Notícias

Registro da marca Killer Instinct é negado

Mais uma vez fãs de Killer Instinct podem ficar sem ver um terceiro jogo da série.

O Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO) negou o pedido da Microsoft para renovar a marca para Killer Instinct, de acordo com uma carta oficial emitida pelo orgão em 29 de Novembro.

O USPTO negou o pedido por causa de um “risco de confusão”. A Seção 2 (d) da carta diz:
O registro da marca é recusado por risco de confusão com a marca nos EUA Registro n º 3370331. Ato marca Seção 2 (d), 15 U.S.C. § 1052 (d), ver TMEP § § 1207,01 et seq. Veja o registro fechado.
A Marca Recorrente é Killer Instinct de “software de videogame” e “serviços de entretenimento, nomeadamente fornecimento de jogos de vídeo on-line.” A Marca Registrante é Killer Instinct para “serviços de entretenimento na natureza de uma série de televisão drama.”

Segundo a carta, o USPTO deve receber o apelo da Microsoft dentro de seis meses de 29 de novembro “para evitar o abandono da aplicação de candidato ao registro da marca”.

A marca Killer Instinct foi registrada pela Fox Television Studios, Inc. em 15 de janeiro de 2008. De acordo com a programação da TV no New York Times, a Fox estreou um programa chamado Killer Instinct em 23 de setembro de 2005. No início deste ano, a Microsoft Studios anunciou a renovação da marca registrada. A Rare desenvolveu a série Killer Instinct para as plataformas da Nintendo. O último jogo da série foi lançado em 1996, anos antes de a Microsoft adquirir a Rare em 2002.

Ficamos na torcida para que a Microsoft consiga retomar o registro de sua marca para que possamos fazer Monster, Killer e Ultra Combos ainda nessa geração.

Átila Graef

Comentários(1)

  1. […] E o milagre aconteceu! Após ter o pedido de patente negado pelo Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO), a Microsoft e a Fox Television Studios, Inc chegaram em um acordo sobre a utilização da marca / franquia Killer Instinct! […]

Comentários