Bolsonaro do que ele realmente é. Não caia nessa.

 

O meu receio com o Bolsonaro é se ele vai conseguir colocar o plano de governo dele em prática. Se ele der uma de Dilma querendo passar o trator por cima e tudo ficar travado no Congresso, estamos ferrados. A situação do Brasil só vai piorar com o tempo.

Galera, olha a merda que meus colegas esquerdistas estão divulgando em grupo de turma. Ao invés de apenas dar aula, eles querem mas porque querem dar ideias esquerdistas para as crianças além da aula. Caso contrário é fascismo

 

Manual de defesa para docentes
 
 
Como se defender?
A Constituição Federal assegura ao educador o direito a liberdade de cátedra, que se resume em sua liberdade de atuação em sala de aula. Portanto, qualquer lei que viole esse direito se torna inconstitucional e portanto não passível de promulgação pelo presidente da República. O art. 205 da CF assegura a liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber. O mesmo princípio é reforçado no terceiro artigo da Lei  de N 9.394 – de Diretrizes e Bases Nacional. Portanto, os professores que se sentirem constrangidos, censurados em sala de aula, podem e devem fazer o uso da legislação existente sobre o assunto para salvaguardar seu direito à liberdade de cátedra. De modo que devem buscar ajuda jurídica e proteger seus direitos.
 
A liberdade de Cátedra – ou de ensino – surge no nível constitucional na carta magna de 1934 em seu artigo 155. Posteriormente, na CF de 1946, em seu artigo 168. Reafirmado pela constituição de 1988 – conhecida como a constituição cidadã, o docente tem plena autonomia para escolher os métodos didáticos que respeitem a pluralidade de idéias e a não-discriminação.
 
O que fazer se a sua sala de aula for invadida?:
 
1.Exigir a presença de testemunhas, como a diretora, coordenadora pedagógica e outros docentes da escola. Não saia da sala de aula, para isso basta pedir para um ou dois alunos chamar a presença deles.
Sempre estar munido com o número do sindicato e/ou de um advogado.
2.A entrada de terceiros só pode ocorrer com a autorização prévia do professor, ninguém pode invadir a sala de aula. Se aparecer alguém não convidado simplesmente feche a porta. Caso o invasor force a entrada, disque 190 e acione a polícia. Peça a presença de uma ronda escolar.
 
3. Caso alguém grave vídeos na sala de aula, o docente pode entrar com processo por difamação, calúnia e uso indevido de imagem. A pena para o crime de difamação é de detenção, de três meses a um ano, e multa.
 
4.Em caso de ofensas e ameaças diante de alunos, peça para registrarem o episódio, reúna duas testemunhas e acione o advogado do seu sindicato. 
 
5.Ninguém pode entrar no local de trabalho do professor de modo a constrangê-lo ou censurá-lo. Isso configura ameaça e assédio ao servidor público. O que também é passível de pena.
 
6. O que fazer se publicarem um vídeo te difamando, com uma suposta “denúncia” de doutrinação em sala de aula ?
 
Peça ajuda jurídica ao seu sindicato para denunciar as postagens em redes sociais (Facebook, Youtube e Google tem botões e formulários para denunciar postagens indevidas)
Reunir um grupo de professores que também foram difamados e/ou ameaçados e entre com um processo coletivo pedindo indenização por danos morais.
Envie cartas registradas para a sede do Google e do Facebook, explicando o ocorrido e solicite a retirada do conteúdo do Sr.
Procure veículos de mídia livre e alternativa como a Agência Pressenza, o QuatroV, Outras Palavras, Agência Ponte e Justificando, para dar sua versão do que ocorreu, pois os veículos de mídia tradicional geralmente distorcem e manipulam os fatos.
 
Os professores não estão desamparados pela lei com relação a posturas fascistas que certos indivíduos podem tomar. Sua liberdade é assegurada em nível constitucional. Ao se depararem com situações onde sua liberdade está ameaçada, tem como recurso a legislação vigente para sua defesa.
 
 
BASTAVA APENAS ENSINAR AULA E TEM MAIS:
8 horas atrás, Vash disse:

20:30 pra frente:

 

Tem como você criar um vídeo só com as propostas e fazer upload no teu canal? Nem todo fórum tem a opção de botar de onde parou

 

 

Mais shitstorm!

https://t.co/S9srOUDKij

Edited by Goro Daimon 7113

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Vash disse:

Só colocar no tempo que falei, não tem mistério.

