Jump to content
Sign in to follow this  
Redação vgBR

Yakuza Kiwami – Análise (Steam)

Recommended Posts

Desenvolvido pelo estúdio interno da Sega, o Ryu Ga Gotoku Studios, Yakuza: Kiwami é lançado para PC com diversas melhorias em relação a versão de consoles. Kiwami significa extremo em japonês e a força desse nome é evidente neste remake do Yakuza original de 2005.

O RUGIDO DO DRAGÃO

Entre nas sombras do submundo do Japão“: Assim como Kazuma, uma ex-estrela em ascensão na Yakuza, emerge da prisão depois de um encobrimento de assassinato, 10 bilhões de ienes desaparecem do cofre Yakuza, forçando-o mais uma vez em seu brutal, mundo sem leis. Uma jovem misteriosa levará Kazuma às respostas se ele puder mantê-la viva.

O melhor elogio que posso dar à história da Yakuza é que ela é envolvente. O final foi satisfatório. Não chocante. Certamente não é perfeito. E eu esperava que algumas coisas fossem diferentes. No entanto, enquanto a história do jogo funciona, existem alguns problemas importantes com a sua progressão.

Como a maioria das histórias, Yakuza começa simples, depois cresce mais e mais complexo como você continua jogando. O caso do jogo explica perfeitamente a premissa e o primeiro ponto da trama.

Mas explicar o que acontece entre esse e o segundo ponto da trama (que impulsiona a história em direção a sua resolução) é uma questão muito mais complexa. A principal questão com o segundo ato do jogo é como ele é complicado. A palavra que estou procurando é “filler”. É enrolação porque parece que você não está realmente progredindo através da história: você vai de fazer A a B, de C a D, há uma semelhança de causa e consequência, mas na maioria das vezes parece que os escritores poderiam ter pulado B e C em favor de ir direto para D (ajustando parte da escrita, é claro), e nada teria sido perdido.

Eu não acho que seja uma coincidência que os pontos fortes da história sejam TODOS relacionados à Yakuza e ao submundo do crime em geral, enquanto todos os pontos desinteressantes da história estão relacionados com algo completamente não relacionado (isto é, as missões triviais que você recebe entre as partes quentes).

É uma pena, porque a Yakuza é mais forte durante os segmentos significativos da história. Às vezes é melhor ter um jogo com a metade do tempo, mas duas vezes mais divertido. Infelizmente, Yakuza era um daqueles tipos de jogos “Deus, eu só quero terminar este jogo já” quando eu estava fazendo as missões triviais, rapidamente me transformando em “Deus, eu quero ver o que acontece a seguir” durante os pedaços da Yakuza.

A história fica tão intricada que você nem vai saber o que está fazendo ou por que está fazendo. Não ajuda que você esteja constantemente se metendo em brigas: outros jogos fazem um ótimo trabalho em deixar o jogador entender onde ele está quando se trata de uma história, não importa quanto tempo ele tenha se desviado dele (como muitos RPGs) , mas este não é o caso de Yakuza. Eu aconselho contra jogar este jogo durante muitos dias ou mesmo semanas; em vez disso, sugiro que você tente concluí-lo o mais rápido possível.

Um pouco da história parece confusa e expositiva: você tem personagens jogando muita informação em você em algumas ocasiões. Em vez de descobrir as coisas por nós mesmos, são os NPCs que estão encarregados de desvendar o enredo. Infelizmente, nosso garoto Kazuma reage surpreso a praticamente tudo que os NPCs dizem a ele, e é de se esperar que o jogador faça o mesmo. No meu caso, eu estava apenas irritado com todas as coisas legais que eu nunca descobri. Sem mencionar alguns deles pareciam aparentes, outros Kazuma parece ignorar completamente (o que me faz pensar se os desenvolvedores cometeram um erro, ou a tradução é a culpa), alguns Kazuma reconhece, mas depois esquece. Todos contribuem para dificultar a compreensão de uma história difícil de acompanhar.

Vale ressaltar que ter jogado Yakuza 0, só faz a experiência ficar ainda mais prazerosa, principalmente quando tratamos de alguns personagens como Akira Nishikiyama, o irmão de Kazuma e Majima Goro que se tornou uma das figuras mais marcantes no universo da série.

