Jump to content

SHURATO

Membros
  • Content Count

    2,028
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    3

Posts posted by SHURATO


  1. Como "não apresentar risco" se o cara invadiu a minha casa? Tem que esperar ele sacar uma arma então pra eu me sentir ameaçado? Esperar ele me esfaquear?

    ..

    Eu falei "não apresentar risco imediato". A última palavra, que você convenientemente não quotou, é relevante.

    Por exemplo, se o meliante está visivelmente desarmado, relativamente longe (o suficiente para você ter muito tempo para reagir), e você tem ele na mira, acho exagero dar um tiro na cara. Custa mirar um pouquinho mais pra baixo? É até mais fácil de acertar..


  2. Meu Deus do céu, mundo bizarro detected. O ladrão é o coitado né amigo?

    Temos que considerar todas as possibilidades e minimizar a atitude de quem entra pra subtrair do próximo, mas não levar nada em consideração de quem simplesmente quer impedir MAIS UM roubo a sua residência.

    Me surpreendeu que você não citou que o ladrão não teve sorte na vida e por isso teve que partir pra roubar.

    Mais uma vez polarizando...

    Eu falei que o ladrão é coitado? Ou que o dono da casa não deveria ter feito nada?

    Me diga onde eu minimizei a atitude do ladrão.

    Você precisa urgentemente melhorar sua compreensão de texto :alright: se continuar assim vou começar a te responder só com gifs do Caetano.

    E sim, temos que considerar todas as possibilidades ao armar armadilhas letais.

    Uma dica pra tu fera:

    zC792ZF.gif

    Obs:O bandido parece o Constantine do seriado lol.

    Obs2: O dono da casa deveria era ganhar o nobel da paz, isso sim.

    Mais um usuário estúpido?

    Ok fera...

    Eu acho que é bem diferente as situações descritas.

    Uma coisa é armadilha automatica / sem inteligência.

    Outra é ele pegar a arma e descer a bala no bandido.

    Acho errado o cara fazer uma armadilha que pode matar pessoas que tem motivos legítimos de entrar na casa alheia. Cachorro machucado, gas vazando, etc...

    E sou a favor do cara ter o direito de descer a bala na cara de bandido.

    Concordo, exceto com a última frase.

    Acho aceitável "meter bala na cara" se o sujeito se sentir ameaçado, e achar que o melhor curso de ação pra se proteger (ou proteger outro ser humano) seja matar.

    Mas se o cara não apresentar risco imediato, e se proteger sem matar for razoavelmente fácil, isso seria preferível.


  3. Não vou me limitar a 5.

    Lemmings - Primeiro jogo, acho. Ou talvez tenha sido Doom?

    Crash Team Racing / Tony Hawk 2 - Algum desses foi o primeiro (e um dos únicos) jogo que me deu vontade de tentar jogar o melhor possível. Fazer o menor tempo, mais pontos, etc. Tony 2 tem uma trilha sonora memorável.

    Age of Empires - Primeiro RTS que joguei, que depois me levou também aos Total War, Europa Universalis, Civilization etc. Estratégia linda.

    Pokémon Blue - Primeiro RPG

    Diablo II - Primeiro jogo que joguei com "a galera". Todos os amigos jogavam isso numa época. Perdi muitas horas da minha vida com esse jogo :mua:

    Sooooooooooooooul Calibur II- Jogo que me fez voltar a ter interesse por consoles. O melhor da série.

    Shin Megami Tensei: Nocturne - Primeiro RPG "de verdade".

    Romancing Saga - Primeiro jogo que me fez dar mais atenção a trilhas sonoras e querer baixar músicas do jogo pra ouvir em outros momentos.

    Dota 2 - Único jogo que joguei em que o teamplay realmente é indispensável. Jogo que pra mim não faz sentido jogar sem 4 amigos + skype.

    Demons Souls


  4. Primeiro q o Sam não está indo pra Oldtown, ele ficou na muralha.

    Aemon morreu do nada bem sem graça na muralha.

    Ai uns malucos do nada resolvem tentar estuprar a Gilly (por q o resumo da serie é estupro e peitos), Sam resolve dar uma de macho e vai lutar contra esses Corvos. Apanha feito um condenado e é salvo pelo Fantasma.

    Ai vem a cena mais constrangedora da serie: Sam perdendo a virgindade de um jeito muuuuito tosco com direito a Gilly perguntando se ela estava machucando ele.

    Virou uma zorra total essa merda.

    A primeira linha é coisa de adaptação, não dá pra reclamar tanto.

    O principal problema foi:

    - Gilly quase foi estuprada

    - Sam foi espancado

    - Sam saiu do personagem e ficou com voz grossa e corajoso por alguns segundos

    - Depois eles fizeram sexo. Porque o que pode ser mais excitante do que um espancamento e uma tentativa de estupro? Isso deixa qualquer um com tesão...

    O uso de estupro ou quase estupro como forma ridícula de mover o plot já passou dos limites há muito tempo.

    E antes que me perguntem porque ainda vejo essa merda: Estou no modo "Hate Watching" :P

    • Like 1

  5. Não lembro de ter tido esse tipo de problema.

    Costumo explorar os cenários obsessivamente antes de atravessar qualquer fog, e na maioria dessas coisas "escondidas" tem mensagem no chão. Devia ter pelo menos 3 no moinho quando joguei.