Okay eu já fiz isso :P

https://scontent.fcpv3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/44997176_1894057597373695_7508623094299230208_n.jpg?_nc_cat=102&_nc_ht=scontent.fcpv3-1.fna&oh=3c63e47b57e8a92c05b6fd97e2cc8f42&oe=5C850D8F

 

Edited by Goro Daimon 7113

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, ryo disse:

A respeito da Amazônia precisa conciliar a extração dos recursos com sustentabilidade, não é algo simples.

 

Sobre os indígenas pelo que vi do que o Bolsonaro falou, tendo a concordar com ele. Reservas indígenas equivalem a mais que o tamanho do Estado do São Paulo e o ativismo quer aumentar mais isso. Essa questão me parece bem contagiada ideologicamente, pois boa parte dos indígenas não são mais os que vivem só na natureza, então perdeu a razão tantas terras serem demarcadas assim. E colocando em cima disso a crise hídrica do sudeste e expulsão indígena, me parece uma narrativa fabricada pelos ativistas.

 

Índios de iPhone que usam bermuda da Addidas e cobram U$70,00 por foto.

Spoiler

E que ainda jogam Xbox! uahuahuahua

indigenas-saqueiam-caminhao-com-xbox-one

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 horas atrás, kheychan disse:

 

Sim, já não seria motivo suficiente? Em visto da história de colonização onde toda a população de índios foram massacradas, já dá pra compreender muita coisa.

A única coisa que vejo saindo disso tudo é a expulsão dos índios dessas aldeias sem dar nenhum suporte para que eles continuem a viver dignamente, preservando sua história e cultura. Eu quero que o governo dê suporte para toda essa população, caso realmente façam o que estão prometendo fazer. E gostaria muito que as demarcações de reserva ambiental fossem respeitadas.

Agora só nos resta "pagar pra ver", literalmente.

Aliás, sustentabilidade é algo realmente preocupante, em visto que já esgotamos nossos recursos renováveis do planeta muito mais cedo esse ano, em 1 de agosto.
https://www.terra.com.br/noticias/ciencia/sustentabilidade/humanidade-tera-esgotado-os-recursos-renovaveis-de-2018-no-dia-1-de-agosto-diz-ong,de7e453387ec10174ceda24d205098521f7u84he.html

 

Não é tarefa de governo preservar história e cultura. 
A questão das reservas ambientais não tem nada a ver com os índios. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, SKOG disse:

 

Não é tarefa de governo preservar história e cultura. 
A questão das reservas ambientais não tem nada a ver com os índios. 

 

É de quem então?

 

Mesmo se você não acredita nisso, é função do governo proteger todos:

 

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2018/10/29/aldeia-indigena-em-pe-tem-escola-e-posto-de-saude-incendiados-indios-temem-novos-ataques.htm?utm_source=twitter&utm_medium=social-media&utm_content=geral&utm_campaign=uol

O que a bancada ruralista tem a dizer sobre isso? É os discursos inflamados de Bolsonaro dizendo que índios não merecem demarcação de terra. 

 

 

Ps: Vai me dizer também que o Museu Nacional não era responsabilidade do governo?

Edited by kheychan

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, SKOG disse:

 

Não é tarefa de governo preservar história e cultura. 

 

Oloco, como não?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fui na padaria hoje e só tinha pão dormido, o cara da minha frente na fila sacou uma arma e gritou BOLSONARO, deu um tiro pro alto, todos aplaudiram e o pão fresco saiu na hora.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
30 minutos atrás, LOP disse:

Fui na padaria hoje e só tinha pão dormido, o cara da minha frente na fila sacou uma arma e gritou BOLSONARO, deu um tiro pro alto, todos aplaudiram e o pão fresco saiu na hora.

 

Bandido: Mãos ao alto isso é um assalto!

Cidadão de bem: O que foi bandido? (Saca o revolver)

Bandido: *chocado*

Cidadão de bem: kkkkk achou que tava arrasando né?

Bandido: Me arrependo de tudo, agora trabalharei dignamente perdão 

Share this post


Link to post
Share on other sites
35 minutos atrás, kheychan disse:

 

É de quem então?

 

Dos laboratórios de microbiologia.

35 minutos atrás, kheychan disse:

Ps: Vai me dizer também que o Museu Nacional não era responsabilidade do governo?

 

Você usa cultura em dois sentidos distintos.

