Notícias

Minecraft: Microsoft compra Mojang por 2.5 bi

Confirmando rumores recentes, Mojang, o estúdio independente responsável por Minecraft, um dos maiores sucessos dos games, foi adquirido pela Microsoft pela quantia de 2.5 bilhões de dólares.

Owen Hill, porta-voz da Mojang, disse em um comunicado que a pressão pelo “funcionamento da empresa”, que gerou US $ 326 milhões em receita no ano passado, foi demais para os fundadores. Markus Persson (conhecido pelo seu nome de usuário, Notch), Carl Manneh e Jakob Porser estão deixando o estúdio. Mesmo assim, a Microsoft assegura os fãs do game de que isso não deve afetar em nada o suporte ao jogo.

Lançado em 2009, Minecraft tornou-se um fenômeno global e já vendeu mais de 50 milhões de cópias no PC, consoles e até smartphones.

No anúncio do acordo, a Microsoft afirmou que Minecraft havia sido baixado mais de 100 milhões de vezes no PC desde 2009 – um número que inclui os downloads gratuitos. No Xbox 360 os jogadores gastaram mais de 2 bilhões de horas somente nos 2 últimos anos.
Minecraft.02_090914
“All your base are belong to us”

Segundo declaração da Mojang, o foco da empresa será no apoio aos novos conteúdos e funcionalidades de Minecraft. “Minecraft continuará evoluindo, assim como tem sido desde o início de seu desenvolvimento. Não temos planos específicos para o futuro do Minecraft ainda, mas sabemos que todos os envolvidos querem que a comunidade continue crescendo pra tornar-se ainda mais surpreendente do que nunca. Parar de fazer coisas legais com os jogadores não é do interesse de ninguém“.

A Mojang também assegurou aos fãs que a compra não significa necessariamente que as versões do jogo rodando em plataformas não-Microsoft serão abandonadas.

Não há nenhuma razão para o desenvolvimento, vendas e apoio das versões de PC/Mac, Xbox 360, Xbox One, PS3, PS4, Vita, iOS, Android e versões de Minecraft pararem. Naturalmente, a Microsoft não pode tomar decisões para outras empresas ou prever as escolhas que eles possam fazer no futuro.

A Microsoft confirmou isso, dizendo que a empresa pretende continuar disponibilizando Minecraft em todas as plataformas atuais: PC, iOS, Android, Xbox e PlayStation.

minecraft_111413_1600

Abortar o desenvolvimento das versões de plataformas concorrentes as da Microsoft, poderia ajudar a empresa a impulsionar seu console Xbox One, que encontra-se numa posição desfavorável em relação ao rival PlayStation 4. No entanto, isso poderia ser recebido de maneira negativa pela comunidade de milhões de fãs do jogo.

“Nós vamos manter Minecraft e sua comunidade de todas as maneiras que as pessoas gostam de hoje, com o compromisso de cuidar e cultivá-la por muito tempo no futuro”, acrescentou Phil Spencer, chefe da divisão Xbox da Microsoft. “Quando o negócio se concretizar a Mojang vai estar dentro da Microsoft Studios, juntamente com os desenvolvedores do Halo, Forza, Fable e outras franquias” concluiu Spencer.

Vale lembrar que em Março deste ano, quando o Facebook comprou a Oculus V.R., Notch cancelou uma versão do jogo para a plataforma de games do Facebook simplesmente dizendo que “O Facebook me assusta”.

Continue ligado na vgBR para mais novidades sobre Minecraft e a aquisição do estúdio Mojang, pela Microsoft.

Átila Graef

Comentários