Análises

Análise – Sword Coast Legends

8
Retorno do D&D clássico
Sword Coast Legends é um jogo simples e cativante. A história principal renderá 80 horas, além das infinitas horas de módulos e campanhas criadas por jogadores. Obrigatório para fãs de D&D.

“Vocês adentram uma caverna escura. O chão coberto de musgo dificulta o caminhar enquanto o som de gotas caindo do teto não deixa suas mentes pensarem. Ao virar a direita no corredor estreito vocês são surpreendidos por um estrondo. Ao fundo é possível observar dois goblins correndo em direção a vocês enquanto outro mistura poções enquanto gargalha. Poucos segundos depois ele arremessa um dos frascos causando um enorme estrondo na parede. O que vocês vão fazer?”

Quem já passou por essa experiência em uma partida de RPG de mesa (Tabletop); a de ter total controle do seu personagem e fazer exatamente o que você quer e ter como único limite a imaginação sabe o quanto é difícil ter essa sensação em um Game.

Pensando em trazer esta experiência para os gamers a Wizards of The Coast junto com a Hasbro, Digital Extremes e n-Space desenvolveu o aguardado Sword Coast Legends, um game que tem como missão trazer o mundo do Tabletop RPG para o mundo gamer. O jogo esta disponível através da Steam para Windows, Mac e Linux – Xbox One e PS4; as versões de console sairão mais tarde. A versão conferida é de Windows.

Character-Screen

O jogo se passa no universo de Faerûn, mais precisamente em Forgotten Realms. Para quem não conhece, Forgotten Realms é o mais famoso cenário de D&D. Lembram de Baldur’s Gate?  Pois é, fica em Forgotten Realms…e quanto a Icewind Dale, aquela região ártica? Sim também fica nos “reinos esquecidos”. Para quem já conhece a região a localização será fácil e várias localidades serão facilmente reconhecidas.

A “Sword Coast” ou “Costa da Espada” é uma região costeira (sim, juro!) onde habitam os mais diversos tipos de heróis, monstros e aventuras e cabe a você viver todas elas! Os cenários consistem de cavernas que antes eram prósperas em minérios e agora são covis de mortos vivos e seres das profundezas até castelos que foram atacados por monstros como o terrível Beholder!

Jogabilidade

Com controles simples e customizáveis Sword Coast Legends deixa você mais confortável ao assumir o papel de um herói que precisa ter suas habilidades na mão ou de um jogador único, o Mestre ou Dungeon Master. Ah… Esqueci de falar, né? Sword Coast Legends amplia o modo original de Neverwinter Nights, que apresentava a opção de você ser o Mestre, ou seja, criar e administrar suas próprias aventuras.

O que um herói realmente precisa? Seria Força, para esmagar seus oponentes? Destreza para conseguir se esconder antes que seus inimigos o percebam podendo assim surpreender o oponente? Alguns tem certeza de que somente com Inteligência seria possível dominar as mais diversas e poderosas magias e com isso subjugar facilmente seus oponentes. Há também quem afirme que nada é impossível se você servir alguma divindade, para isso basta ter a Sabedoria de ouvir o chamado.

SCL_Duergar_Stronghold_1

O jogo começa na criação de seu personagem onde muito mais que traços e cores serão definidos. Aqui você poderá optar entre ser um feroz Guerreiro; um ágil Patrulheiro que além da arte do arco e flecha sabe manipular muito bem duas espadas; um Mago que domina os elementos e até a mente de seus inimigos; um Paladino, o guerreiro de fé que luta para combater as forças do mal e se você estiver se sentindo espirituoso, por que não se aventurar como um Clérigo que além de ajudar o grupo com suas magias de suporte consegue derrotar hordas de mortos vivos? Agora caso você seja como eu, vai preferir andar nas sombras e surpreender aquele inimigo desavisado com toda a astúcia de um Ladino. Apesar de essas classes serem as únicas disponíveis por enquanto, já nos foi confirmado que futuramente novas classes serão adicionadas, tais como o Bárbaro; o Bardo e o Druida.

boxArt3dDepois de escolher sua classe, você escolher uma dentre as cinco raças disponíveis (infelizmente o famoso meio Orc não é uma delas, ainda). Cada raça possuiu bônus específicos de atributos e algumas delas dão até habilidades extras, como o Elfo que ganha habilidade de usar arco e flecha bem como espada longa, independente da classe! As raças disponíveis são: Humano, Meio Elfo, Elfo, Anão e Halfling (o famoso Hobbit). Futuramente podemos esperar novas raças como o meio Orc e o Gnomo.

A customização começa desde a distribuição dos atributos iniciais; background (o que seu personagem fazia antes de se tornar o que é),alinhamento, até a escolha da divindade que seu personagem tem fé, se é que existe uma. E o jogador pode continuar customizando seu personagem nos níveis subsequentes desde a distribuição de atributos até a aquisição de novas habilidades que estão dispostas em diversas árvores, cada uma com um aspecto característico.