1 - O primeiro sentido (o que eu fiz referência) é cultura no sentido de conjunto de instituições, hábitos, ritos, costumes e etc. de um dado povo, grupo ou segmento social. Esse não pode ser preservado pelo governo por dois motivos:
A. A formação e mantenimento de uma cultura não é possível de ser feito por uma instituição única, apenas pelos individuos imersos nessa cultura. O governo pode fazer o que ele quiser, mas se os membros de uma cultura não se interessarem nessa cultura, ela morre. Simples assim.
B. A interferência de agentes externos à uma cultura para a preservação dela inviabiliza os aspectos fundamentais dessa cultura. Uma cultura é algo orgânico e dinâmico. Ela não pode e não deve ser estática e, por isso, não pode ser preservada por qualquer ação consciente. Uma cultura se preserva e mantém a medida que os membros dela mantém ativas suas práticas, de maneira natural e espontânea. Forçar, por meio de medidas oficiais, o mantenimento de uma cultura é matá-la. Cria-se um teatro que reflete o que era aquela cultura, mas a cultura em si já morreu. É como aquelas cidades cenográficas do velho-oeste. Aliás, esse processo já aconteceu com a maioria dos índios brasileiros, mesmo aqueles que moram em reservas. Os únicos índios que ainda preservam uma cultura indigena verdadeira são aqueles que ainda não tiveram contanto extenso com a sociedade brasileira, ou com a FUNAI.

 

2 - O segundo sentido, que é o caso do Museu Nacional, é o de "bem cultural" que nada mais é do que algo produzido por alguma cultura e que serve de evidência ou materialização da existência daquela cultura. Ou seja, são coisas que remetem a presença que existe ou existiu de uma dada cultura. Esses objetos podem ser preservados, justamente porque são evidências que servem a muitos propósitos, mas em geral a preservação destes bens - salvo em raras exceções - não é uma preservação da cultura que os produziu.

 

Edited by SKOG
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 horas atrás, kheychan disse:

 

Bandido: Mãos ao alto isso é um assalto!

Cidadão de bem: O que foi bandido? (Saca o revolver)

Bandido: *chocado*

Cidadão de bem: kkkkk achou que tava arrasando né?

Bandido: Me arrependo de tudo, agora trabalharei dignamente perdão 

Você está vendo essa questão do armamento de uma maneira bem superficial, aliás vejo que muitos tratam deste assunto desta maneira.

Considero essa questão mais pelo lado de que uma pessoa deveria ter a opção de se defender, mais pelo lado da liberdade de escolha, não vejo como uma política de segurança.

 

O que mais vejo é que normalmente as pessoas acham que o Brasil viraria um bangue bangue, que isso aumentaria a violência. Mas antes do desarmamento o Brasil não era assim, era violento mas longe de ser o que muitos hoje temem virar se flexibilizarem a obtenção do porte de armas.

Pois bem, entrou o Estatuto do Desarmamento em 2003, após o efeito imediato os homicídios continuaram aumentando, não só isso mas o percentual dos homicídios com armas de fogo aumentaram ao invés de diminuir.

 

Países daqui da América Latina que possuem maior número de armas legais são os menos violentos, nos EUA as cidades que possuem restrições são as mais violentas. Enfim, então está muito longe de ser um consenso que quanto mais armas mais violento fica o local.

E há evidências que o efeito de dissuasão existe quando a população está armada, inibindo crimes.

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora há pouco vi uma professora e sua turma de alunos atravessando a avenida fora da faixa de pedestres, um homem parou seu carro, sacou um fuzil 765 pela janela, deu 17 disparos para o alto e gritou BOLSONARO, a professora voltou com sua turma, andou mais 700m e atravessou na faixa.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, LOP disse:

Agora há pouco vi uma professora e sua turma de alunos atravessando a avenida fora da faixa de pedestres, um homem parou seu carro, sacou um fuzil 765 pela janela, deu 17 disparos para o alto e gritou BOLSONARO, a professora voltou com sua turma, andou mais 700m e atravessou na faixa.

 

ISSO É FAKE NEWS, FUZIL 765 NÃO EXISTE MAIS. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, SKOG disse:

É a nova era. Está com medo, petista?

whatsapp-image-2018-10-29-at-20.27.33.jp

 

Cara, vi que alguns alunos da usp se sentiram ameaçados com isso daí.

 

Rapaz, isso tá parecendo Hermes e Renato de tão zoado. Claramente uma piada besta.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, koston disse:

 

Cara, vi que alguns alunos da usp se sentiram ameaçados com isso daí.

 

Rapaz, isso tá parecendo Hermes e Renato de tão zoado. Claramente uma piada besta.

 

As armas são de Airsoft... kkkk

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×