Jump to content
Redação vgBR

Anthem – Análise

Recommended Posts

Anthem foi anunciado pela Eletronic Arts e Bioware, de forma espetacular na E3 2017, e desde então milhões de jogadores do mundo inteiro estavam esperando o game sem segurar o hype, eu incluso. Depois de uma grande decepção com Destiny em 2014, game que inclusive me fez comprar o Xbox One, tinha grandes expectativas e já considerava Anthem, o que eu julgava que o game da Bungie deveria ter sido.

Infelizmente depois de quase 50 horas jogando o game, 20 nas versões Alpha e Betas e mais 27 na versão final, é impossível eu recomendar o game sem grandes asteriscos.

O HINO

Não vou tentar te contar sobre a experiência narrativa, não porque não quero, mas sim porque ela inexiste. Eu como grande apreciador de RPGs da Bioware, desde Baldur’s Gate, não posso ficar nada menos que depressivo com o desastre que é a história e a narrativa desse jogo. Para começar faltou desenvolvimento de cutcenes e set pieces, que enganam no incio do game mas que são abandonas em prol de uma narrativa fraca e sem desenvolvimento e uma história extremamente genérica.

Eu esperava um jogo menos heavy em conversas e escolhas em Anthem mas não esperava que a Bioware me trouxesse um roteiro digno de filme dos Trapalhões. O pior é que o universo do jogo é extremamente convincente e interessante, o tema do enredo é bastante promissor e o estúdio teve várias oportunidades para cravar uma puta história.

É possível experimentar alguns lampejos desse universo no hub do jogo, o forte Tarsis, onde existem diversos personagens que você pode realizar “quests-conversa” que envolvem uma troca de ideias, incluindo opções de respostas com 2 escolhas. Essas “quests-conversa” se desenvolvem enquanto você progride pelas missões do game e desenrolam várias histórias interessantes sobre esses personagens e o universo. Além disso é claro que não podiam faltar as entradas do códex que também tem diversas informações sobre mundo de Bastion.

Anthem deixa seu final em aberto para as próximas adições de conteúdo que estão por vier, quem sabe essas história novas não deêm um grau na história do game e utilize melhor esse background incrível que os personagens e os textos contam?

O CATACLISMA

Se você conseguiu testar o game nas demonstrações ficou claro que voar com a sua Lança é uma experiência espetacular, não só isso como atirar e explodir as coisas é extremamente satisfatório no mundo de Anthem. As armas tem peso, os skills tem grande variedade e principalmente as Lanças são realmente classes a parte.

Eu joguei majoritariamente como Colosso e Tempestade e foram experiências de jogo bastante diferentes. O Colosso é um tanque e aguenta tomar muita bala e a Tempestade é um controlador de espaço e mata mobs com extrema facilidade. Recomendo você a ver vídeos do game e testar as Lanças antes de partir pro game. É possível ter até 3 pilotos salvos e é possível ter todas as Lanças com esses pilotos, mas exige um nível relativamente alto.

Agora o que não gera nenhum pouco de satisfação é a estrutura das missões do game, que são repetitivas e extremamente genéricas. Vá ao ponto A, encontre algo, mate uma horda, vá ao ponto B, encontre algo, mate uma horda, vá ao ponto C, encontre algo e mate a última horda. Só de descrever esse roteiro já dormi no teclado escrevendo esse texto.

Em um jogo de aproximadamente 15-20 horas, não conseguir diversificar seus objetivos é extremamente cansativo e broxante. Em coop com amigos ainda da um alivio porque você vai estar batendo lero no chat, agora solando ou com avulsos é uma experiência extremamente maçante, ainda mais contemplando o sistema de loot do jogo que dropa equipamentos melhores em quase toda missão e a grande burocracia que é trocar de armas, skills e os equipamentos da sua Lança. Você só pode fazer essas alterações em um menu específico do jogo que não é rápido e na minha opinião burocrático.

Além da repetição das missões, praticamente todo conteúdo do jogo é raso como um pires, o end game é vergonhoso e vagabundo, tendo menos conteúdo que Destiny ofereceu no seu lançamento em 2014. Não se engane, hoje Anthem não tem conteúdo pós jogo.

