Análises

Sanity of Morris

5.5
Uma experiência bacana, mas que poderia ser melhor

Sanity of Morris possui bons momentos tensos e uma história intrigante, mas seus pontos negativos prejudicam a jogatina

Cá entre nós, o gênero de terror é um dos mais variados dentro do mundo dos games. Vários jogos trouxeram diversas premissas, como alguns se passando em manicômios, outros se passando no espaço e uma boa quantidade levando em conta serial killers. Mas eis que chegamos em Sanity of Morris, um game independente desenvolvido por empresas alemãs.  

O mesmo foi lançado para Xbox One, Xbox Series S|X, PlayStation 4, PlayStation 5 e PC, mas será que sua proposta é bacana? Por mais que o gênero de terror seja bem variado dentro do mundo dos games, uma boa parcela acaba sendo bem decepcionante, mas será que esse é o caso de Sanity of Morris? Vamos descobrir! 

Uma viagem não tão tranquila… 

Johnathan Morris está voltando após anos para a cidade de Greenlake com o intuito de conferir como está o seu pai, já que ambos não entram em contanto há um bom tempo. Porém nem tudo sai como o esperado, e enquanto dirigia até o local, uma van o ataca e capota seu carro. Aquilo não faz sentido algum para John, então o mesmo decide investigar o ocorrido. 

Conforme Johnathan vai explorando a pacata cidade e a casa de seu pai, vai descobrindo que nem tudo é o que parece, e que o seu velho sabia de algo que o laboratório em que o mesmo trabalhava não gostaria que fosse revelado. Resta a John então descobrir o que é, enquanto tem que lidar com soldados do laboratório. 

São mesmo?

A trama pode parecer confusa e desconexa no início, mas devo admitir que após uns quinze minutos de jogatina eu já estava muito curioso para saber o que o pai de John estava escondendo para que tudo aquilo estivesse acontecendo. A trama também se desenvolve muito bem, principalmente em coletáveis que estão espalhados pelos diferentes cenários em que o jogador passa. 

Todos esses coletáveis, que vão desde anotações até fitas de áudio, são a parte mais importante para você entender mais sobre os personagens e o passado de cada um. Todos trazem um contexto muito importante ao game, porém nem todo mundo pode conseguir compreender tudo pelo fato do game não ter tradução para o português. 

O clima de tensão que o game constrói também é muito positivo. Os cenários são sombrios e deixam o jogador até mesmo perdido em certos momentos, já que nem sempre temos uma noção de espaço muito boa, algo que colabora para o clima que o game se propõe a construir. Os efeitos sonoros e as músicas também são outros pontos muito positivos, já que os mesmos passam uma sensação de perigo eminente a todo momento, algo que pode trazer bons momentos tensos ao jogador. 

Os famosos jumpscares também estão presentes em Sanity of Morris, mas não me senti incomodado com os mesmos. Os sustos não são inseridos a rodo, mas sim em momentos específicos e que não chegam a incomodar o jogador (apesar de que algumas táticas são repetidas, e a partir de um certo momento acabam ficando previsíveis). 

Isso não vai dar certo de forma alguma…

Mas infelizmente o game possui alguns problemas que acabam incomodando. Começando por sua jogabilidade, que mais atrapalha do que ajuda. Os controles não são tão fluidos, e em boas partes são um tanto quanto irritantes, ainda mais pelo ponto principal do game, a sua lanterna, já que a área da mesma não colabora nem um pouco. 

Outro ponto negativo são os gráficos de Sanity of Morris, que não fazem jus aos games que existem hoje em dia. Tudo bem, é um estúdio pequeno e independente, porém o visual do game parece ter saído de games da década de 2010, e querendo ou não fica estranho para os padrões que temos hoje em dia. Esses dois pontos negativos ainda somam com a inteligência artificial, que de inteligência não possui nada. Acredite, escapar dos inimigos é super simples e acaba sendo até bem sem graça.

 Veredito 

Sanity of Morris até possui uma trama intrigante e bons momentos tensos, mas seus pontos negativos acabam pesando na opinião final. Por mais que o mesmo entregue uma experiência divertida, seus gráficos, jogabilidade e IA não fazem jus ao que os vários games de hoje em dia apresentam, sendo algo que acaba deixando uma má impressão.

Pros

  • Trama intrigante
  • Bom clima de tensão
  • Efeitos sonoros e músicas sombrios

Contras

  • Jogabilidade irritante
  • Gráficos ultrapassados
  • IA decepcionante 

Comment here