Análises

TRIANGLE STRATEGY

9.5
Apesar do nome meio bobo, TRIANGLE STRATEGY é uma obra-prima do gênero

TRIANGLE STRATEGY é uma carta de amor aos fãs do gênero de estratégia, um jogo que traz tudo de extrema qualidade e mostrando ao mundo que podemos sim ter um SRPG com valores de produção tão altos quanto um RPG tradicional.

Quando TRIANGLE STRATEGY foi mostrado pela primeira vez, ainda sob nome de Project TRIANGLE STRATEGY, já deu para sentir que havia algo especial sendo preparado.

O que chamou a minha atenção inicialmente foi o uso da tecnologia HD-2D que foi implementada em OCTOPATH TRAVELER desenvolvido pela Acquire e publicado pela Square-Enix. O uso dela permitiu que os gráficos do jogo fossem parecidos com os clássicos RPGs 2D dos anos 90, porém com uma pitada de modernidade, dando um chame único.

TRIANGLE STRATEGY não foi desenvolvido pela Acquire e sim pela Artdink, entretanto imagino que o uso dessa tecnologia pertence a Square-Enix pois ela já está utilizando ela em jogos futuros como LIVE-A-LIVE e Dragon Quest III HD-2D Remake. Enfim, depois de constatar tudo isso, ficou evidente que TRIANGLE STRATEGY não se tratava de um RPG tradicional e sim de um jogo de estratégia em turnos, como Final Fantasy Tactics, Tactics Ogre, Shining Force e muitos outros.

Um gênero que aprendi a amar conforme os anos foram passando e mal podia esperar o lançamento desse jogo, tivemos acesso a demos, trailers e muito mais para ir amenizando a espera. Agora que essa belezinha está entre nós, será que compensa embarcar nessa aventura épica no continente de Norzelia? Confira aqui nessa análise!

A arte desse jogo é simplesmente incrível.

O ALVORECER DA GUERRA

A história desse jogo se passa no continente de Norzelia que é governado por três nações, são elas:

  • Reino de Glenbrook
  • Grão-Ducado de Aesfrost
  • Estado Sagrado de Hyzante

O personagem principal de TRIANGLE STRATEGY se chama Serenoa Wolffort, filho do senhor de uma das casas mais importantes que protegem o Reino de Glenbrook. O ínicio da trama é marcada por uma extensa apresentação de diversos personagens, muitas informações sobre o universo e detalhes da situação atual desse continente. É bem natural que os jogadores se percam num mar de tantos detalhes, portanto aconselho jogar prestando bastante atenção no que é dito para não perder nada pois o enredo desse jogo é simplesmente magnífico, adulto e complexo, aqueles que investirem vão ter um retorno digno dos melhores do gênero.

Momentos de esperança… será?

Paciência é a palavra-chave aqui. Nas primeiras 5 horas você provavelmente irá encarar umas 3 batalhas importantes que duram em média 30 minutos, o resto desse tempo será de diálogos enormes, algumas poucas explorações e pausas para o banheiro, aproveite esse último para digerir tudo que foi dito. Não leve essas informações como algo negativo, os produtores trabalharam direitinho para criar um cenário factível, sem besteiras e ainda por cima desenvolvendo inúmeros personagens.

Após um acontecimento específico do qual não irei falar, o jogo engrena bem e o ritmo dá uma boa acelerada. Outra coisa que vai dar uma boa acelerada será seu coração ao ver alguma das cenas mais violentas e dramáticas que vi em um jogo do gênero, dependendo do teu grau de investimento na história com certeza sentirás coisas impactantes!

Em diversos momentos teremos que persuadir nossos amigos para chegarmos em um veredito comum.

Algo que não poderia deixar de mencionar é o sistema Scales of Conviction onde reunimos todos os membros relevantes do grupo e através de um voto decidimos qual será o próximo passo a ser tomado. Essa parte do jogo é uma das minhas favoritas pois permite que você tente persuadir seus amigos a tomarem a mesma decisão que você, seja lá qual ela for. Se os seus argumentos forem bons o suficiente, é claro. Evidentemente que há personagens que estarão do seu lado desde o início.

Esse jogo é um deleite visual.

É através dessas escolhas que o jogo se bifurca, fazendo com que o jogador precise re-jogar desde o começo caso queira ver rotas diferentes, aumentando e muito o valor replay de TRIANGLE STRATEGY.