BASTION

Antes de mais nada, duas coisas se destacam: Visual e Som. Artisticamente é lindo, a parte técnica e gráfica é excelente, o design de sons sejam ambientes, das armas, inimigos, voo, etc são bem feitos e a trilha sonora é marcante e muito bem realizada.

Infelizmente eu joguei Anthem 100% no PC e a parte técnica está um aborto. Eu tenho duas configurações em casa, uma com i5 / GTX 970 e outra com i7 / GTX 1070 Ti e o game não roda bem em nenhuma delas. A outra máquina do vgBR está equipada com um i7 /GTX 1080 e também não roda cravada estável. Na 970 nem no low eu consegui cravar 60 FPS. Na 1070 Ti tive que ajustar no menu e mesmo assim tive que realizar diversos ajustes para ficar próximos de 60 FPS sem comprometer demais a qualidade da imagem. Atingir 4K na versão de PC desse game é uma fantasia e talvez seja um sonho impossível até para os que gastarem uma fortuna na GeForce RTX 2080 Ti.

Além disso os loadings no jogo são longos e constantes, quebrando o ritmo do jogo. Por mais bonito que seja não existe nada que justifica essa podridão que está a versão de PC. Sinceramente eu não recomendo o jogo nessa plataforma, mesmo sem saber se a versão de consoles está melhor ou pior.

O CERNE DA IRA

Eu não achei Anthem ruim, principalmente a jogabilidade e com amigos em coop. Garanto que esse é um game que tem um bom espaço para melhorias e crescimento durante sua vida útil. Infelizmente no estado de lançamento eu não consigo recomenda-lo. Acredito que em 1 ano ou até menos o preço e o conteúdo do jogo estejam mais alinhados e compatíveis com a experiência que ele oferece.

Se você queria um game para substituir Destiny/Destiny 2 ou estava de olho em The Division 2, minha sugestão é aguardar o game da Ubisoft, também com cautela ou a pegar Monster Hunter World se você não deu chances. Sendo bem sincero, eu tinha grande expectativas para Anthem e todo meu hype foi jogado no lixo.

Freelancers

  • Audiovisual espetacular. Cenários lindos, efeitos de luz e sonoros muito bem feitos
  • Excelente jogabilidade, tanto para explorar dos mapas voando e o combate
  • Histórias dos personagens do Forte Tarsis e o Codex do game contam a histórias de um universo interessante
  • O jogo foi pensado em coop com amigos e essa é forma que ele deve ser aproveitado

Dominion

  • A história é genérica e a narrativa fraca
  • Estrutura de missões extremamente genérica e repetitiva
  • O jogo tira demais o voo que é uma das mecânicas mais interessantes da jogabilidade
  • A performance do jogo no PC está um aborto
  • Jogar solo ou coop com avulsos não é uma experiência satisfatória
  • Conteúdo do jogo é ralo e repetitivo
anthem-bioware-e3-2018-17-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-16-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-15-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-14-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-13-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-12-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-10-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-9-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-8-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-7-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-6-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-5-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-4-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-3-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-2-200x200.jpg anthem-bioware-e3-2018-1-200x200.jpg

Post original em Anthem – Análise

Leia essa análise no site, participe e comente!!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bela análise. É mais fácil falar bem de um jogo no geral, mas pontuar defeitos é mais complicado e exige conhecimento do reviewer. Principal crítica que tenho a esse universo que a Bioware criou é ele ser simplesmente vazio em narrativa e enredo justamente o que mais esperamos de uma empresa que se consagrou por ter criado alguns dos melhores RPGs de todos os tempos.

 

Mais fácil seria ambientar o jogo num mundo de algum planeta de Mass Effect então. Pelo menos já existia e foi bastante desenvolvido nos jogos anteriores.

 

 E a performance está sofrível. Esse jogo era pra ser lançado daqui a 6 meses pelo menos.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

Ex-Designer de Diablo 3 fala sobre problemas de loot de Anthem

 Clique para ver a imagem em tamanho original


O lançamento de Anthem veio acompanhando de muitas críticas, sendo um das principais delas sobre o sistema de loot do jogo. Muitos jogadores e fãs tem enviado sugestões para a melhoria desses problemas, e uma das pessoas que sugeriu uma solução foi Travis Day, ex-designer sênior de Diablo 3, que no momento está trabalhando em Dauntless.