    Ces jogaram no Play? Ouvi dizer que o online é mais movimentado lá, pode ter mais mensagem de jogadores também.


  6. GOT virou uma paródia de si mesma @LEIGA - O REI KARLA.

    É um caso perdido já.

    A propósito, melhor "série" de todos os tempos pra mim é Top Chef Masters. Pra que enredo quando se tem comida?

    • Like 1

  7. Bom...

    Is Total War: Arena a MOBA? It is and it isn't, Creative Assembly says

    http://www.eurogamer.net/articles/2013-03-29-is-total-war-arena-a-moba-it-is-and-it-isnt-creative-assembly-says

    A ideia era arriscar algo no gênero MOBA, mas sem ser clone de DOTA e LoL.

    MOBA quer dizer Multiplayer Online Battle Arena e é o que o TW Arena é.

    A, ok.

    Então basicamente "é" um MOBA, mas não tem nada a ver com o gameplay dos MOBAs que conhecemos porque o termo é muito genérico.

    Ufa!

    E só agora li que cada jogador só pode controlar 3 unidades...

    Fedeu. Hype 0.


  8. Me digam caiçaras, vale a pena por a Uchigatana até +10? To usando Uchigatana + Escudo e até agora tá de boa, dou bom dano em praticamente todos os inimigos até aqui. To em Iron Keep e os bichos morrem tranquilo.

    Depende do seu estilo de jogo. Eu não curto o moveset da Uchi, mas acho que não é uma arma ruim.

    Outra dúvida: Posso por elemento na arma e reverter o processo? Não lembro se em DS1 dava pra reverter (acho que não).

    Pode. Tem um material que tira o efeito de outras infusões, é bem fácil de reverter nesse jogo.

    Ah eu ativei aquela ponte la no DLC e procurei um tempo o acesso a ela e não encontrei. Achei tudo que é fogueira e entrei também naquele caminho que leva pro chefe que é um trio, mas a maldita passagem eu não acho. To já meio enjoando do jogo e com preguiça de ficar indo e voltando pra procurar o lugar.

    Dei uma olhada no meu save e ele ta com mais de 160 horas. Matei todo mundo que encontrei de chefe da campanha principal(menos o dragão), explorei bastante o jogo e fiz um DLC completo e outro quase completo. Acho que é o bastante... Chegou a hora de largar e partir pra outra.

    Foi divertido enquanto durou.

    Queria poder te ajudar, mas não lembro dessa parte muito bem. Pena

    Faz quanto tempo que você acabou a parte normal? Se não me engano no último update, que saiu pela época da Scholar of the First Sin, foi adicionado um boss final novo depois da Nashandra. Matou esse?


  9. Que porra é essa de Júpiter Ascending?

    Melhor nem saber

    Kingsman.

    Q bomba de bosta!

    Uma porcaria, mas estranhamento muito mais bem gravado que a maioria dos blockbusters.


  10. O que falta pra essas pessoas? Noção de cidadania. E noção de cidadania só se tem na escola, porque em casa você é a melhor criança do mundo. Principalmente nos dias de hoje, onde todas as crianças são príncipes e princesas.

    Eu discordo dessa parte. Eu acho que a escola não serve pra dar educação. Pra mim escola é pra transmitir conhecimento, informação.

    Educação, moral, ética, você aprende muito mais "na vida", observando o mundo a sua volta, e desde muito cedo imitando os outros, principalmente seus pais..

    Se for esperar a pessoa entrar na escola já é tarde demais pra reescrever o que a criança internalizou. Até é possível, mas é muito difícil. Mais fácil ensinar direito na primeira vez.

    A educação básica ruim é um problema, mas outro tão grande quanto é a falta de paternidade/maternidade consciente.

    Colocar uma criança no mundo é uma responsabilidade enorme, que infelizmente muita gente ainda encara levianamente.


  11. Prefiro sem fio pela praticidade.

    Não sinto diferença no desempenho.

    E a princípio nem deveria ter. Na distância que usamos, a latência da comunicação sem fio deveria ficar perto de ~1ms. Isso é muito menos que um frame, a 60fps. Se tem atraso superior a 1 frame (e não tem como exigir menor), o culpado não é a falta de fios.


  12. E o meu jogo seus merdas, vocês jogaram?

    Joguei muito. O mundo sucumbiu ante o poder do Império Romano Oriental sob meu comando. Trouxe a civilização para os bárbaros e instituí o paganismo greco-romano (pq cristianismo é muito sem graça) como religião dominante praticamente na europa toda :mua:

    O jogo é legal, mas tem um grave problema: não inova o bastante. Tem muita cara de expansão do Rome II. Eu esperava mais.

    Total War só pego depois de 1 ano, em uma promoção e depois de vários patchs. Então o Attila está na fila de espera.

    Sobre esse TW Arena, ele é basicamente um spin off da série no estilo de um MOBA. Não sei o que vai dar isso, mas o pessoal que jogou o Alpha não curtiu muito. Fora que juntar 20 negos para uma partida é duro...

    Lol como assim? Que que tem de Moba nisso? Um de nós entendeu a premissa do jogo muito errado.

×