Análises

Análise – Gravity Rush Remastered

8
Remaster de verdade
Gravity Rush Remastered é um ótimo game de ação/aventura com elementos de RPG, com mecânica muito original e dificuldade moderada. Altamente recomendado!

Lançado originalmente para o portátil PS Vita, Gravity Rush Remastered é, como o próprio nome diz, uma versão remasterizada para o PlayStation 4.

O original foi um sucesso de crítica, não de vendas por causa da pequena base instalada do portátil da Sony. Mas com esse remaster a empresa visa crescer a base de fãs para essa ótima franquia e também promover a sequência que deverá sair ainda em 2016.

Mas do que se trata Gravity Rush? Nesse game as leis da física não se aplicam, pelo menos quando falamos da nossa heroína Kat.

História

gravity rush remastered (11)

Gravity Rush se passa num mundo fictício onde Kat conhece um gato mágico posteriormente apelidado apenas de Dusty que lhe concede o poder de controlar a gravidade a bel prazer, com isso Kat; que perdeu a memória, tenta de todas as formas dar uma guinada em sua vida e ajudando as pessoas como pode.

Logo no começo ela encontra uma mulher misteriosa chamada Raven. Ela tem o mesmo poder que Kat (no caso concedido por um corvo). Ambas passaram a ser chamadas de Shifters pelos moradores de Hekseville, que por sinal é uma cidade voadora.

A história de Gravity Rush é uma viagem, dividida por capítulos e é contada através de uma espécie de quadrinhos, lembrando um pouco o estilo de Phantasy Star IV nas cutscenes. No geral o enredo é leve e cheio de reviravoltas.

gravity rush remastered (12)

Gráfico

O trabalho nesse departamento ficou primoroso e o jogo está rodando muito melhor que no PS Vita a fluídos 60 FPS com todo um trabalho de texturas refeitas que realmente deixou o game com uma cara de jogo da geração atual. Foram adicionado diversos pontos de luz e um trabalho realmente bacana quanto a sombras.

A arte do game favoreceu demais também. As 4 cidades onde se passam as aventuras de Kat são bem distintas com tonalidades pastel que transmitem com exatidão a atmosfera de cada região. Falando em arte as cenas de corte em estilo comics são muito belas e os desenhos dão um charme diferente pois estamos muito habituados hoje em dia com cenas em tempo-real usando modelos in-game mas nesse jogo não ficaria interessante, até pensando no hardware original.

Som

Outro aspecto impecável de Gravity Rush, que fica devendo apenas pela falta de uma dublagem contando apenas com raras cenas onde as personagens conversam usando um idioma próprio (pense em Panzer Dragoon Saga).

Já a trilha sonora é um primor, totalmente composta pelo veterano Kohei Tanaka que compôs para games como Alundra e Sakura Wars. Temos uma trilha extensa se equiparando a muitos RPGs inclusive.

Faixas como Discovery of Gravitation e Old Town refletem bem uma passagem musical melancólica pelo universo do game onde o Jazz clássico toma conta e cria uma identidade muito forte fazendo que as músicas não saiam da sua cabeça mesmo depois de desligar o console.

gravity rush remastered (10)

Jogabilidade

Kat tem controle sobre a gravidade mas o que isso significa na prática? Toda a estrutura do jogo é baseado nesse sistema onde com um pressionar de botão nossa heróina passa a flutuar e apertando novamente elá é arremessada de um lado por outro através de uma força invisível.

Parece difícil de entender lendo dessa forma mas a maneira que o controle foi desenvolvido é um dos mais originais dos últimos tempos. É realmente vertiginoso ver Kat caindo de alturas impressionantes e “freando” em pleno ar para depois dar uma voadora em um inimigo. Os limites são basicamente impostos pelo próprio jogador e a criatividade de como se safar de uma situação qualquer fica sob responsabilidade do mesmo.

gravity rush remastered (9)

No original dava para controlar Kat no ar usando a tecnologia do acelerômetro do PS Vita, algo também possível no Remastered mas não é recomendado já que é quase impossível fazer algumas manobras usando motion control. A opção de usar analógicos é a melhor alternativa mesmo.

O game consta com um sistema de combate bem interessante que incorpora legal todo o lance de gravidade, permitindo manobras como voadoras a distâncias enormes e até arremesso de objetos no maior estilo Gravity Gun de Half-Life². Porém não espere algo muito robusto. Ele é bem básico mas cumpre seu papel. Algumas batalhas contra chefes são de tirar o folego, e realmente não deixam o jogador piscar.

gravity rush remastered (8)

Veredito

Gravity Rush Remastered é a versão definitiva de um ótimo game que muita gente deixou passar. Merece ser jogado por todos que curtem um jogo de ação/aventura com elementos de RPG, e é um título muito original com uma dificuldade moderada. Altamente recomendado!

David Signorelli

Comentários