Ele criou um post no Reddit oferecendo a sua perspectiva como jogador e como desenvolvedor. No fórum ele destaca vários problemas como a falta de clareza dos status, a habilidade de usar inscrições em itens em que elas não funcionam e as opções limitadas ao farmar alguns tipos específicos de loots.

Ele explicou em seu post que ficou repetindo a stronghold mais fácil várias vezes, pois não havia um incentivo para encarar as outras, já que o loot não melhorava com o aumento do desafio.

Ele sugeriu que as strongholds passassem a ter a mesma dificuldade ou que as mais desafiadoras passassem a ter mais incentivos.

O jogo também tem recebido críticas sobre a sua dificuldade de forma geral. Segundo Day, ela vai de trivial para tão difícil que não vale o esforço, por isso os jogadores preferem focar em farmar os itens mais fáceis ao invés de encararem os desafios.


 
"Espero que isso gere discussões positivas sobre as partes do sistema de recompensas que precisam de atenção. Estou gostando muito do jogo e sou intimamente familiar com todos os problemas que vem e vão ao tentar criar estruturas de recompensas para um jogo desta natureza, espero que isso seja útil para contribuir para que Anthem se torne um jogo ainda mais forte com o tempo."
Fonte: Mmorpgbr

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece que Anthem está flopando em vendas tb, não flopou só na crítica.

E o outro jogo, Apex Legends, teve uma matéria com o pessoal da Respawn dizendo que não teve influência da EA no desenvolvimento do jogo. E é por isso mesmo que está fazendo sucesso, jogo bem polido, modelo de negócios bem melhor.

 

EA investiu muito no Anthem, inclusive em marketing, parece ter palpitado em tudo no desenvolvimento, para no fim flopar e ver o jogo que deixou esquecido e nem gastou nada em marketing ser um estrondoso sucesso.

 

E ainda temos que ver a EA no seu relatório trimestral justificar que o BF5 vendeu menos por se concentrarem demais na campanha singleplayer :muata:

Em detrimento do modo battle royale. As cagadas anteriores nada, né? Nenhuma mea culpa...

 

Não fosse Apex Legends a EA teria outro ano decepcionante, o ano foi salvo por um jogo que teve stealth release.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Billy Lee Black disse:

Porra, como assim o vôo é limitado??? É uma das paradas mais legais e que mais focaram nos trailers...

 

E toda hora te faz pousar por algum motivo lixo. Seja porque suas turbinas esquentaram ou por estar em ambientes indoors ou porque tem alguma merda que fode teu voo. É um jogo bem mais grounded do que eu espereva.

 

Até entendo o colossus não ficar muito tempo em voo, mas o resto é triste.

 

 

8 horas atrás, vgBR Cody disse:

Deu errado = EA palpitou

Deu certo = EA não fez nada

 

A retardadice continua.

 

Mas é assim mesmo que funciona. As clausulas e termos que Vince Zampella desenrolou para a Respawn fazer parte da EA com certeza eram bem rígidas e favoráveis . E EA logico que aceitou, a última vez que esse cara saiu de lá fundou a Infinity Ward, tornou CoD no que é e ainda atolou uma giromba gigante da EA. 

 

Esse cara é o mestre dos FPSs modernos. Ele tem rola pra mandar executivo da EA se foder e provavelmente aval nivel Kojima nos tempos áureos de Konami.

Edited by RhaZo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cody manja nada... Não falo as coisas à toa como vc deve imaginar.

Retardadice é ver as coisas que falo se confirmando e mesmo assim falar que eu disse merda ou coisa do tipo.

Vc acha que é coincidência o Apex Legends ser bem mais polido e redondo, ser F2P, não ter microtransações abusivas e ter um modelo de negócios melhor?

 

Olha aqui: https://www.gameinformer.com/2019/02/04/respawn-says-ea-had-no-hand-in-the-development-of-apex-legends

 

Respawn Says EA "Had No Hand" In The Development Of Apex Legends

Edited by ryo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Engraçado pq tem outras afirmações assim, inclusive da Bungie sobre a Actlinda, mas ai não vale pq estão defendendo o patrão.

Piadistas.

