Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR | 19 de junho de 2019

Ir para o topo

Topo

Sem Comentários

e-Sports: Pesquisa inédita revela o perfil gamer da América Latina

e-Sports: Pesquisa inédita revela o perfil gamer da América Latina
Vitória Morais

Seeds Market Researc em parceria com a agência FD Comunicação, especializada em games e e-Sports produziu uma pesquisa inédita mostrando que mais da metade dos gamers da América Latina acompanham competições de e-Sport. A pesquisa é a primeira a abordar a América Latina em conjunto com o Brasil, mapeando os perfis dos gamers de quatro países: Brasil, México, Colômbia e Chile.

Quase a totalidade dos fãs (91%) acompanham os e-Sports pela internet. Pela televisão são 29% dos espectadores – afinal, há alguns canais como a ESPN e a SporTV 2 que transmitem jogos; e apenas 9% presencialmente nos locais do evento. E, ao contrário do que se pode imaginar, a maioria deles (45%) assiste acompanhada dos amigos.

Para jogar, o computador ainda é a plataforma preferida de 74% dos fãs, mas os smartphones e tablets estão bem perto em segundo lugar, preferido por 67% dos gamers. Os consoles aparecem apenas em terceiro, com 53%. Esta é uma tendência que se repete em todo o mundo. Com o crescimento das plataformas mobile, não é surpresa que disputas de e-Sport mobile também estejam crescendo, como já acontece com Free Fire e Honor of Kings na China, por exemplo.

Aliás, a pesquisa também abordou os games preferidos dos fãs de e-Sports latino-americanos. League of Legends permanece como a modalidade mais popular dos games competitivos, assistido por 44% dos gamers latinos, e Fortnite, que aparece em segundo entre toda a América Latina (com 39%), tem preferência de apenas 28% dos brasileiros.

Há muitas oportunidades para expandir a audiência de e-Sports no Brasil, já que 48% dos gamers ainda não acompanham jogos competitivos. Entre os que acompanham, 41% deles assistem partidas profissionais uma vez, ou menos, por mês.

A pesquisa foi realizada com 2221 gamers do Brasil, México, Colômbia e Chile, entre 30 de julho e 14 de agosto de 2018. Uma versão gratuita do relatório está disponível no site da FD Comunicação neste link.