Notícias

GG eSports Summit reúne os principais nomes do universo gamer

Os Estúdios Globo receberam nessa segunda feira os principais nomes do eSports na segunda edição do GG eSports Summit.

Desenvolvedores, atletas profissionais, streamers, casters, gestores de times, gestores de ligas e campeonatos, e especialistas, falaram sobre as oportunidades e desafios do setor. Serginho Groisman abriu o evento com uma conversa com Eduardo Schaeffer e Leando Valentim sobre as perspectivas do Esporte do Grupo Globo para eSports, e o olhar de mercado, na relação com as marcas

“Cada vez mais a gente vê valor quando colocamos junto todo mundo que está envolvido no desenvolvimento de um projeto. Isso gera valor para todo mundo, tanto para o telespectador quando para marca. Com isso, a gente consegue estar próximo, nos conectar a esse consumidor. Quando a gente se conecta a ele, de verdade, ele começa a nos abastecer com um monte de informação sobre os seus hábitos de consumo e perfil. Assim, conseguimos desenhar ações, eventos, produções conectadas com o consumidor”, contou Eduardo Schaeffer, diretor de negócios integrados da Globo.

Consolidada como uma das maiores indústrias de entretenimento do mundo, os eSports têm uma previsão de crescimento cada vez maior. Segundo uma projeção da consultoria Newzoo, pela primeira vez a receita global do eSports vai ultrapassar 1 bilhão de dólares. O GG eSports Summit proporciona um momento único de encontro e discussões para um mergulho no segmento gamer. 

Essa é a grande beleza desse evento, estamos misturando muita gente. Estamos conectando a indústria, tem mercado publicitário, diretores de marca, agência de publicitária, donos de organizações e times, além dos grandes talentos. Gente que nasceu, cresceu e carregou essa indústria, quando muita gente ainda olhava de longe.

Esses são os grandes defensores e guerreiros do eSports. Ano passado foi para estabelecer um nível básico de conhecimento sobre esports. Hoje a gente vai aprofundar um pouco mais, tocar em temas mais sensíveis, vamos falar de futuro, vai ser um dia de muita troca. Leandro Valentim, head de Novos Negócios do Esporte Grupo Globo.

O primeiro painel do dia tinha como tema #PorqueÉMulher, para falar sobre a representação feminina no eSports. Com mediação da apresentadora Nivy Estephan, também contou com a participação da Miah Campos, diretora executiva do Campeonato Brasileiro de Counter Strike, Beatriz Blanco, blogueira, professora, pesquisadora do assunto e Milla Garcia, narradora e vencedora do reality show Looking for a Caster.  

Em seguida, o ex-jogador de futebol e comentarista Caio Ribeiro comandou um debate sobre a profissão eSports falando sobre os possíveis caminhos dessa indústria. O painel contou com a participação de Gabriel Duarte, Head de eSports da Go4it, Fernanda Domingues, CEO da FD Comunicação, e Claudio Godoi, especialista em eSports e em ansiedade pela Faculdade de Medicina da USP e psicólogo da Team Liquid.

Para falar sobre a relação entre os games e a violência, o jornalista Chandy Teixeira conversou com o streamer e criador de conteúdo Patife, Alexandre “gAuLeS” Borba, streamer, ex-pro player e técnico de Counter Strike, e Salah Khaled, autor do livro “Videogame e violência: cruzadas morais contra os jogos eletrônicos no Brasil e no mundo”

O último painel do dia abordou as próximas tendências do segmento. Gordox, um dos grandes ídolos da comunidade gamer, fez a mediação e Bruno Oliveira Bittencourt “Playhard”, jogador de Free Fire e dono da Organização Loud, Lucas Almeida da INTZ e o game specialist da Cheil Bernardo Mendes participaram.

O encerramento mostrou em primeira mão os detalhes iniciais do Player1. Com lançamento oficial previsto para o primeiro semestre, a plataforma tem torneios diários, rankings mensais e competições especiais nacionais e internacionais. O usuário pode ainda pode ganhar prêmios jogando seus jogos favoritos.

Comentários