Análises

Just Dance 2021

4
A versão do Nintendo Switch deixou a desejar.

Um jogo brilhante arruinado por um simples detalhe.

Just Dance 2021 é o mais novo jogo da franquia de jogos de ritmo da Ubisoft, que foram lançadas para as plataformas PlayStation 4, 5, Xbox One e Series S/ X, Stadia e Nintendo Switch.

Lembro que na minha adolescência eu não tinha muito dinheiro para investir em um aparelho de jogo que tinha sensores de movimentos, tal como o Nintendo Wii, por exemplo. Quando eu estava afim de jogar Just Dance, eu simplesmente colocava um vídeo no YouTube e dançava conforme o jogo mostrava.

Este é o maior motivo pelo qual eu estava tão empolgada para experimentar jogar Just Dance pela primeira vez, e por isso que minha frustração foi grande quando eu notei que não importava o movimento que eu fazia com o controle do Switch, a pontuação era ganha de qualquer forma, me senti como se estivesse “jogando com o YouTube” de novo.

As cores são vibrantes!

Entendo que o Switch não é uma plataforma que capta o movimento do corpo todo do jogador, mas aposto que dava de pensar em uma forma melhor de pontuar as danças, como por exemplo, captando os movimentos corretos pelo menos em questões de altura, posição, ou qualquer coisa semelhante, usando um dos controles e não pontuar fazendo qualquer movimento aleatório fora de ritmo.

O que é realmente uma pena, e chega a ser um desperdício de um trabalho que dá pra ver que foi feito com muita atenção pelos criadores, contendo gráficos muito bons, coloridos e empolgantes, músicas atuais que são os hits do momento, sendo essas qualidades marcas registradas do Just Dance. Também estão presentes músicas que são mais antigas, mas que não deixam de ser marcos na história do pop.

Podemos jogar com os amigos!

Talvez a verdadeira diversão do game seja tentar bater os recordes mundiais, dançando com o corpo ou só com o controle, no caso. Não sei dizer se o problema sou eu ou o jogo nesse sentido, dá pra ver que tem muita gente ao redor do mundo que joga sem problemas, porém particularmente, se tirar a parte da competição, jogar usando o game ou o YouTube não tem diferença.

Tenho certeza que o jogo também fica muito mais divertido quando se tem acesso às músicas unlimited, que são as faixas que já tinham sido lançadas nos Just Dances anteriores, e também as música atuais, porém somente quem tem dinheiro para investir nessa assinatura que talvez tenha a verdadeiro proveito e experiência do jogo, caso contrário, você ficará com um repertório bem limitado, mesmo habilitando as canções posteriormente.

É possível jogar com o celular (baixando O aplicativo Just Dance® Controller) e com o JoyCon, o que é uma vantagem quando se tem mais pessoas do que controles disponíveis.

Avatares descolados!

Também é interessante que tem desafios diários que te mantém empolgado com o jogo todos os dias, apenas mais um recurso além da competitividade e talvez o interesse de cada pessoa de se aperfeiçoar cada vez mais nas danças do game.

Conforme se joga, você ganha moedas que podem ser usadas para sorteio de itens como skins, avatars e frases de efeito, que na minha opinião são bem criativos e variados. Qualquer pessoa consegue montar um avatar bem parecido com sua personalidade independente de qual for. Por ser um jogo que diversas pessoas do mundo todo vêm seu avatar, ter uma que você se identifique bem é muito necessário.

Just Dance 2021 tem pontos positivos e negativos, porém ao meu ver, os pontos negativos se sobressaem. Poderia ser um jogo nota 10 se não fosse esse problema dos controles, que ofuscou quase que completamente a essência do game. 

Ai minha coluna!

Claro que a culpa não é totalmente do jogo em si, mas das plataformas de captura de movimento que não acompanharam essas tendências como visto no Kinect do Xbox, o erro da Ubisoft foi não levar em conta esse problema na elaboração no novo jogo de dança, lembrando que essa análise é baseada na versão do jogo para Nintendo Switch, podendo ter resultados bem diferentes nas outras plataformas, cujo qual não tive a oportunidade de experimentá-las ainda.

Pros

  • Músicas conhecidas e empolgantes.
  • Coreografias bem legais.
  • Interface e gráficos bonitinhos. 
  • Pode se jogar com app no celular também.

Contras

  • A captura de movimento é bem falha e praticamente qualquer movimento fora de ritmo pontua.
  • A variedade de músicas é limitada para pessoas que não tem condição de comprar a assinatura do jogo. 



Últimos posts por Leticia Parma (exibir todos)

Comment here