Falar merda ainda é gratuito hahaahhah, lembro bem o qnto não culparam a EA por Titanfall 1 e 2 ne? :mua:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ok, Cody. Se vc continua achando que falei merda quando disse que surgiriam concorrentes melhores que o PUBG, que possivelmente o ultrapassariam em popularidade por ser uma fórmula facilmente replicável e melhorada, nem discuto mais. Isso se confirmou e se mesmo assim vc ainda acha isso eu nem continuo este debate com vc. Nem com os fatos vc dá o braço a torcer.

 

O caso do Anthem e do Apex Legends é notável a diferença de direção tomada entre os dois. A Bioware infelizmente vem tendo muita intervenção da EA, muita gente boa saiu, fecharam a Bioware Montreal e fundiram com a Motive Studios EA da Jade Raymond, que saiu do próprio estúdio que ela fundou com a EA um tempo atrás. Isso porque a EA interviu por lá tb ahahaha.

Estavam desenvolvendo um jogo do Star Wars single player linear junto com a Viceral Games. No meio do caminho tiveram que mudar para um jogo open world, é falado que foi por pressão da EA. Recentemente cancelaram o jogo.

 

O que teve o Titanfall 1?

O Titanfall 2 me lembro que lançou no meio de CoD e BF e teve quem culpou a EA pela escolha da data. Sobre isso nem falei nada.

Sobre a Bungie não falo nada, nem sei como se deu todo o processo de desenvolvimento.

Edited by ryo

Share this post


Link to post
Share on other sites

O assunto é outro Ryo, esquece PUBG. Continua sendo o jogo absoluto.

Eu continuo achando engraçado a diferença de tratamento BF4 um dos melhores BF ever ai EA não fez nada, BFV EA fodeu tudo.

Mesma coisa agora com a Respawn, qndo as coisas deram erradas a culpa foi da EA, agora tão falando q EA não da pitaco na Respawn. Bioware mesma coisa.

Pra mim fica claro q vcs não aceitam uma empresa errar, veja o exemplo da Capcom, estava uma bosta foi la e se reergueu, iso acontece.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vocês vírgula. Se outros estão falando coisas que vc discorda, não me atribua isso e ainda por cima dizer que eu falo merda.

Neste caso do Apex Legends tenho razão no que eu disse.

 

No caso do BF5, se quer saber minha opinião, pergunte. Não me inclua na opinião dos outros.

Dice e EA cagaram, essa é a real. A Dice por escolher esse direcionamento, a EA por bancar isso e o CEO falar que se não gostam, que não comprem. E além de tudo isso ficar insultando sua base de fãs, falando que são mal educados, machistas e toda sorte de istas.

 

Acho bom quando uma empresa insulta seus fãs e depois se ferra.

Edited by ryo

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

Anthem está causando crashes no sistema do PS4, Sony está fornecendo reembolso

 anthem-ps4-crash-sony-refunds.jpg

Não há dúvidas que Anthem teve um período de lançamento difícil, e com a série de problemas que o action RPG tem, ele acabou se tornando um dos piores games analisados da BioWare em sua história de desenvolvimento. E desde seu lançamento o título tem sofrido com vários problemas, mas um dos problemas mais sérios que o jogo vem sofrendo é um bug que vem causando crashes de sistema no PlayStation 4.

Segundo relatos de vários jogadores em vários tópicos oficiais no subreddit de Anthem, ao tentarem fechar o game no PS4 através do menu, o console desliga totalmente como se você tivesse tirado da tomada. E aparentemente, este é um problema que acompanha alguns usuários desde o [lançamento da] VIP Demo em fevereiro.

E o problema é tão conhecido, que o Redditor conhecido como "SoundAndFury87" entrou em um dos tópicos de Anthem para dizer que a Sony está ciente deste problema, e que chegou a oferecer um reembolso total a um jogador que comprou a edição digital, Legion of Dawn do game. Um usuário apelidado de "bluetidepro" colaborou com as afirmações de SoundAndFury87 ao dizer que também foi capaz de conseguir um reembolso, após contatar o suporte da Sony via chat, assim que ele comprovou que o game havia travado totalmente o seu PS4.

