Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Goro Daimon 7113

[Charles, o mundo não é mais o mesmo] Microsoft cria instalador de programas compatível com Linux

Posts Recomendados

mouse-microsoft-oem-agora-funciona-no-li
 

A Microsoft está desenvolvendo o MSIX, um novo formato de instalação de software para Windows que conta também com suporte para iOS, MacOS, Android, Linux e até versões mais antigas do Windows. O novo formato, segundo comunicado oficial da empresa, deve ser uma alternativa aos três existentes: EXE, MSI e AppX.
 
O formato de pacote MSIX preserva a funcionalidade de pacotes de aplicativos existentes e/ou instala arquivos, além de permitir novos recursos de empacotamento e implantação para aplicativos Win32, WPF e WinForm.
 
O formato MSIX possui características modernas. Além dos citados Win32, WPF e WinForm, ele retém a funcionalidade de pacotes de aplicativos existentes e/ou arquivos de instalação para migrar versões antigas. Da mesma forma, como já foi dito, suporta vários sistemas operacionais.
 
 
msix3.png


Segundo a Microsoft, os pacotes MSIX são mais versáteis e independentes de plataforma. A ferramenta de pacote MSIX está disponível na Microsoft Store, com suporte nas versões mais recentes do Windows Insider.

Instaladores do Windows

A Microsoft tem muitos instaladores. Cada um com pontos fortes e fracos, porém basicamente para fazer o mesmo: empacotar os aplicativos que serão instalados no Windows usando instaladores. Para o usuário, parece simples. No entanto, esse arquivo que você verá com extensões como .exe ou .msi tem um trabalho desconhecido por trás dele.

MSI
Eles são melhores para instalações simples, especialmente sem supervisão. Eles usam uma interface gráfica de usuário que instala ou desinstala o programa sem extras ou opções. Em essência, este instalador é um conjunto compactado de arquivos do instalador que contém todos os dados necessários para o software.

O processo de instalação não detectará se o software já existe ou se algum componente estiver faltando e poderá sobrescrever qualquer arquivo no caminho da instalação. Essa simplicidade permite instalações ‘autônomas’ por padrão. Elas são simples de criar e muito fáceis de implantar pelos administradores. Eles trabalham com qualquer versão do Windows.

EXE
Eles são mais conhecidos do público em geral. Mais versáteis que os instaladores MSI, eles também são mais complicados de criar e gerenciar devido a seus recursos adicionais. Este instalador pode incluir opções para idiomas, complementos, detectar instalações anteriores e outras funções. Os instaladores de EXE permitem a instalação de rotas customizadas e seleção dos componentes a serem instalados.

Os desenvolvedores podem adicionar sua própria marca na interface do usuário, incorporar termos de serviço específicos do idioma ou apontar para uma página da Web para receber uma mensagem de boas-vindas. A instalação autônoma é mais complicado do que com o MSI, mas para uma operação de usuário é igualmente simples: você procura um meio (CD/DVD etc.) ou Internet, baixa o arquivo .exe, executa e instala o aplicativo. Eles trabalham com qualquer versão do Windows.

AppX
Eles são usados para empacotar aplicativos universais do Windows e compartilhar alguns dos benefícios dos instaladores MSI. Eles são instaladores simples e diretos, com poucas opções para o usuário final. Além disso, eles permitem um caminho de atualização mais simples de versões anteriores do software para versões mais recentes e permitem uma desinstalação mais limpa.

Os instaladores do AppX dependem da tecnologia de contêineres. Portanto, eles são isolados do restante do sistema operacional para melhorar a segurança. Sua principal desvantagem é que eles só funcionam na Microsoft Store oficial e estão limitados ao Windows 10 na obsessão da Microsoft em promover este sistema.

 
 
MSIX_3.png
 

MSIX, o futuro
 
 
msix4.png


Um formato de instalador como o AppX, limitado ao Windows 10 e a um formato específico, como o UWP, dificilmente é sustentável. Isso sem mencionar o fracasso da Microsoft Store. Os programadores apostaram cada vez mais no desenvolvimento em iOS, Android e Web, nessa ordem. Portanto, o Windows, hoje, está muito atrasado. Se, como é especulado, a Microsoft eliminar aplicativos Win32 no futuro a situação deve se complicar ainda mais.

Um bom começo para tentar reverter esta tendência é o instalador do aplicativo. O MSIX combina os melhores recursos do MSI e do AppX. É um formato de empacotamento direto que os administradores do sistema podem programar para instalações “não supervisionadas”. Do ponto de vista do usuário, um MSIX é instalado como um arquivo MSI, mas dentro dele funciona como um arquivo AppX.
 
 
MSIX_2.jpg


Isolamento
Com base na tecnologia de contêiner, esse formato é isolado do restante do sistema. Dessa forma, permite desinstalações e atualizações sem problemas . Quando você instala um programa usando MSI ou EXE, o programa pode fazer alterações no registro e criar arquivos e pastas em todo o sistema. Quando você os desinstala, geralmente há arquivos e chaves de registro que permanecem, deixando a bagunça no sistema.

Com o MSIX, os programas são instalados em um contêiner. Então, todos os arquivos necessários permanecem dentro desse contêiner ou seguem regras precisas e previsíveis sobre onde esses arquivos podem estar (na pasta AppData, por exemplo). Quando você os desinstala, todos os dados acompanham o programa, não deixando qualquer confusão. Isso significa que seu sistema estará mais limpo no futuro.

Compatibilidade com Linux e outras plataformas
 
 
msix2.png
 

Outro ponto importante é que é possível distribuir o MSIX fora da Microsoft Store. Isso torna muito mais fácil pegar programas antigos e reempacotá-los sob o MSIX. E o mais importante. A Microsoft lançou um SDK para melhorar a compatibilidade entre plataformas.
 
 
msix.png
 

Como vemos na sua página do GitHub, o suporte é possível para iOS, MacOS, Android, Linux e até versões mais antigas do Windows. O processo é simples. Igualmente, os desenvolvedores colocam instruções especiais nos arquivos MSIX para permitir que você identifique o sistema operacional e as etapas a seguir.


ferramenta de criação do pacote MSIX Packaging Tool está disponível para o Windows 10 versão 1809 ou superior, incluindo versões Insider. Ao mesmo tempo, o projeto e o código-fonte estão hospedados no GitHub.


A Microsoft ainda está ajustando os recursos prometidos para esse formato. Assim, ele não deve demorar a ser implantado.

Para o usuário final não vai mudar muita coisa. Do mesmo modo, localize o MSIX no seu meio de distribuição ou faça o download da Internet e execute. No entanto, ainda é um instalador de software direto, o que significa que teremos que cuidar da segurança. Assim sendo, permanece o risco de instalar um programa fantástico, um programa lixo ou algo pior: malware. Como nos formatos anteriores, é necessário confiar na origem de onde baixamos esses tipos de arquivos.

https://docs.microsoft.com/pt-br/windows/desktop/appxpkg/interfaces

https://www.muycomputer.com/2019/02/12/msix/

https://sempreupdate.com.br/microsoft-cria-instalador-de-programas-compativel-com-linux/
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Jogada de mestre.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×