Além disso, existem diversos tipos de armas e itens mágicos (como armas e poções) que adicionam status e bônus ao seu personagem.

Acessando como Jogador (Player) você pode criar uma sessão em qualquer um dos submodos que comportará até 4 jogadores. A diferença é que no modo Dungeon Crawl os jogadores exploram um local e podem ter no máximo até quatro missões. No modo Campaign/Module os jogadores podem jogar buscas maiores, com diversas localidades para exploração e um enredo por trás da aventura. O interessante aqui é que existem diversas aventuras criadas por membros da comunidade. Então se preparem, pois são muitas, muitas aventuras mesmo!

SCREEN_SCL_DM-Mode_2

O modo Mestre conta com os mesmos submodos, mas o diferencial aqui é que você fará o papel do “computador”; ao invés de jogar com seu herói você controlará – em tempo real; a disposição de monstros, armadilhas, mobília, tesouros, passagens secretas e até poças de sangue! É possível também colocar textos e até determinar certas ações, como adquirir um objetivo secundário como derrotar 10 goblins. A cada partida jogada, você será avaliado pelos jogadores que participaram da sua aventura. O legal é que Módulos e Campanhas criadas aqui, podem ser baixadas e jogadas por qualquer player ao redor do mundo.

O jogo favorece também o Role Play dos personagens já que é possível se comunicar via voz dentro do jogo ou até escrever pelo seu personagem utilizando o comando “/say” ou “/s”.

Leia nossa entrevista com o diretor do game, Dan Tudge.

Beholder é um dos inimigos clássicos de D&D presentes em Sword Coast Legends

Som

A trilha sonora é muito bem trabalhada e em determinados momentos você se sente como um personagem em algum filme como “Lord of the Rings“. Para imersão no jogo as vozes de personagens; efeitos de golpes deferidos e magias conjuradas; armaduras; armadilhas sendo ativadas e até o último suspiro de seus inimigos deixam a experiência de se explorar um calabouço muito mais viva. E o melhor, com uma trilha sonora boa assim você nem vê o tempo de jogo passando!

SCL_ChapterHouse_Bridge

Gráficos

Eu estava me perguntando sobre os gráficos enquanto jogava, refletindo sobre minha opinião até que reparei na sombra de um guerreiro esqueleto se movimentando na parede, acompanhando seu dono que se aproximava do meu personagem. Nessa hora eu pensei: “É…os gráficos são bem detalhados mesmo!”. O mais legal de se jogar Sword Coast Legends é que depois das partes de ação você ainda perde um bom tempo examinando cada local da sala, pois são tantos pequenos detalhes, como esculturas esculpidas na parede e poças enormes de sangue no chão, o musgo que cobre as paredes.

Apesar de estar longe de um título AAA, o jogo tem sua beleza e nota-se o trabalho bem feito na modelagem dos inimigos e cenários. Ver a sombra do inimigo andando pela parede e passando pelo estandarte que balança conforme a batalha é travada no salão, não tem preço!

Quase um 20 natural

Sword Coast Legends consegue cumprir sua missão. A sensação de estarmos jogando uma sessão de Tabletop RPG existe (dá até para acompanhar quanto você tirou no d20!) e vai desde a criação dos personagens até se aventurar em alguma missão como descobrir o que aconteceu com Mr. Pigley.

É um jogo simples e cativante. A história principal renderá 80 horas e além disso, as infinitas horas de módulos e campanhas criadas por jogadores são um ponto extremamente forte.

Para quem gosta de Dungeons & Dragons e estava carente de um RPG isométrico ao estilo de Baldur’s GateSword Coast Legends é obrigatório!

Recomendações do Sistema

Mínimo
Sistema Operacional: Windows XP SP3 ou superior
Processador: Intel Core2 Duo E7500 ou equivalente
Memória: 3 GB RAM
Placa de Vídeo: HD Intel Graphics 5100 ou NVIDIA® GeForce® 9800 GTX+ (768 MB) ou ATI™ Radeon™ HD 4850 ou equivalente
DirectX: Version 9.0c
Hard Drive: 20 GB de espaço livre.
Recomendado
Sistema Operacional: Windows 7 or superior
Processador: Intel i5 2400 ou superior
Memória: 8 GB RAM
Placa de Vídeo: NVIDIA® GeForce® GTX 750 1GB ram ou ATI™ Radeon™ HD 6970 ou superior
DirectX: Version 9.0c
Hard Drive: 20 GB de espaço livre
Utilizado neste Review
Sistema Operacional: Windows 8
Processador: Intel i7 3770
Memória: 16 GB RAM
Placa de Vídeo:  GeForce® GTX 680 2GB
João Barros
Últimos posts por João Barros (exibir todos)

Comentários