Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR | 22 de abril de 2019

Ir para o topo

Topo

Um Comentário

Análise – Valiant Hearts: The Great War

Análise – Valiant Hearts: The Great War
Cleber Avelar

Review

GRÁFICOS
9
9

Emocionante

Baseado na 1ª Guerra Mundial esse adventure com puzzles e plataforma entrega belos gráficos, história cativante, trilha sonora excelente e uma experiência emocionante.

Valiant Hearts é um novo título da Ubisoft que mistura puzzles, adventure e pitadas de plataforma no que pode vir a ser um dos melhores do jogos de 2014.

Usando a mesma engine de outros grandes jogos da Ubi como Child of Light e Rayman a Ubiart Framework, esse belíssimo jogo, cativa, inspira e emociona.

A História

Valiant Hearts inova logo de cara contando uma história num dos cenários menos explorados no mundo dos videogames: a Primeira Grande Guerra Mundial. Em 1914 logo após o anúncio da guerra, nossos pacatos protagonistas, Emile, um fazendeiro francês, sua filha, seu neto e seu genro alemão Karl, tem suas vidas abaladas. Karl é alemão e exilado da França, o que faz com que a família de Emile sofra no processo. Algum tempo depois Emile é convocado para servir ao exército Francês na linha de frente. Ele também tem a esperança de talvez encontrar seu genro mas infelizmente Emile é ferido durante o combate e acaba se tornando prisioneiro de guerra. A partir disso um dos melhores enredos de jogos sobre guerra começa a se desenrolar. Durante a sua jornada o jogador irá conhecer o destino de 5 indivíduos que por conta da guerra tem suas vidas interligadas de uma maneira que quase não vemos em jogos.

valiant hearts (8)Valiant Hearts usa um dos elementos mais interessantes do gênero e torna os personagens humanos, fazendo com que você se importe com cada um deles mesmo que um deles não seja uma pessoa mas sim o simpático cão Walt. Você irá se emocionar, torcer, ficar feliz e triste por cada um deles.

Não é possível prosseguir muito sobre a narrativa sem que isso estrague as surpresas para quem vai jogar, mas garanto a vocês que a cada um dos 4 capítulos do jogo farão o jogador ficar na ponta da cadeira ancioso com o destino dos personagens.

Jogabilidade

valiant hearts (4)O jogo é uma mistura de puzzle com adventure. Basicamente você deve resolver pequenos puzzles para que a aventura avance, além de ter de interagir com alguns personagens para descobrir onde ir a seguir. Toda a ação é sidescroller e você tem total controle sobre seu personagens. Eles andam, correm, lutam, usam itens, alavancas como se fosse num jogo de plataforma 2d. Os controles são bem precisos e controlá-los é fácil e intuitivo. Em muitas situações você irá ter de controlar até 3 personagens para poder resolver certos puzzles, e na maior parte do tempo você terá a compania de Walt o cãozinho (e eu já disse o quanto ele é simpático não disse?!?!)

O puzzles não são dos mais complicados para quem já é veterano no gênero, mas vão exigir um pouco de atenção. Existem além dos puzzles, seções com stealth, corrida, e até boss battles quem diria. Por falar em boss battles, o “vilão” de Valiant Hearts é um daqueles que vocês vão amar “odiar”.

Falando em corrida uma sequência em particular, é bastante divertida envolvendo um zepellin, um táxi e a música Flight of Valkaries. Sem dúvida uma partes divertidas do jogo.

Gráficos

valiant hearts (5)

Embora use a engine de Rayman e Child of Light, Valiant Hearts tem uma identidade visual única. Com um estilo de história em quadrinhos em movimento, a arte usada no jogo é suave e agradável mesmo tocando num tema tão duro quanto a Grande Guerra Mundial. Os personagens são bem modelados e a paleta de cores é suave com cenários bem detalhados, fazendo dele um belíssimo jogo.

Som

valiant hearts (12)

Outro aspecto no qual o jogo brilha são os efeitos sonoros. Tudo é muito bem amarrado, com a voz do narrador contando a história entre os atos, as músicas que foram escolhidas e fazem com que fosse fique ainda mais imerso durante o jogo e até mesmo as vozes que são poucas e se resumem apenas a poucas palavras em alemão, francês e inglês dão ao jogo um aspecto único.

Finalizando

valiant hearts (13)

Eu já disse logo no início, mas torno a repetir aqui no final desse review: Valiant Hearts tem grandes chances de ganhar melhor jogo de 2014 pelo menos na categoria adventure. Belos gráficos, história cativante, trilha sonora excelente e muito divertido. Aliás o que vocês ainda estão fazendo aqui lendo esse review? Vão logo garantir sua cópia do jogo e aproveitar essa beleza. Mas não se esqueçam de pegar um balde para guardar suas lágrimas… 😉

Pros

+ Gráficos Belos.

+ Trilha sonora excelente.

+ Personagens cativantes.

Contras

– Curto. Apenas 5 horas de duração (num jogo como esse é quase um pecado)

Avatar

Cleber Avelar

Oldgamer, jogou pong com jesus, famoso também pelo seu selo de qualidade OMFG e pelo bordãos e for old é velho.