IndieNotícias

Maize – Análise

FPS no milharal
Entre a comédia e o mistério, Maize tem uma premissa diferente. É um game diferente que intriga e diverte com inimigos interessantes e uma pitada precisa de sarcasmo.

Maize é um game de aventura em primeira pessoa desenvolvido pela e distribuído pela Finish Line Games.

Dois cientistas interpretaram mal um memorando do governo dos Estados Unidos e criaram vida a partir do milho: espigas gigantes de milho vivas. O game envolve tudo que roda entorno desse acontecimento, o jogador está numa fazenda abandonada e cabe a ele solucionar mistérios e puzzles para descobrir o que de fato está acontecendo.

No game podemos andar e correr, mas não podemos pular. Durante a aventura coletamos objetos para serem usado em determinados locais. A dinâmica gira em torno dos objetos que coletamos e onde iremos usa-los, é uma espécie de puzzle que permeia todo o gameplay. Pegaremos uma chave que abre determinada porta, uma madeira que irá derrubar um armário e dar espaço a uma passagem escondida e etc, fora os mistérios como desenhos espalhados por todo o local que significam algo.

O legal do game é que tudo aparentemente tem um significado oculto, desenvolvendo o enredo e o mistério, envolvendo o jogador na trama. Desde as aparições dos milhos ou a ambientação em um milharal.  O nome Maize lembra a palavra lembrar Maze (labirinto), pois essa é a sensação que temos o decorrer do gameplay: estamos enfiados em um labirinto de perguntas e respostas, o tempo todo.

Os gráficos não são lindos mas nada que irá prejudicar a jogatina. Muito bem iluminado a maior parte do tempo, as texturas e personagens são bem caricatos, quase cartunescos, tudo puxando para o ridículo. Porém a trilha sonora ao contrário é interessante, motivando o jogador a avançar sob uma premissa de mistério (e até terror).

Entre a comédia e o mistério, Maize chega em um ponto novo, algo fora da curva. Os personagens que conhecemos são diferentes e loucos: amigos e inimigos interessantes demais e ao mesmo tempo com uma pitada precisa de sarcasmo.

maize-3

É um game diferente que intriga e diverte, me roubou boas horas e me fez confabular um pouco.

Prós

  • Diferente e intrigante
  • Trilha sonora memorável

Contras

  • Demora a engrenar
  • Gráficos ultrapassados
Pedro Kakaz

Comentários(2)

  1. Avatar

    Poderia informar para quais plataformas os jogos são.

  2. Luiz Rafael

    Parece ser multiplataforma, mas certeza mesmo que achei foi no Steam.

    http://store.steampowered.com/app/284240?l=portuguese

    Acredito que saia mais além para consoles.

Comentários