Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

vgBR | 18 de julho de 2019

Ir para o topo

Topo

Sem Comentários

Earth Defense Force: Iron Rain – Análise

Earth Defense Force: Iron Rain – Análise
David Signorelli

Review

Nota
6
6

Mais do mesmo

Apesar da engine melhorada, o game não teve muita evolução. Os fãs da série encontrarão aqui um spin-off mais polido do que a maioria dos jogos da franquia, mas no geral a mecânica é a mesma de sempre.

Não faz muito tempo que a última versão de jogo dos “defensores da terra” saiu para o PlayStation 4. Earth Defense Force 5 foi considerado um dos melhores jogos da franquia e obteve um relativo sucesso na sua terra natal.

Earth Defense Force: Iron Rain é um spin-off que trouxe poucas novidades e não foi desenvolvido pelo time original, mas pelo estúdio Yuke’s, conhecido por trabalhar em cima da propriedade da liga de luta-livre japonesa (New Japan Pro Wrestling).

EDF! EDF!

Earth Defense Force: Iron Rain tem a mesma estrutura de jogo que os demais títulos da franquia. Mais uma vez uma invasão alienígena está em andamento; e você e sua equipe são enviados para impedir isso. Isso se desenvolve em um jogo de tiro em terceira pessoa “sem bobagens”, com um cenário de filme B. Portanto, não espere uma jogabilidade inovadora, porque simplesmente não existe. É simplesmente aparecendo para matar todos os insetos e vários monstros que cresceram fora do nosso planeta. Você tem armas diferentes à sua disposição e quanto mais longe você for, maior o arsenal que você pode escolher.

A Yuke também tentou de maneira diferente atrair os jogadores ocidentais. Agora você pode criar seu próprio personagem e Iron Rain ganhou algumas influências de looter shooter. Você gradualmente recebe mais e mais armas e tal que você pode escolher e isso é legal. Você também pode usar um terno diferente por missão, cada um com suas próprias vantagens e desvantagens. Então você tem uma roupa que você pode voar por um certo tempo, mas isso torna você mais vulnerável. Você também tem um traje que absorve balas como um bobão, mas com o qual você é um pouco mais lento. Há também muitas opções para ajudá-lo, como veículos ou torres que podem ajudá-lo. Estes, naturalmente, custam dinheiro para comprar, mas também para usar. Você não pode usar esses tipos de recursos sem restrições.

O que também é bom é que as várias missões em Iron Rain acontecem em vários ambientes. É claro que é bom que você não visite constantemente as mesmas áreas, mas é uma pena que as áreas nem sempre se encaixem. Há níveis para jogar em que você acaba em corredores subterrâneos e que não só parece muito chato, mas também garante que a ação é consideravelmente reduzida. Isso ocorre porque esse ambiente consiste principalmente de corredores e há muitos momentos em que você está apenas caminhando. Felizmente, as outras áreas são muito mais extensas e trazem mais ação. As missões em si são geralmente boas, mas existem algumas discrepâncias entre elas que são muito divertidas ou muito chatas.

Aquela quantidade absurda de inimigos na tela ainda é presente em Iron Rain, porém consideravelmente em menor quantidade se comparado ao jogo anterior e isso se deve especialmente ao tratamento gráfico que essa versão recebeu, não teria outro motivo.

Quando você se cansar do modo cooperativo online de seis jogadores (que inclui tela dividida para dois jogadores também), o novo multiplayer competitivo Mercenary coloca dois times de até quatro soldados um contra o outro para explodir insetos gigantescos e acumular o precioso dinheiro. gemas de energia em uma corrida de primeiro a três sets. Cada jogador começa com os mesmos pools de armas e armas, e quer seja recebendo melhorias de handicap após a morte ou coletando caixas de itens verdes, pode atualizar seu arsenal para as armas verdadeiramente especiais pelas quais a EDF é conhecida. Não é um modo que eu levaria a sério, mas ser capaz de experimentar um jogo de tiro competitivo com o conjunto de armas EDF é uma diversão muito divertida, se nada mais.

Iron Rain detém o título de ser certamente o mais bonito jogo da série até à data. O que antes era um título de orçamento no PS2 se tornou um jogo de ação de nível AA que certamente parece melhor do que a série numerada que o inspirou. É uma visão diferente da progressão e da variedade de missões, mas há a base para o que poderia ser uma ótima segunda série da EDF para os jogadores investirem algumas centenas de horas.

Não poderia deixar de mencionar a falta de vontade dos dubladores desse jogo, eu jogava dando tanta risada que parecia estar rodando um jogo dublado do começo dos anos 90 no meu PlayStation 4, tamanha a cretinice, deu uma enorme nostalgia. Uma pena que a trilha sonora sem empolgação não consegue embalar as partidas épicas que travamos no mundo de EDF.

VEREDITO

Earth Defense Force: Iron Rain traz um novo sistema de classes que muda todo o progresso, melhor a personalização e a engine gráfica, sendo em sua maioria positivos, entretanto para melhor ou pior não é um capítulo inovador, mas um pequeno passo para atualizar a fórmula da série EDF que praticamente atingiu o teto e não pode mais ser espremida.

Os fãs ao longo da vida irão desfrutar muito de um spin-off que é mais polido do que a maioria dos jogos principais da franquia, enquanto os que estão “em cima do muro” dificilmente verão motivo para mudar de idéia.

Pros

  • Gráficos atualizados finalmente
  • A fórmula ainda diverte bastante
  • Multiplayer com tela dividida sempre é um ponto a ser salientado nos dias de hoje

Cons

  • Jogo meio desnecessário, podia ter sido lançado mais pra frente
  • Algumas fases meio chatas
  • Musicalmente sem carisma
David Signorelli

David Signorelli

Amante de jogos japoneses, foi responsável por derrotar os Weapons de Final Fantasy VII que iriam afundar a Ilha da Rainha da Morte, conhecida como Florianópolis. Se arrepende disso até hoje.