Jump to content
e-gamer

É oficial!

Recommended Posts

Não, mas quero saber se tenho conserto. Fiquei intrigada com o Libraink.

Tu quer saber de curiosa, mas te adianto que não... até porque Bissexualismo em termos gerais é considerado uma falha, um desvio não uma condição... :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

Libraink como posso corrigir meu problema? Sou bissexual e gosto de ambos os aparelhos reprodutores.

O problema não é se você gosta de pinto ou de boceta. o problema é o quanto isso prejudica o seu desenvolvimento intelectual. Isso não tem a ver com a sua potencialidade intelectual. Isso tem a ver com a sua capacidade intelectual para o seu próprio bem estar. A ideia é que para o seu bem estar enquanto espírito você teria que entender como funciona o corpo feminino e o masculino pois apesar de serem órgãos reprodutores eles sintetizam muitas outra coisas além disso.

Então o problema é o quanto vc pensa em sexo. O quanto isso é importante pra vc.

Não sei nem se vocês estão lendo o q eu escrevo pois essas perguntas são ruins.

O Seifer eu sei q não entende nada sobre nada. Então se a minha participação aqui era com ele, não faz sentido ficar respondendo a vc apenas por escárnio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O fato de uma pessoa reencarnar mais vezes não significa nada. O q vale é aonde vc vive e com quem vc tem oportunidade de viver.

Eu não te conheço mas estou te medindo de acordo com as porcarias q vc despacha aqui.

E vc não sabe nada sobre desdobramento. Não sabe nada sobre nada pois a primeira coisa q vc aprende com desdobramento é que do outro lado todo mundo aqui é meio gay. Mas nem isso vc sabe pois se soubesse saberia que um gay pode deixar de ser gay a hora que ele bem entender.

Deixa a máscara de lado pois a mim vc não engana. vc é mais um idiota que faz do espiritismo um motivo de piada entre gente inteligente e cética.

Mas toda religião não é motivo de piada entre gente inteligente e cética? Eu mesmo estou vendo essa conversinha entre espiritas e a primeira coisa que vem na minha cabeça, são salas acolchoadas e camisas de força...

Libraink como posso corrigir meu problema? Sou bissexual e gosto de ambos os aparelhos reprodutores.

Comigo não funciona. Eu curto BDSM. E agora? :(

Não, mas quero saber se tenho conserto. Fiquei intrigada com o Libraink.

Agora não tem mais,talvez tivesse na adolescência com porrada na cara e disciplina...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora não tem mais,talvez tivesse na adolescência com porrada na cara e disciplina...

Eu era muito sapeca adolescente. Não adiantava a despeito dessas coisas.

@Christian.

É uma saída sem volta pra todos. Não tem retorno.

Edited by Sailor Paladina
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tanta frescura em querer se meter no que alguém faz ou deixa de fazer em sua casa e ou sua vida me da nojo. Nojo! Toda as demências, das maiores as menores da raça humana nasceram exatamente do pressuposto de que alguém débil o suficiente se acha no direito de opinar sobre a vida de outra pessoa que não seja ele mesmo. Não apenas os diferentes sofreram isso, mas todas as pessoas minimamente diferentes sofreram isso, seja pessoas comuns, sejam nobres ou gênios da humanidade, a maldita doença intrincada no coração, chamada de orgulho, cega cada vez mais pessoas levando a coisa mais idiota que se pode fazer: Brigar como uma criança retardada que a outra pessoa não pode fazer isto ou aquilo, por que sim e pronto!?

Todos, do menor ao menor, deveriam saber e enfiar na cabeça que a bunda de fulano só diz respeito a fulano, que o gosto em cores, em jogos, em diversão em roupas, em cabelo, seja no que for na vida de fulano, só diz respeito única e exclusivamente a fulano e se a pessoa incomodada não consegue aceitar que alguém foge dos "padrões de normalidade" seus, então que vá viver isolado numa ilha e deixe os outros em paz. QUALQUER pessoa tem o direito de não gostar de algo, sem ser taxado de contra, de perseguidor ou de fóbico. Qualquer um. Em sumo: As pessoas precisam aprender que, seja em casa, na rua, no espaço ou no puteiro da cidade, o "meu" direito só começa quando o de outra pessoa acaba e vice-versa! Não existe meio termo! Não estou falando de homossexualismo, de corintiano ou de religião; Estou falando que como um todo, está na hora das pessoas cresceram como indivíduos, deixarem de serem um bando de criancinhas mimadas em corpos velhos e enfiarem na cabeça que opinião na vida pessoa de alguém é como querer usar a própria bunda como exemplo em um debate de "O que fazer com as pregas: Creme ou massagem"?!

