Notícias

Escola SAGA desenvolve jogos em 30 dias!

A equipe da vgBR compareceu ao evento Anime Friends 2014, onde visitamos o estande da SAGA, escola de Computação Gráfica, Desenvolvimento de Games e Animações.

No stand estavam disponíveis alguns games desenvolvidos por coordenadores e alunos de suas unidades em São Paulo, onde as equipes participaram de um desafio de 30 dias para desenvolver um jogo. Em nossa visita conversamos com os responsáveis por cada um desses jogos para saber um pouco sobre cada projeto.

The Myth of R’lyeh

the myth of rlyeh

É um adventure em terceira pessoa que tem elementos de puzzle e stealth desenvolvido por uma equipe de 10 pessoas da Unidade Lapa, para o Desafio de 30 dias. A aventura começa com o personagem principal Dr. Van Helsing, que ao receber uma carta com um pedido de ajuda decide ir até Londres para tentar entender o que está acontecendo. Durante sua jornada em Londres Van Helsing tenta desvendar estranhos e misteriosos acontecimentos para impedi-los.

A maior influência deste título é A Liga Extraordinária, de Alan Moore, que reuniu em um mesmo universo vários personagens clássicos da literatura.

O jogo também foi inspirado na mitologia Lovercraftiana; no conto The Call of Ctchulhu; em livros clássicos como Drácula, de Bram Stoker, o retrato de Dorian Grey, de Oscar Wilde, O Estranho Caso de Dr. Jekyll e Mr. Hyde (O Médico e o Monstro), de Robert Louis Stevenson.

Segundo, Lucas Silva, 29 anos, coordenador pedagógico da unidade Lapa da Saga, e produtor e character designer do título, The Myth of R’lyeh tem começo, meio e fim, mas o ideal para completar o projeto seriam ao menos mais 60 dias de desenvolvimento para chegar a uma versão final. A intenção dos criadores é disponibilizar gratuitamente o jogo para que as pessoas conheçam o trabalho da equipe.

The Myth of R'lyeh - SS3

Remote Race

remote race (3)

Jogo de corrida multiplayer para até 4 jogadores que se passa em um quintal, onde uma criança cria uma pista para seus carrinhos de controle remoto. Desenvolvido por uma equipe de 6 pessoas da Unidade Santo Amaro da SAGA, para o Desafio de 30 dias.

Segundo, Rafael Menezes, 25 anos, professor de 3D e unreal da Saga de Santo Amaro e environment designer do jogo, o conceito de Remote Race é mais a diversão baseando se em jogos estilo Mario Kart, onde o maior desafio dos criadores foi mexer com a física dos carrinhos. O jogo ainda está em uma versão Beta com pretensão ser disponibilizado gratuitamente após a finalização.

remote race (2)

Cyberpunk X-01

CYBERPUNKX01-2

Desenvolvido por uma equipe de 9 pessoas da Unidade Tatuapé, conversamos com Caio Cipó, 26 anos, coordenador pedagógico da unidade da Saga Tatuapé e environment designer de Cyberpunk X-01. Na conversa Caio nos falou que o jogo é um plataforma com mecânica sides-croller, com influência dos jogos da serie Mega Man.

O game é ambientado em um mundo Cyberpunk em que a tecnologia avançada se mistura em todas as classes sociais. Nesse universo fictício, uma empresa robótica controla a tecnologia de inserção de chips em humanos e manipula a maioria das pessoas da cidade. Em contrapartida, uma série de movimentos sociais prós e contras essa tecnologia acabam surgindo, e cabe à empresa contratar mercenários para manter seu império. Algumas referências foram utilizadas na construção do jogo: o filme Blade Runner, por conta do submundo cyberpunk, e a série Matrix por conta da ambientação tecnológica.

A protagonista do jogo é April, que é contra a empresa robótica. Ao longo da aventura, April é traída pelo seu parceiro de anos de trabalho, e, em um certo momento ela terá de enfrentar os seus sentimentos de amizade e lutar contra o seu ex-amigo. Segundo Caio, inicialmente o projeto é somente acadêmico, mas conforme a aceitação do publico poderá ser lançado futuramente.

30 Days of War: The Ancient Battle

Ancient Battle (3)

Desenvolvido por uma equipe de 15 pessoas da Unidade Guarulhos, conversamos com Kleidson Rodrigues de Abreu, 27 anos, coordenador pedagógico da unidade de Guarulhos da Saga e também coordenador de projeto e trilha sonora do jogo 30 Days of War: The Ancient Battle.

É um jogo feito em top view, com cenário inspirado na cultura japonesa. A história central do jogo é em torno de duas irmãs. Nina, a personagem principal, perde sua irmã por conta de uma doença desconhecida e entra em uma jornada para salvar a alma dela, que foi aprisionada após a sua morte.

Sobre a Saga (School of Art, Game and Animation)

Escola livre de arte digital, oferece cursos criados para transformar jovens em profissionais qualificados e competitivos para o mercado de Computação Gráfica. Criada em 2003, inicialmente como uma escola de cursos de informática, reposicionou sua linha de atuação em 2008 (quando passou a se chamar Saga), e tornou-se escola referência em cursos de arte digital e animação. Tem 9 unidades (em São Paulo – SP, Guarulhos – SP,  Salvador – BA, Recife – PE, Brasília – DF e Belo Horizonte – MG) e já formou mais de 10 mil alunos.

Com reconhecimento internacional da Autodesk e Adobe, a Saga tem professores altamente qualificados, atendimento pedagógico, material didático impresso, laboratórios equipados com as mais avançadas ferramentas de software e equipamentos de última geração como mesas digitalizadoras e workstations com iluminação especial para desenho. Veja mais sobre a Saga no site da escola em www.saga.art.br

Galeria de fotos Anime Friends 2014

Fotos por Yukio Yamashita

Átila Graef

Comentários