CICATRIZ ESCARLATE

O sistema de combate é mais ou menos uma modificação do que 0 ofereceu para Kazuma. Você tem seus 4 estilos: Brawler, o estilo sujo de street fighter que funciona bem em todo lugar, Rush, o estilo de esquivas e ataques rápidos, Beast, o estilo lento que se especializa em agarrar / bater pessoas com objetos pesados ​​e o estilo clássico de Kazuma, Dragon of Dojima.

Você pode subir de nível os três primeiros gastando pontos de EXP ganhos em batalhas e outras atividades. O último, no entanto, começa realmente fraco, para justificar os 10 anos que Kazuma ficou atrás das grades, e é atualizado ao lidar com Majima pela cidade ou treinar com Komaki.

Seguindo em frente, Kiwami incrementa a fórmula com duas grandes adições. A primeira delas é a rápida mudança de estilo, que provavelmente é a minha favorita neste jogo. Ele permite que você mude instantaneamente o estilo depois de terminar golpes, passos rápidos, arremessos e outros movimentos e abre várias oportunidades em combate. Circule com Rush, mude para Beast e use um Heat Move.

A segunda adição é o Kiwami Heat, uma mecânica estranhamente implementada. Em suma, os chefes e os inimigos de chefe se cansam e param no local para recuperar vida. Supondo que você tenha o Heat, você pode acionar um Extreme Move de Heat para vencê-los fora desse estado. Soa como uma coisa menor, mas é bastante lidado com preguiça. Primeiro de tudo, as animações, apesar de legais, são as mesmas usadas em inimigos atordoados (com um selo de Kiwami no final) e já que os chefes vão para aquele estado algumas vezes durante uma luta, acaba no fim ficando repetitivo. Ele mexe com o ritmo das batalhas e parece menos uma recompensa e mais como uma tarefa.
MAJIMA EVERYWHERE

Basicamente, Majima está em todo lugar. Ele pode percorrer o mapa tentando encontrá-lo, pular em cima de você, fingir ser um balconista ou bunda para desafiá-lo para uma luta de minigame. O jogo fica realmente inventivo com as maneiras que empurra Majima na tela e Kamurocho se sente mais vivo por causa disso. Há muitos bons diálogos e exposições antes e depois das grandes lutas e você pode gastar uma quantidade significativa de vezes explorando as diferentes maneiras pelas quais o Mad Dog pode surpreendê-lo.

Melhor ainda, ele luta nos 4 estilos que desenvolveu em 0 (e usando roupas estupidamente charmosas), proporcionando alguns dos combates de Kiwami. A taxa de encontro de Majima, por exemplo, é anormalmente alta e ele dá EXP pra caramba, quebrando a progressão sem sair do seu caminho. No geral, Majima Everywhere é um sistema que deixa o grind viciante.

BAKA MITAI

A versão PC traz todo aquela qualidade que vimos na versão de PlayStation 4 em matéria de gráficos e ainda consegue melhorar em alguns aspectos como resolução até 4k e taxa de quadros, se tornando a versão definitiva. A parte sonora não teve grandes alterações, mantendo as faixas clássicas dos Karaokês e inclusive a presença de Amazing Grace nos créditos, algo que até hoje não entendi muito bem do porquê dessa escolha.

O forte sempre é a dublagem fenomenal, é chover no molhado falar que a atuação dos atores nessa série é excelente e com Kiwami não seria nada diferente. Kazuma, Nishiki, Majima e Hakura são tão marcantes com sua voz que não dá para imaginar eles com outros atores atuando.

KAMUROCHO EXTREME

Yakuza: Kiwami traz Kazuma de volta à Kamurocho em grande estilo. Para quem é fã de uma trama mais adulta e gosta de uma boa pancadaria, Kiwami entrega o prometido e mais um pouco.

Pros

  • Apesar de um desenvolvimento confuso, a trama é muito boa
  • Conteúdo pra caramba
  • Sistema de luta caprichado, faz você querer sempre mais

Cons

  • Algumas side-quests são bobas demais
  • Menus tirados diretamente de 2 gerações atrás
yakuza-kiwami-steam-1-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-2-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-3-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-4-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-5-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-6-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-7-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-8-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-9-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-10-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-11-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-12-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-13-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-14-200x200.jpg yakuza-kiwami-steam-15-200x200.jpg

Post original em Yakuza Kiwami – Análise (Steam)

Share this post


Link to post
Share on other sites

foi devidamente pre-compreado. :D 

só falta mod pra legenda em portuga

Edited by Ricko

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×