ArtigosNotícias

Hands on Gamepads: Afterglow & Rock Candy

Com a popularização da STEAM, cada vez mais pessoas estão deixando de lado seus consoles e preferindo jogar no PC. As vantagens são várias e vão desde preços mais baixos até poderio gráfico maior. Uma queixa de muitos, no entanto, é a dificuldade em fazer a transição do controle para o mouse e o teclado.

Felizmente para essas pessoas, hoje em dia existem diversas opções para quem deseja jogar com um controle no PC. Neste artigo, falaremos um pouco sobre dois controles third party da PDP Gaming que fazem sucesso no exterior e estão chegando ao Brasil com representação pela ECOGAMES: os controles da série Afterglow AP.1 e da série Rock Candy.

Diferentes de outros controles third party, os controles da PDP Gaming se destacam pela qualidade. Ambos são muito bem construídos e tem uma pegada ótima.

_DSC2670

Começando pelo Afterglow, a aparência dele emula as características do controle do PS3, o Dualshock 3. No entanto, a posição dos analógicos na verdade imita o controle do Xbox 360. Então é um meio termo excelente para aqueles que gostam do controle de Xbox 360 mas acham que ele é um pouco grande pras mãos ou para aqueles que gostam do controle do PS3 mas não gostam da posição dos analógicos. O Afterglow consegue ser ainda mais compacto do que o controle de PS3. Isso o torna particularmente confortável para quem possui mãos pequenas, além de ser uma opção excelente para crianças pequenas. Eu particularmente me senti mais à vontade jogando nele do que nos outros controles para PC que possuem o mesmo tamanho de um controle de PS3. Além disso, ele é visualmente muito bonito, já que é um controle transparente que brilha luzes vermelhas no escuro, tal qual seria esperado em um controle com o nome de Afterglow. Os botões confortáveis, principalmente os gatilhos. Isso é especialmente importante em jogos que necessitam de precisão de movimentos ou em jogos em que há constante aplicação de pressão sobre o botão. Nota-se pela construção que não é o tipo de produto que vai se deteriorar tão cedo por uso. Eu particularmente fiquei surpreso com a qualidade do acabamento. É um controle que parece ter uma longa vida útil.

_DSC2676Minha experiência com o Afterglow no início um pouco confusa, já que ele não foi detectado por uma das portas USB do meu notebook. No entanto, ele passou a funcionar assim que testei em outras portas. O controle foi automaticamente reconhecido pela máquina e já estava pronto para uso, sem necessidade de instalar qualquer tipo de driver ou utilizar mídia para instalação.

Já o controle Rock Candy é um pouco diferente. Ele também é transparente, mas possui uma cor laranja bem forte, além de ser um pouco maior e mais parecido com o tamanho real de um Dualshock. O acabamento dele não é tão firme quanto o do Afterglow. Ele tem um jeito mais de “brinquedo”. Em compensação ele foi aceito em todas as entradas USB da minha máquina e instalou sem problema nenhum no meu Windows 8.1. É plugar e jogar. Assim como o Afterglow, a posição dos analógicos imita o controle de Xbox 360, com o analógico esquerdo mais para cima e o analógico direito mais para baixo. Ele tem uma pegada legal e os gatilhos são competentes, ainda que não tão firmes quanto os do Afterglow. Me parece ter uma vida útil menor.

Preto

Para PC no entanto é válido ressaltar: Tanto o Rock Candy, quanto o Afterglow, sofrem do mesmo problema comum aos controles não Microsoft: o Steam não reconhece o analógico direito do controle, tornando alguns jogos como Portal 2 injogáveis.

_DSC2683Testei com o jogo Far Cry 3 e o segundo analógico não foi detectado, o que tornou a experiência não jogável já que utilizar o gamepad e mouse ao mesmo tempo não faz o menor sentido. Isso se trata não de um problema do produto e sim dos drivers dos jogos, que não reconhecem o tipo de controle e por isso não o configuram direito de forma automática. É o tipo de coisa que pode eventualmente ser corrigido pelas desenvolvedoras, mas não se sabe como e quando. Para quem tem preferência por jogos em primeira pessoa, o recomendável mesmo é o bom e velho combo de teclado e mouse ou então um controle de Xbox 360 para quem não abre mão de uma experiência de gameplay mais próxima de consoles. Analisamos as versões de PS3 e por isso tivemos alguns dos contratempos. Caso você opte pela versão de 360 no entanto, não deverá ter os mesmos problemas uma vez que o suporte no Windows é nativo.

Para quem deseja jogar jogos antigos no PC e possui programas para configuração do gamepad, isso não influencia em nada. Não fica completamente fiel aos controles dos consoles antigos, que tendiam a ter analógicos menos sensíveis. No entanto, ajustando o “dead zone” (sensibilidade do analógico), isso pode ser otimizado. Essa parte é tentativa e erro e muitas vezes cada jogo necessitará sua própria configuração para que o jogador se sinta completamente confortável.

Pela qualidade dos produtos, ambos controles são ótimas pedidas e já podem ser encontrados nos grandes varejistas do Brasil, com o preço sugerido de R$129 o Afterglow e R$99 o Rock Candy, ambos mais baratos que os controles oficiais. Eles possuem limitações, mas são recomendados para o jogador dependendo do estilo de jogo de preferência. Se esse é o seu caso, esta é uma excelente chance de economizar uma boa grana e ter um controle de ótimo custo benefício em mãos.

Daniel V.

Comentários(2)

  1. Avatar

    Ótimo post Daniel, gostaria de ver mais como este , com relação a periféricos para PCs. E gostei da sinceridade ao reportar o principal problema com controles que não sejam o oficial da Microsoft, que é o não reconhecimento do analogico direito, valeu mesmo.

  2. Avatar

    Cara tem como me ajudar por favor ? Eu comprei o Controle Afterglow Azul para Ps3 e tentei conectar no meu pc , mais nenhuma entrada usb o reconheceu me ajuda Por Favor

Comentários