Notícias

Análise – Digimon Story: Cyber Sleuth

8
Melhor jogo da série
Excelente RPG com uma progressão agradável, dificuldade moderada, interface competente e uma infinidade de coisas para fazer.

Digimon Story Cyber Sleuth para PS4 é um RPG produzido pela Midia Vision (responsável pela série Wild ARMS nos consoles da Sony, Shining Resonance (somente japonês) e Chaos Rings nos mobiles), e distribuído pela Bandai-Namco.

Lançado em comemoração aos 15 anos de Digimon, tanto as séries animadas como o OVA Digimon Tri, quanto esse último jogo estão com uma qualidade audio-visual surpreendente e cheio de valor agregado para a base gigantescas de fãs pelo mundo todo.

História

Ambientado no Japão contemporâneo, você, um jovem (ou uma jovem) que participa de uma comunidade online chamada EDEN como qualquer outra pessoa, se vê numa situação complicada durante um dos encontros online, sendo forçado a adentrar um ambiente hostil através de um “convite”, ou seja, uma ameaça de um suposto hacker.

digimon (2)

EDEN é um ambiente online onde pessoas podem passar o tempo, se divertir e até trabalhar, porém é um local onde esconde segredos obscuros e perigos que afetam diretamente o mundo real.

Durante a exploração inicial ao subespaço dentro de EDEN (kowloon), você é introduzido aos programas que ali residem, os Digimons, tornando você posteriormente uma pessoa capaz de controlar certas características do ciberespaço e apto consertar o balanço e resolver casos, denominando-se como um hacker e um Cyber Sleugh, uma especie de ajudante de detetive para desvendar os mistérios e descobrir a verdade por trás desse universo.

Jogabilidade

Digimon Story Cyber Sleuth é um RPG de turnos tradicional, focado muito no enredo e no desenvolvimento dos Digimons como membros do seu grupo.

Você ficará a disposição de uma infinidade de monstrinhos que poderá recrutar e digivolver logo no inicio do jogo. O que chama a atenção logo que você se depara com o primeiro Digimon é a fidelidade do modelo e a fluência das animações desses personagens, certamente deixa qualquer fã da série com um sorriso bobo no rosto. De inicio você poderá fazer a escolha entre 3 principais. Escolhi o Terriermon (Apelidado pelo próprio jogo de Animal com Aparência extremamente fofa) porque, alem de muito carismático, era meu Digimon favorito no anime Digimon Tamers.

digimon (3)

Seu personagem principal dispõe de algumas habilidades que vão habilitando a medida que você progride na história, como desbloquear algumas barreiras nas dungeons que dão acesso a outras área, redução de encontros com os inimigos, forçar inicio de batalha, etc., fazendo que você sempre queira voltar para as dungeons antigas e catar o que ficou para trás ou o que você previamente não poderia.

Falar de um sistema de batalha com uma complexidade que tem esse jogo é até complicado, mas eu vou tentar resumir e explicar da melhor forma possível como funciona.

Digimon Cyber Sleuth, como dito anteriormente, tem uma infinidade de Digimons que você pode recrutar e, tendo isso em vista, as possibilidades para criar uma equipe eficiente é igualmente comparável a fazer um desastre de grupo de batalha.

digimon (4)

Cada digimon tem um atributo base elemental e um outro atributo que funciona como um pedra, papel e tesoura, influenciando e muito no resultado de qualquer batalha no jogo. O jogador terá que pensar muito na hora de digivoluir seus companheiros ou até mesmo de-digievoluir eles, para se adequar alguns tipos de inimigos e chefes. Para agregar ainda mais a complexidade (e ao fator diversão do jogo), você poderá transferir algumas habilidades entre os digimons dependendo da forma que você os cria ou treina eles, seja levando-os para as dungeons ou deixando-os nas Farms, que é mais um recurso interessantíssimo do game.

Você conseguirá fazer digievoluções avançadas como digievoluções de DNA, dentre outros, o que remete muito a segunda temporada do anime, Digimon Adventure 02.

digimon (12)

A Digimon Farm é um local onde você pode deixar os digimons que recrutou para treinar (ganhar level), buscar itens ou até mesmo ir atrás de novas quests para serem aceitas posteriormente.

Nas fazendas você pode definir um líder e colocar a sua característica psicológica e influência sobre os demais Digimons, geralmente, os com menos levels ou de hierarquias inferiores.

Dentro deste mesmo local, onde está a Digimon Farm, também encontram-se:
Arena Online, para travar batalhas com outros jogadores em ranked matches
Uma loja para comprar upgrades para seus monstrinhos
Mirror Dungeon, que lhe permite visitar dungeons antes exploradas (exceto Kowloon)
E o banco de Digimons, onde você pode evoluir eles para outros monstros, melhorar os status, etc.

digimon (5)

O andamento do jogo se baseia em quests opcionais e eventos de história, como a maioria dos RPGs japoneses de hoje em dia, então você terá sim as quests que são missables, as quests que necessitaram de alguns requisitos para fazer e, por ultimo, as quests de história.

De modo geral, é muito gostoso caminhar pelas localidades e navegar pelos menus limpos. Para quem não quer se frustrar com interfaces complicadas, esse jogo é um bom jogo para você.

Gráfico e Som

Eu sou suspeito para falar de gráficos, eu tenho uma particularidade muito grande quando se tratam de detalhes e interface bonita. Tecnicamente, Digimon Cyber Sleuth pode não ser o jogo com o gráfico mais lindo que tem no aparelho, mas com certeza é um dos que tiveram maior carinho nos detalhes de
cenário e em todos os 500 Digimons que tem ali dentro. Incrível é a palavra que eu usaria para definir o gráfico desse jogo, a qualidade da animação e riqueza nos detalhes, juntamente com a fidelidade maravilhosa nos personagens.

digimon (11)

O jogo conta muito com o bom gosto e clareza. A expectativa que o jogador tem de encontrar um novo Digimon é indescritível. Eu sou um fã da série, me via falando os nomes, observando apenas a silhueta preta na hora de digivoluir eles, ou antes de aparecer o nome durante os encontros, tanto aparência fisica quanto a voz de cada um desses personagens é muito fiel mesmo a série animada. Realmente um ótimo trabalho que vai agradar os fãs da série.

Sobre a trilha sonora, efeitos sonoros e demais aspectos do gênero, eu não tenho o que reclamar. São super competentes, o compositor Masafumi Takada fez um excelente trabalho. Ele é responsável por fazer algumas músicas de jogos como Kid Icarus: Uprising, alguns Beatmania IIDX e séries animadas como Danganronpa e Danganronpa 3. Então eu gostei bastante do que eu ouvi até agora, uma puxada mais contemporânea dando um ar mais profundo por ambientes tecnológicos e de grandes cidades. Tema de batalha normal e de chefes são ótimos!

digimon (1)

Conclusão

Excelente RPG! Para quem tem um PS4 ou PSVita é, sem dúvida, uma excelente pedida. Jogo que tem uma progressão muito gostosa, dificuldade moderada, interface maravilhosa de se navegar e uma infinidade de coisas para se fazer. Embora estejamos falando de Digimon, a história tem uma pegada super séria e certamente vai lhe prender até o fim da aventura, e se você é fã da série, vai gostar ainda mais!

Fábio Kraft
Últimos posts por Fábio Kraft (exibir todos)

Comentários