Análises

Análise – Kingdom Hearts HD 2.5 ReMIX

8.5
O caminho para Kingdom Hearts III
Kingdom Hearts HD 2.5 ReMIX une, de forma perfeita, 2 dos melhores títulos da franquia, oferecendo uma oportunidade para novatos conhecerem e uma chance aos mais experientes de jogarem as versões "Final Mix"

HD Collection ou Remaster

Para um grupo de jogadores é uma forma sacana das softhouses arrancarem algo mais ($$$) de você. Para outro grupo de jogadores, uma forma de (re)introduzir episódios antigos de uma franquia para uma nova geração, corrigir erros e preparar o mercado para a chegada de uma sequência.

Kingdom Hearts HD 2.5 ReMIX vem para pavimentar o caminho rumo à Kingdom Hearts III, oferecendo as versões completas (e inéditas fora do Japão) de Kingdom Hearts II Final Mix (PlayStation 2), Kingdom Hearts Birth by Sleep Final Mix (PlayStation Portable) e Kingdom Hearts Re:coded (Nintendo DS).

Enquanto Kingdom Hearts II Final Mix e Kingdom Hearts Birth by Sleep Final Mix mantém toda a estrutura dos originais, Kingdom Hearts Re:coded foi adaptado para contar apenas o enredo do game por meio de suas cutscenes, em uma resolução maior do que a possível na criação do título no portátil da Nintendo.

Gráficos

Houveram mudanças significativas? Sim, elas existem e não se limitam apenas em gráficos escalonados para alta definição.

kh25hdremix (15)O trabalho gráfico da Square Enix nesse departamento foi primoroso, apesar de ainda apresentar serrilhados todos os jogos da coletânea estão belos demais com cores muito mais definidas, modelos poligonais retrabalhados (no caso de Birth by Sleep, que originalmente era um jogo de PlayStation Portable e um certo aumento no tamanho dos modelos poligonais de Kingdom Hearts II Final Mix), campo de visão muito melhor devido ao novo formato HD, efeitos de luzes (que o jogador vai perceber logo no início de Kingdom Hearts II Final Mix, com o sol batendo no rosto de Roxas) e outras melhorias “cosméticas”.

kh25hdremix (4)

Enredo

Não pense 2x: comece sua experiência no game direto por Kingdom Hearts Birth by Sleep Final Mix.

O título lançado originalmente para PlayStation Portable é o começo de tudo no universo da franquia, 10 anos antes dos acontecimentos de Kingdom Hearts, mostrando uma Land of Departure aonde Terra e Aqua estão prestes a concluir seu Mark of Mastery para enfim se tornarem Keyblade Masters.

Apenas Aqua atinge os requisitos do Mark of Mastery, despertando assim a escuridão no coração de Terra e chamando imediata de Master Xehanort.

kh25hdremix (7)

Já em Kingdom Hearts II Final Mix, temos o mesmo enredo do original lançado para PlayStation 2: Roxas, um misterioso garoto com características parecidas com as de Sora e que empunha uma Keyblade, surge 1 ano após os acontecimentos de Kingdom Hearts e Kingdom Hearts: Chain of Memories.

E finalizando, temos Kingdom Hearts Re:coded recontando os eventos de Kingdom Hearts por meio de dados fragmentados da memoria de Sora.

kh25hdremix (8)

Caso seja um iniciante nesta franquia e queira entender toda a trama, aqui está a ordem cronológica para se jogar os principais títulos da franquia:

  • Kingdom Hearts Birth by Sleep
  • Kingdom Hearts
  • Kingdom Hearts 358/2 Days (Dias 1-24)
  • Kingdom Hearts: Chain of Memories
  • Kingdom Hearts 358/2 Days (Dias 25-27)
  • Kingdom Hearts: Chain of Memories
  • Kingdom Hearts 358/2 Days (Dias 28-358)
  • Kingdom Hearts II
  • Kingdom Hearts coded
  • Kingdom Hearts 3D: Dream Drop Distance

kh25hdremix (5)

Trilha Sonora

Em matéria de som a Square Enix nunca decepciona e não seria dessa vez, ela simplesmente resolveu regravar toda a trilha sonora de Kingdom Hearts II: Final Mix com instrumentos de verdade (o original era quase todo sintetizado) e o resultado é magnífico, é ouvir para crer.

Birth by Sleep: Final Mix não recebeu esse tratamento (com exceção de algumas faixas) mas o original já era excelente, músicas como Dark Impetus e Black Powder ficarão muito mais épicas com som vindo diretamente das caixas ao invés daqueles speakers fraquinhos do PlayStation Portable.

[tube]https://www.youtube.com/watch?v=wHRL-JfXhFQ[/tube]

Gameplay

Falando em PlayStation Portable, podemos afirmar que Birth by Sleep: Final Mix foi tranquilamente o mais beneficiado com a vinda para o mundo HD e dos consoles.

A utilização do Dual Shock 3 fez o controle de Terra, Aqua e Ventus ficar melhor do que nunca, podendo controlar a câmera com o analógico direito ao invés do controle confuso e limitados do portátil, dentre outras melhorias que só um controle de verdade pode proporcionar.

Um ponto do qual veteranos irão se confundir de início é que a Square Enix optou em deixar o layout da versão japonesa de Kingdom Hearts II para os botões de pulo e ataque. Tal confusão poderia ser evitada caso fosse oferecida uma opção de troca, o que não aconteceu aqui.

kh25hdremix (36)

Considerações finais

Kingdom Hearts HD 2.5 ReMIX une, de forma perfeita, 2 dos melhores títulos da franquia Kingdom Hearts, oferecendo uma oportunidade para novatos conhecerem e uma chance aos mais experientes de jogarem as versões “Final Mix”

O trabalho superou a qualidade apresentada em Kingdom Hearts HD 1.5 ReMIX, colocando novos efeitos de luz, modificações na engine e nos controles, músicas orquestradas e ainda um teaser, indicando que a softhouse está trabalhando na versão HD de Kingdom Hearts 3D: Dream Drop Distance.

Avatar

Comentários