Para aqueles que não estão familiarizados com a política de reembolso da Sony, normalmente ela bastante restritiva quanto a produtos digitais, e nela a empresa diz que o jogador "pode cancelar a compra de um produto digital em até 14 dias a partir da data de transação, desde que [ele] não tenham efetuado o download ou a transmissão do produto." E a única exceção a essa regra é se o produto for considerado pela empresa como "defeituoso".

 
anthem-ps4-crash-sony-refunds-javelins.j

No momento, não temos como saber quantos jogadores do PS4 foram afetados por esse crash em particular, mas definitivamente não é um erro a ser ignorado. Afinal de contas, há sempre a possibilidade de um console brickar após ser desligado de forma irregular.

Fonte: [Reddit]

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jesus. Tá ficando feio.

 

Ou faz o que a Bungie fez no Destiny 1.... Ou fudeu!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

EA pede ajuda para investigar os PS4 congelados por Anthem

 Clique para ver a imagem em tamanho original


Se está jogando Anthem num PlayStation 4 e sofreu com um congelamento do console, a Electronic Arts quer conversar contigo.

A editora de Anthem reconheceu oficialmente o problema que está a afetar os consoles PlayStation 4 e pediu aos fãs para ajudar a descobrir a causa do problema através do fórum oficial de ajuda.

Estes congelamentos não estão a afetar o jogo, como compartilhado por vários jogadores, estão a afetar os consoles que são reiniciadas da mesma forma que acontece quando puxa a tomada de energia.

Este é um problema que poderá ter encarado em alguns jogos ao longo dos anos, mas os jogadores de Anthem queixam-se que poderá acontecer diversas vezes numa só sessão.

Outros jogadores dizem mesmo que o problema causado por Anthem estragou o console, que após se desligar não reage e não volta a ligar - algo que a EA ainda não reconheceu.

O maior problema parecem ser os efeitos secundários de um PS4 que subitamente perde a energia. Muitos fãs dizem que são forçados a esperar alguns minutos, em certos casos, antes de conseguirem voltar a ligar o console e somente ao pressionar o botão np console ao invés do comando. Outros dizem mesmo que são enviados para um ecrã, uma espécie de Safe Mode, um conjunto de menus que parecem ter sido feitos para resolver bugs.

Após reiniciar o console, os jogadores recebem a habitual mensagem de erro que surge quando um console não é encerrada devidamente.

Estes problemas são um caso sério e ninguém deveria ter de os enfrentar, algo que a EA parece admitir.


 
"Atualmente, estamos a reunir informação sobre os problemas no PS4 para determinarmos a causa," diz a EA. "Se foste afetado pelos congelamentos do teu console, por favor, fornece a seguinte informação:"


 
"PlayStation: (PS4, Slim, Pro), PSN ID, Informação sobre o congelamento: Quando acontece? Tem de seguir passos específicos para o teu PlayStation 4 voltar a funcionar? Reportaram os dados do congelamento quando é pedido?"


Centenas de jogadores de Anthem já responderam e o problema acontece em todos os modelos do PS4.

Os relatos do problema surgiram ao longo dos últimos dias e alguns questionam se não está relacionado com uma recente atualização. Algumas pessoas alegam ter recebido o dinheiro de volta da Sony pela sua cópia digital, mas parecem ser exceções e não a regra.

Este parece ser apenas o mais recente numa série de problemas enfrentados por Anthem.
 
Fonte: Eurogamer

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, vgBR Cody disse:

Putz q videogame bosta hahahahaha

Claro. Culpa da mãe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segundo @Alucard melhora se você travar o console em 1080p kkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

Anthem se torna o jogo da BioWare com pior avaliação

 O que todos temiam aconteceu e com as notas do Anthem sendo divulgadas, o jogo já pode ser considerado a pior criação da BioWare.

Clique para ver a imagem em tamanho original


Ao olharmos as notas dadas ao jogo e reunidas no Metacritic, descobrimos que ele possui uma média de apenas 65 no Xbox One, enquanto que no PC o título atingiu 60 e no PlayStation 4 se saiu ainda pior, com somente 56. Com isso, o Anthemconseguiu a façanha de se tornar o jogo mais mal avaliado do estúdio, superando o tão criticado Mass Effect: Andromedaque na sua média mais baixa registrou 71 no console da Sony.

