Notícias

Competidores do Brasil e Chile conquistam o Just Dance M.A.C Challenge em grande show com emoção do começo ao fim

Com muita energia, música, convidados especiais e emoção, o público conheceu na noite deste sábado, 17/10, os primeiros campeões latino-americanos de Just Dance.

Tiago Oliveira, do Brasil, e Taina Arancibia, do Chile, se destacaram tanto na pontuação do jogo de dança mais vendido do mundo quanto na opinião dos jurados convidados e garantiram o título de embaixadores de Just Dance na América Latina, um prêmio de US$2.500 e uma viagem, com acompanhante, para Salvador/BA, com passagens aéreas e hospedagem oferecidas pela campanha #VisitSalvadorDaBahia, da capital baiana.

O grande show que marcou as finais da competição começou com uma apresentação da Banda Olodum comandada pela influenciadora digital e dançarina Lore Improta. Logo em seguida, os apresentadores Felipe Titto e Nyvi Estephan entraram em cena para comandar as disputas e anunciar os quatro semifinalistas das categorias masculina e feminina, cujas primeiras fases foram disputadas antes da transmissão ao vivo e resultaram na eliminação de quatro justdancers pela pontuação do game: Franco Daniel (ARG), Victor Brayan (PER), Aynne Allana (BRA) e Erlyn Vanessa (ARG).

A primeira semifinal disputada ao vivo foi a masculina, e o duelo de abertura foi vencido pelo brasileiro Tiago Oliveira, que derrotou o colombiano Julian Beron por 2 a 0. Na segunda partida, o mexicano Jesus Eduardo começou perdendo, mas virou a batalha contra o chileno Diego Andrés para 2 a 1 e também se classificou à final. Na decisão, em duelo de muita qualidade, os votos das juradas Mandy Candy, Sheila Mello e Jéssika Mendonça definiram o título de campeão para Tiago Oliveira, por 2 a 0.

Entre as meninas o equilíbrio foi ainda maior, e logo na primeira semifinal uma grande virada garantiu à colombiana Carolina Cardona uma vaga na decisão. Em seguida, a chilena Taina Arancibia derrotou a peruana Karina Carol por 2 a 0 e também se classificou. No duelo final, após duas disputas com votação dividida entre as juradas, Taina venceu Carolina por 2 a 0 e levou o título para o Chile.

Comentários