Análises

Exocorps

6.5
Inspirado no filme Tropas Estelares
Um game ambicioso de ação espacial focado no multiplayer com mecânicas interessantes e divertidas, mas peca um pouco na execução e nos servidores vazios

Desenvolvido e distribuído pela Gingerbred, Exocorp é um jogo de ação espacial focado no multiplayer inspirado em Tropas Estelares, o game está disponível na Steam e nós tivemos a oportunidade de testa-lo.

Quem me conhece sabe que sou entusiasta de jogos indies. Eu sempre faço questão de joga-los com carinho, levando em consideração o fato dos jogos serem desenvolvido por times pequenos, com sonhos e propostas interessantes. Eu acho que essa frase exemplifica perfeitamente o que é Exocorps.

O game tem uma narrativa que não é apresentada aos jogadores. Sem cinematic nem textos de apresentação, cabe a nós enquanto jogadores montarmos um enredo baseado no que estamos vendo. Os mais curiosos podem entrar na página do game e ver inspirações e um pano de fundo pra ação, que é o enfoque totalmente. Pessoalmente não me fez falta. Se a proposta é tiro, porrada e bomba, eu quero é procurar e destruir.

A mecânica de gameplay é o coração do game, a influência de Counter Strike é gritante. Eu costumo dizer que boas ideias são geralmente simples e diretas, isso aqui é uma verdade. O enfoque do gameplay é no multiplayer, que consta com alguns modos (Capture the Flag, Death Match e Team Death Match), mas pra mim ficou claro que o jogo brilha no modo de rouba bandeira. A ideia é simples: Capture a bandeira inimiga e conte com um arsenal insano pra isso. Cada jogador disponibiliza de um traje espacial especial, exato. Turbo nas costas, uma velocidade de movimento insana, armas com munição infinita, lasers, radar de detecção de movimento e a flare gun. Mas tudo isso tem um preço, e é onde o jogo mostra sua melhor ideia pra mim. O jogador não conta com uma barra de HP, ao invés disso temos a barra de Power. A diferença é simples. Tomar tiros e quedas tiram pontos de Power, mas usar o radar, o jetpack, a flare gun e as armas, também. Então você poderá optar por um gameplay mais vanilla, caçar seus inimigos por terra e sem o radar, usando armas de baixo custo de energia e ter uma partida mais segura, ou usar tudo que você pode e arriscar um ataque total, mas com uma barra de power nerfada por isso. Todo o gerenciamento de recursos numa velocidade de 200 quilômetros por hora, é o que torna tudo divertido.

Você ainda consta com algumas habilidades especiais, uma que diminui sua detecção dos inimigos, uma outra que destrói os drones inimigos a distância e etc. Mas ao meu ver são mecânicas menos usuais na loucura do multiplayer.

Outra coisa excelente do game são os gráficos, você pode claro optar por jogar tudo no mínimo e rodar num pc mais fraco. Ou ter gráficos realistas e incríveis visuais enquanto você explode tudo ao seu redor. Os cenários tem poucas variedades ainda, com promessa de expansão, mas são lindos de ver. Você pode jogar em Marte, na Lua ou em cenários desérticos na Terra. Um cenário mais bonito do que o outro. Vale dizer que o mapa da Lua tem gravidade extremamente baixa e o som diminui bastante, tornando tudo um pouco mais interessante.

Um ponto negativo do game, que eu não posso deixar de pontuar por que me frustrou muito é o tutorial. O tutorial do game é mal otimizado, mal feito, feio e bugado. Admito que me assustou de inicio e pensei estar jogando algo simplesmente nojento em questão de otimização. Fora que ele apresenta bem porcamente as mecânicas e possibilidades. Outra coisa ruim é, o jogo conta ainda com servidores vazios, é extremamente complicado encontrar um inimigo online. Eu joguei com um amigo em LAN e a versão Offline, que nem de longe é tão apetitosa quanto jogar online.

Exocorps é um jogo ambicioso com mecânicas muito interessantes e divertidas, mas que peca um pouco na execução por ser um game indie, com servidores vazios, um modo offline pouco atrativo e um tutorial simplesmente horrível. Eu me diverti jogando, me deleitei visualmente e recomendo que vocês vão dar uma olhada no game.

Pros

  • Gráficos excelentes
  • Mecânica divertida
  • Gameplay intenso

Contras

  •  Tutorial mal otimizado e nada instrutivo
  • Servidores vazios
  • Modo offline pouco atrativo

Pedro Kakaz
Últimos posts por Pedro Kakaz (exibir todos)

Comentários