Por fim posso dizer que além de personagens incríveis como Serenoa, Roland e Frederica, TRIANGLE STRATEGY trouxe um universo extremamente rico e uma trama que jamais será esquecida por essse que vôs escreve.

CONVICÇÃO INABALÁVEL

Não adiantaria nada ter uma super história se a jogabilidade fosse ruim, certo? Felizmente estamos diante de um dos melhores sistemas de batalha de todos os tempos. Cada personagem possui habilidades únicas e que fazem toda a diferença, não encontrei um inútil sequer durante toda a jornada. Existem logicamente aqueles personagens cuja classe são aquelas clássicas já conhecidas do gênero, tais como espadachims e magos, porém TRIANGLE STRATEGY conta com elementos muito especiais.

Vou dar um exemplo pra ficar mais fácil entender. Logo no começo do jogo temos um personagem que é um ferreiro, ele pode melhorar as armas dos combatentes, mas ele também pode ser escolhido em combate. Esse personagem em específico consegue criar aparatos como armadilhas e até escadas, permitindo que a acesso a lugares altos seja possível com personagens que não conseguem pular ou não possuam uma montaria especial. Tenha em mente que o cenário do jogo não é uma simples arena do qual você descarrega seus melhores ataques e deu pra bola.

Os cenários não são somente belos, eles possuem diversas surpresas também.

Os campos de combate podem sofrer alterações como ter o chão congelado ou mesmo se você tiver em uma plantação, passar a correr o risco de jogarem uma magia de fogo e ter seu personagem tostado. São tantas variantes que fazem com que qualquer batalha seja uma luta até a morte.

Já sabemos que lutar em TRIANGLE STRATEGY é extremamente divertido e desafiador, porém fique sabendo que ele possui bastante customização também, não chega a ser super complexo nesse sentido(o que às vezes é uma bênção) e até pode parecer simplista inicialmente, porém essa impressão logo acaba quando o teu time começa a crescer e crescer. Diversos personagens irão fazer parte da trupe e nem todos são essencialmente relevantes para a trama e não precisam ser, eles cumprem seu papel perfeitamente.

A MELODIA DO DILEMA

TRIANGLE STRATEGY é o jogo de estratégia em turnos mais bonito que já joguei na vida, sem pensar duas vezes. A tecnologia HD-2D já menicionada no começo dessa análise traz um ar nostálgico para o visual e ainda consegue impressionar com seu uso extensivo de pós-processamento de imagem, tais como desfoque de profundidade de campo(Bokeh) e Bloom. Isso tudo de certa forma carrega um pouco o Switch e faz com que em alguns momentos pareça lento, mas como estamos jogando um jogo que não requer comandos precisos, essa reclamação acaba não tendo fundamento.

Tá na hora de votar!

E a trilha sonora, hein? Um deleite. composta inteiramente por Akira Senju, um nome não muito conhecido no mundo dos jogos pois se destacou mais como compositor de trilhas sonoras de animes, fez um trabalho excepcional com TRIANGLE STRATEGY. As músicas não são somente belas e apropriadas, mas possuem uma qualidade excelente, com toda uma orquestra acompanhando. O nível de produção dessas faixas é altíssimo e agrega muito ao produto.

A dublagem também não fica atrás e dá para dizer que todos os atores fizeram um excelente trabalho aqui, muitos deles tiveram que realmente dramatizar cenas pesadas e que felizmente não ficou nada vergonhoso, algo relativamente comum em jogos com dublagem em inglês.

VEREDITO

TRIANGLE STRATEGY é uma carta de amor aos fãs do gênero de estratégia, um jogo que traz tudo de extrema qualidade e mostrando ao mundo que podemos sim ter um SRPG com valores de produção tão altos quanto um RPG tradicional.

Pros
  • Uma trama muito bem construída, com personagens marcantes e uma resolução digna de um épico
  • O jogo é lindo demais, direção de arte impecável
  • Trilha sonora é uma das mais emocionantes que já vi nesse gênero
  • Sistema de batalha que recompensa o jogador mais inteligente e claro, viciante
Cons
  • Um pouco de input lag nos comandos devido a pequenas lentidões
  • Jogadores menos pacientes vão ter dificuldade em avançar no jogo, ainda mais no início
David Signorelli
Últimos posts por David Signorelli (exibir todos)

Comment here