Mesmo sabendo que notas dadas num review não devam ser consideradas friamente, a verdade é que muitas pessoas não se dão ao trabalho de ler uma análise, decidindo se um jogo merece ou não ser comprado tendo como base apenas a média que ele atingiu em agregadores como o Metacritic.

No entanto, mesmo se ignorarmos a pontuação que o Anthem conseguiu até aqui, não é difícil perceber que a sua aceitação tem sido inferior a o que vimos acontecer com o projeto anterior da BioWare e olha que na época do lançamento do Mass Effect: Andromeda ele foi duramente criticado.

O que torna a situação da BioWare ainda pior é o fato de o Andromeda ter sido desenvolvido pelo braço do estúdio localizado na cidade de Montreal - e que em 2017 se fundiu com a Motive Studios - enquanto que o Anthem é criação da equipe de Edmonton. Ou seja, agora não podemos nem mais usar a justificativa de que a produção foi relegada a uma divisão menos importante e assim fica mais difícil não concordar com aqueles que defendem que aos poucos a EA está matando a sua subsidiária.
 
Fonte: Meiobit

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

Jogador de Anthem descobre que arma inicial é a mais poderosa do jogo

 poster.jpg.adapt.crop16x9.1920w.jpg

Após um bug em Anthem que faz com que alguns PS4 travem ser descoberto esta semana, outro problema foi encontrado no jogo da Bioware, desta vez relacionado com as armas.

Em um jogo como Anthem, é importante que os jogadores sejam atraídos de volta ao combate com um fluxo constante de recompensas para se melhorar seus equipamentos. E se fosse descoberto que a melhor arma do jogo não era uma arma Lendária que poderia levar horas e horas para ser conquistada, mas sim a primeira arma que você usa no jogo?

Bem, o usuário YeetLordSupreme do Reddit postou algumas descobertas no subreddit oficial de Anthem, as quais parecem indicar que o rifle de assalto Defender nível 1 é melhor que qualquer outra arma que você possa conseguir no jogo.

De acordo com as descobertas de YeetLordSupreme, as quais foram apoiadas com gifs de outros jogadores que mostraram essa descoberta em ação, a arma Defender nível 1 pode derrotar inimigos mais rápido do que qualquer outra arma no jogo, incluindo o rifle Ralner's Blaze nível 45.
 
Xu7a7kk.gif

Em seu teste, YeetLordSupreme descobriu que uma bala da Defender causa 286 de dano contra um soldado normal Scar. A Ralner's Blaze causa 1184 de dano por bala contra o mesmo tipo de inimigo. Com esses números, podemos supor que a Ralner's Blaze é muito melhor para derrotar os inimigos do que a Defender, mas esse não é o caso. Usando a Ralner's Blaze, são necessárias seis balas para matar um soldado Scar. A Defender, por outro lado, mata o mesmo tipo de inimigo com quatro balas.

No post do Reddit, YeetLordSupreme supõe duas conclusões: o rifle de assalto padrão nível 1, conhecido como Defender, está bugado e os números de dano que surgem acima de um inimigo ao atirar nele não refletem com precisão o dano que está sendo dado. O usuário beatpeet42 do Reddit colaborou com as descobertas de YeetLordSupreme com uma gif que mostra a Defender causando mais dano do que a Ralner's Blaze.

Embora a EA não tenha respondido a essa descoberta em seus canais oficiais, o Diretor de Design Técnico da BioWare, Brenon Holmes, respondeu no Reddit dizendo que algo não está certo.
 
"Precisamos investigar isso. O sistema de nivelação é usado para permitir que jogadores de baixo nível joguem com jogadores de alto nível e sejam efetivos contra inimigos de alto nível. Isso não era para ser assim, algo não está certo."

No momento, a Defender ainda se comporta dessa mesma forma em Anthem, mas isso pode mudar em breve, considerando que claramente não era para causar tanto dano, pelo menos de acordo com Holmes.
Fonte: Twinfinite

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só notícia boa hein

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rusharam o jogo e parece que não possuem equipe de QA suficiente.

Isso me lembra outra empresa que mandou embora um monte de QA, a Activision Blizzard. Já faltava um monte de QA e suporte para o WoW, agora então...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×