Análises

Análise – Blade Arcus from Shining Battle Arena

4
Muito simples
BLADE ARCUS from Shining Battle Arena não tem muito enredo, a jogabilidade é simplória e os gráficos não ajudam. Infelizmente o título deixa muito a desejar.

BLADE ARCUS from Shining Battle Arena é um game de luta 3D/2D com os personagens dos games Shining Blade e Shining Hearts.

Lançado anteriormente no oriente pelo Studio Saisenzen e a Degica, o jogo chega ao Ocidente para o Steam nos PCs.

O enredo é simples e assume que você conheça os personagens, não explicando origens tampouco o que são cada artefato. A trama gira ao redor das orbs que necessitam ser capturadas de volta, pois nas mãos erradas podem trazer problemas catastróficos.

O vilão é Isaac, excêntrico que usa as orbs para fins maléficos, como por exemplo colocar pessoas sob seu domínio.

O game conta com 16 personagens jogáveis o que de cara passa uma boa impressão, mas que infelizmente fica só na impressão.

O sistema do combate é simples: uma melhor de cinco entre dois personagens principais. Os jogadores podem escolher um personagem de suporte, que ficará esperando suas chamadas, que gastam uma barra cada uma. Infelizmente esse sistema não é nada original e tampouco útil durante as batalhas.

Os personagens tem uma gama extremamente rasa de movimentos. Cada um tem dois movimentos únicos e os combos acontecem apenas com movimentos básicos. Você tem um golpe fraco, médio e um forte, porém nenhum deles disponibiliza um sistema de combos. São todos golpes de finalização, sobrando apenas usar os movimentos únicos e o especial, que utiliza uma barra.

É jogo é realmente simplório e fácil. Qualquer jogador que pegar com menos de cinco minutos terá aprendido todos os movimentos disponíveis do personagem. A CPU não apresenta dificuldade nem nos últimos níveis, sobrando apenas o modo multiplayer para perder algumas horas.

O modo história segue o padrão aqui, bastante simples com diálogos seguidos de lutas. Uma trama que o jogador não se importa com um desenrolar e conclusão menos importantes ainda.

Os personagens e o cenários são modelados em 3D, porém o estilo de luta é de um jogo 2D. Infelizmente o visual é atrasado e jogos como Guilty Gear Xrd conseguem ser mais bonitos. Ainda temos as concept-art nos diálogos, uma das poucas coisas realmente bonitas do game, seguindo o padrão dos animes e jogos inspirados.

BLADE ARCUS from Shining Battle Arena (5)

Talvez o único ponto forte do jogo seja a trilha sonora e os dubladores originais. Os atores japoneses fizeram um ótimo trabalho na dublagem e aqui temos um show que demonstra isso perfeitamente contando com dubladores famosos, como Kazuya Nakai, o dublador de Zoro do anime famoso One Piece entre outros.

No geral, BLADE ARCUS from Shining Battle Arena é um jogo que não vale a pena. O título é feio, simplório e raso. Tinha potencial mas deixa muito a desejar.

Pedro Kakaz
Últimos posts por Pedro Kakaz (exibir todos)

Comentários