Análises

Hotshot Racing

9
Os jogos de corrida Arcade não morreram!
Eu gostei bastante desse jogo, ele faz tudo o que se propôs a fazer, que era entregar uma experiência legal, agradável, rápida, on-the-go, desafiadora e divertida.

Hotshot Racing é um jogo de corrida no estilo arcade disponível para o Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One e PC. Desenvolvido pela softhouse indie Sumo Digital e distribuído pela Curve.

Hotshot Racing é um ótimo jogo para quem quer uma pegada de jogatinas rápidas e casuais. Sua característica artística adotada é aparentar-se em low poly, um belíssimo low poly diga-se de passagem, além de trazer principalmente uma nostalgia para as pessoas que cresceram jogando jogos de corrida nos fliperamas tais como San Francisco Rush e Cruising USA por exemplo.

O visual é a parte mais marcante desse game, olha as cores!

Com uma excelente apresentação nos menus limpos e intuitivos, indo para as opções dentro do game é possível de mudarmos o idioma para o português brasileiro, dentro muitos outros que também estão presentes.

O game também passa a ideia principal do jogo que é de ser simples e fácil de jogar, sem burocracia alguma, ligou, escolheu o tipo de corrida, o personagem e pronto, perfeito para reunir a galera em jogatinhas e partidas sem compromisso. Engraçado comentar isso de reunir o pessoal porque o jogo pode ser curtido localmente em até 4 jogadores, cada um com o joy-con (Ou o controle do console respectivo) na mesma sala, eu não via isso desde a época do Nintendo 64, o ouro do multi-player local. Kudos! Ah, claro, o game dispõe também do modo online tradicional.

Essa visão em primeira pessoa é demais.

A trilha sonora, assim como os gráficos e jogabilidade, é notavelmente boa também, com musicas que vão de um eletrônico mais retrô a um hard-techno nos modos mais tensos, elas não enjoam nas corridas, inclusive, acabam animando bastante as mais aceleradas, igualmente legal é a música do menu principal do jogo.

Falando mais sobre o gameplay em si, em HSR percorremos 16 pistas bem variadas, temos a disposição cerca de 10 personagens de nacionalidades diferentes para escolher, carros próprios e únicos que podem passar por upgrades individualmente pelo preço certo, e cada um dos personagens também possui um finalzinho ilustrado depois de um grand prix, é legal zerar o jogo com cada um deles para conferir a conclusão da historinha.

Como eu sentia falta de um modo desses.

Os personagens assim como os carros podem ter sua aparência mudada gastando o dinheiro in-game que obtemos após a conclusão das corridas, tem muita coisa para se fazer nesse título tratando-se apenas de cosméticos extras.

Dentre os modos principais vale ressaltar que podemos curtir todos eles em até 4 pessoas, exceto no time-attack, temos as corridas de campeonato; os grand prix, que consistem em uma corrida atrás da outra graduando as posições dos corredores através da soma de pontos, como vemos bem parecidos por aí a fora.

Até a polícia está presente.

O single-race que é apenas uma corrida escolhida pelo jogador, o time-attack para tentarmos fazer o menor tempo possível nos trajetos, o modo polícia e ladrão onde ou assumimos o papel de policial para pegarmos os ladrões ou evitamos os tiras para faturar uma grana alta após concluirmos com êxito essa empreitada, e por fim, o dirija ou exploda, modo onde temos que sempre manter o acelerômetro no talo, caso contrário explodiremos e perdermos a corrida, é o modo mais legal na minha opinião.

Charmoso demais.

Todas as corridas podem ter sua dificuldade regulada, assim como a quantidade de voltas também. Eu gostei bastante desse jogo, ele faz tudo o que se propôs a fazer, que era entregar uma experiência legal, agradável, rápida, on-the-go, desafiadora e divertida.

Pros

  • Artisticamente muito bonitinho.
  • Experiência agradável e divertida num geral.
  • Tudo muito simples.

Contras

  • Pouca variedade do que fazer durante as corridas.
  • Exige muito o uso do drifting.

Fábio Kraft
Últimos posts por Fábio Kraft (exibir todos)