ArtigosNotícias

NVIDIA na BGS 2015: Oculus VR e Project Cars 12k

Visitamos o estande da NVIDIA na Brasil Game Show 2015 e testamos algumas atrações que a empresa trouxe para o evento. Dentre elas a mais concorrida da feira: o NVIDIA VR Experience, que tinha filas de até 5 horas para jogar 2 demos com o Oculus Rift em uma de suas últimas versões.

Rodando no controle do Xbox One num PC equipado com Core i7 4790, Geforce GTX 980ti, 16gb ram e um SSD de 128 gigas, a experiência é simplesmente incrível. Essa configuração garantia a performance do demo, que rodava em 1080p e 60 FPS, com gráficos em 3D, o que aumentava a imersão, tornando tudo mais realista. Os óculos oferecem uma experiência completa onde você literalmente entra dentro do jogo e sua cabeça e olhos tornam-se o “segundo analógico”, que seria responsável por controlar a câmera num jogo comum.

Testamos um demo do Eve Valkyrie e essa foi uma das coisas mais impressionantes que já joguei até hoje. As reações você vê no vídeo acima. O segundo demo era Air Mech um tower defense bacana, que com o Oculus muda a sua forma de encarar o tabuleiro. Tudo fica mais intuitivo podendo usar o seu próprio campo de visão. Já havíamos testado o Oculus em sua segunda versão, mas a evolução é notória. Acabaram os problemas de enjoos, e o conforto e acabamento do produto estão muito melhores. É uma experiência incrível, que nos dá uma pequena noção do que a industria de tecnologia poderá nos proporcionar no futuro.

Eve Valkyrie é um dos títulos mais impressionantes com o Oculus VR
Eve Valkyrie é um dos títulos mais impressionantes com o Oculus VR

Outro grande destaque do estande da NVIDIA foi Project CARS rodando em 12k ou 4K Surround. Com uma configuração monstruosa que consistia em 3 GEFORCE GTX TITAN X de 12 gigas em SLI, um processador Core i7 5960X, 32gb ram ddr4 3333mhz e 3x Tv 4k 60hz com resolução de 4096×2160 essa é uma daquelas experiências difíceis de replicar em casa e valia encarar a fila.

Após conferirmos as novidades, fomos bater um papo com Richard Cameron, presidente da NVIDIA do Brasil. Na conversa, Richard falou um pouco sobre a participação da empresa na feira, o atual cenário de jogos no mercado nacional, as vantagens de se jogar no PC com o GEFORCE Experience e se ainda vale a pena investir em PC gamer diante da alta do dólar e da crise no Brasil.

Para mais novidades sobre a NVIDIA e PC Gaming continue acompanhando nossa cobertura da BGS 2015 aqui no vgBR.com.

Átila Graef

Comentários