Análises

Análise – Valentino Rossi: The Game

Recomendado somente para fãs de Moto GP
Recomendado para os amantes do gênero. Jogadores que queiram se arriscar nas duas rodas podem se frustrar com a dificuldade que não abre portas para os iniciantes.

Valentino Rossi: The Game é um simulador de corridas de motos baseado na temporada 2016 da série Moto GP, desenvolvido e distribuído pela Milestone S.r.l.

O game segue a fórmula de simuladores do gênero da série Moto GP dos anos anteriores, dessa vez com o nome de um grande piloto no título.

O modo carreira em si é um dos destaques, focado inteiramente na carreira de Valentino Rossi, 9 vezes campeão do mundo. Na pele do piloto, o jogador encara uma série de 20 desafios, de sua primeira corrida em 1996 até 2015. Durante o campeonato, Valentino irá pedir-lhe para participar de diferentes eventos, como drifts em duas e quatro rodas, rally, flat track e desafios R1M, afim de melhorar suas habilidades.

O sistema de melhorias é bem interessante, baseando-se em como você se portou nas corridas, a quantidade de freadas, as curvas, os acidentes, sua precisão é contabilizada como pontos que são adicionados automaticamente ao final de cada corrida. Para otimizar seus resultados você precisará melhorar sua moto com as opções de personalização. Aqui muitas referências técnicas para quem entende do esporte, permitem ajustes na moto em detalhes, mexendo nos freios, guidão, suspensão, carenagem, etc.

Como nos jogos anteriores, um modo multiplayer básico está presente, além do bom e velho tela dividida local, mas nada que mereça certo destaque.

Valentino Rossi The Game (21)

Os gráficos são o ponto fraco de Valentino Rossi: The Game. Não é que o jogo seja feio mas ao compará-lo com jogos como F1 2016, Forza Horizon 3 e outros grandes títulos de corridas, parece que os jogos de moto nunca recebem o mesmo tratamento que os jogos de carros. No geral as texturas são boas e a ambientação é aceitável, porém os efeitos de partículas, nos climas diversos, deixam a desejar.

O jogo está completamente dublado e localizado no português do Brasil, o que facilita muito o entendimento dos jogadores brasileiros.

Outro ponto complicado é a dificuldade. Simuladores de moto são complexos e os jogos da série Moto GP sempre trazem dificuldade elevada, deixando os novatos sempre para trás. Jogadores iniciantes terão que mostrar habilidade de freio e aceleração precisas para fazer as curvas mais fechadas. Eu mesmo cai diversas vezes com a moto como você pode acompanhar no vídeo que fizemos de gameplay abaixo.

Valentino Rossi The Game (3)

Prós:

  • Recheado em aspectos técnicos e customização para os fãs do esporte.
  • Dublagem e legendas em português. Ótima localização.

Contras:

  • Graficamente simples se comparado aos simuladores de carros
  • Falta de seleção de dificuldades aliada a dificuldade elevada vai afastar muitos jogadores.
Pedro Kakaz
Últimos posts por Pedro Kakaz (exibir todos)

Comentários