Análises

The Nioh Collection

9
Um das melhores coleções de jogos da atualidade

Se você tem um PlayStation 5, é fã de jogos de ação e não sabe o que jogar nele, compre The Nioh Collection

Com o acesso fácil a informação de tudo que temos hoje em dia, fica às vezes complicado se segurar quando nós criamos hype para alguma coisa.

Quando a vida permite poder corresponder ao hype e no caso dos jogos, adquirir aquele título esperado, com certeza é só alegria.

Entretanto para muitos de nós isso se torna inviável, devido ao preço dos jogos ou mesmo o fato de não ter a plataforma necessária para jogar tal jogo. Atualmente uma prática que tem ocorrido muito é o relançamento de jogos, como é o caso de The Nioh Collection, desenvolvido pelo Team Ninja.

Mas onde que eu quis chegar com essa lenga-lenga toda? Então, The Nioh Collection é uma prova “viva” de que esperar um pouco nem sempre é algo ruim.

SAMURAI WILLIAN AGORA NO PLAYSTATION 5

Nioh já era um excelente jogo em 2017 quando foi lançado originalmente, mas essa versão rodando no PlayStation 5 é simplesmente um deleite.

Willian é o herói do primeiro jogo.

Ele conta com todo o conteúdo por DLC que o jogo recebeu, além de diversas melhorias gráficas como texturas melhores, efeitos de iluminação aprimorados, resoluções altíssimas e principalmente performance. Eu joguei ele inteiro para essa análise num modo chamado 4K que faz com que Nioh rode na resolução de 3840 x 2160 e a 60 quadros por segundo, considerando que o original mal chegava a 1080p com esse nível de performance, é fantástico o que foi feito aqui.

Fantástico, porém esperado devido a potência do console. Algo que infelizmente não pude testar é o modo a 120hz que é essencialmente o dobro da quantidade de quadros do modo 4K, a minha TV não suporta isso, porém imagino que a ação do jogo deve ficar um absurdo rodando com uma fluência tão grande, quem tiver uma TV com esse calibre vale experimentar.

Os inimigos são completamente insanos!

No mais é um jogo incrível, gigante e cheio de segredos para desbloquear, leia nossa análise completa aqui.

NIOH PARTE 2

Ano passado tivemos a esperadíssima sequência de um dos melhores jogos da geração passada, Nioh 2. Dessa vez não controlamos mais o Samurai Willian e sim um personagem criado por nós, podendo ser homem ou mulher.

A premissa do jogo é bem similar ao anterior. Escolhemos nossa “fase” através de um mapa-mundi e nele temos um objetivo final, porém cabe ao jogador como encarar os desafios. Apesar de preferir um mapa único construído por segmentos como na série Dark Souls, o Team Ninja conseguiu manter um balanço dentro da filosofia de níveis adotado.

Os espíritos guardiões em ação.

Graficamente as melhorias foram basicamente como as do Nioh, mas aqui fica tudo mais evidente pelo fato do próprio jogo base já ser consideravelmente mais belo que o original. Os cenários continuam bem sombrios e efeitos de luz como fogo ou mesmo a luz da lua acabam dando um fator bem pitoresco ao visual, pessoalmente considero um dos jogos mais belos da geração passada, ainda mais considerando o fato de que sou apreciador da época e localidade onde esses jogos se passam.

Não somente os cenários ficaram excelentes, mas o próprio visual das cenas não-interativas e o visual dos personagens são de babar. Minha personagem foi uma menina bastante inspirada na Lenneth de Valkyirie Profile(tri-Ace, 1999), consegui reproduzir cada detalhe do rosto dela, afinal o modo de construção de personagem é tão minuscioso que permitiu isso, a sua imaginação é o limite.

Crie quem você quiser, Nioh 2 possui um dos mais complexos criador de personagens já vistos.

A COLEÇÃO VALE A PENA?

A resposta é um belo de um sim. São dois jogos de extrema qualidade em um único pacote, rodando em sua melhor forma e com uma longevidade absurda. Se você tem um PlayStation 5 eu recomendo que vá correndo adquirir o seu, ainda mais se for para entrar no mundo de Nioh pela primera vez!

Pros

  • Um pacote com 2 excelentes jogos em sua melhor forma
  • Conteúdo de sobra para meses de diversão
  • Você tem uma TV de 120hz? Chegou sua hora 
  • Músicas e direção de arte continuam impecáveis


Contras

  • Aguentar a espera para o 3

David Signorelli
Últimos posts por David Signorelli (exibir todos)

Comment here