É por isso que a humanidade como um todo não presta: Só deveria ter filho não quem quer um, como quem quer uma roupa ou algo material. Só deveria ter filho quem tem de fato cabeça adulta, quem de fato sabe e entende que a criança não é "seu" filho, e sim sua "responsabilidade". Acima de filho, é um pessoa e não a porcaria de uma copia sua para seguir com qualidades e defeitos! - Enquanto a porcaria dos pais, a porcaria do ensino e a porcaria das comunidades ensinarem que é mais importante aprender logística, economia e globalização ao invés de ensinarem que primeiro, antes dos três, deve-se crescer em sua própria psique, aprendendo a viver sem perturbar outras vidas e principalmente aprender a dividir, aprender que só se deve olhar para a vida dos outros NÃO para ver quanto e o que eles tem, mas SIM para ver se tem o suficiente para viver bem! Então esse ciclo vicioso sempre vai continuar. Não adianta usar religião, modo de vida ou qualquer outra desculpa para proteger ou acusar um mundo auto-consumido pelo ORGULHO! Querem que o mundo mude, querem que melhore e tudo, tudo isso de bom que aconteça... Aconteça para os mesmos hipócritas que tanto corroem como uma praga?! As próprias pessoas não prestam e eu mesmo não fujo a regra, mas ao menos estou lutando para fugir desses grilhões, dessas amarras desses cordéis! E quando conseguir, quando finalmente for livre... Então que seus deuses, achismos e frescuras possam me matar, pois se não puderem, então vão embora, corram, fujam! Acharei outros como eu, libertarei muitos mais como nós e juntos construiremos nosso novo mundo usando como fundamento a carcaça podre daquele que um dia foi seu lar! E não me entenda mal. Eu não sou o vilão, sou a chama que purifica. Já vocês, criaturas tão orgulhosas, é que são os vilões!

god_of_fire_by_jjcanvas-d7txtaq.jpg

Edited by Boi Caprixozo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa, Libralixo fez por merecer o apelido carinhoso...

O que tem a ver a pessoa gostar pouco ou muito de sexo? cala a boca moleque...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Seifer, estou falando em obsessão.

Agora sobre a questão da camisa de força acho que todos nós somos um tanto doidos e só quem convive (não aqui e sim no mundo real) sabe o quanto.

Sobre a religião ser motivo de piada entre céticos, bom, pra mim uma pessoa que se auto define como cético é que é a verdadeira piada. Independentemente de crença ou descrença todos nós sabemos que nada sabemos, isto é, sabemos que somos essencialmente ignorantes e então nos apegamos em crenças desde o dia em que nascemos. A crença nos conceitos antigos, nas culturas, a crenças sobre assuntos que desconhecemos, como por exemplo gente que gosta de citar ciência e não sabe nada a respeito.

O ceticismo não é uma filosofia e de vida ou tampouco um rótulo pessoal, como os religiosos gostam de fazer. Eles dizem fazer parte dessa ou daquela religião ou ismo como forma de aceitação. o ceticismo não entra nisso.

O ceticismo é uma postura específica diante de um evento específico. Você se condiciona a ser zeloso frente a determinada crença.

Quem persegue esse tipo de coisa (eu sei pois eu persigo) sabe que o ceticismo é como um feixe de luz que vem de relance vez ou outra.

Ele não é persistente. Tem horas que você se deixa levar pela crença, por opção. Tem hora q vc sente algo errado. É a educação do discernimento.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

@Christian.

É uma saída sem volta pra todos. Não tem retorno.

Saída pra quê? Desde quando isso é problema?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah... Era só sarcasmo. LOL!

E tem volta sim, fiz isso com meu antigo aparelho de DVD.

PS: reli umas 2 vezes e assino embaixo do post do LibraInk. Ninguém é cético pra tudo. Depende sempre do assunto. Eu, por exemplo, ainda não acredito que Peladinha é mulher, sou cético quanto a isso, mas acredito que Gaspar dá ré no kibe quando apagam as luzes.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, mas o q diferencia uma pessoa burra para uma inteligente é a facilidade com que ela é influenciada.

mas em contrapartida quando vc começa a duvidar de tudo vc faz da dúvida a sua crença e transforma-a em negação.

acho nós somos movidos por crença, por suposições.

de cada 10 decisões nossas talvez 9 sejam baseadas em alguma crença e não no conhecimento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sabe qual é o problema? o problema é que as pessoas não pensam por si só, por causa disso nunca vão poder ser "O QUE É" e sim o que os outros desejam que sejam...

O maior desafio do ser humano é ser "o que é" não "o que são"

Share this post


Link to post
Share on other sites

o problema é que as pessoas não pensam por si só, por causa disso nunca vão poder ser "O QUE É" e sim o que os outros desejam que sejam...

Mas esse é o motivo pelo qual muitas pessoas precisam (veja bem o verbo "precisar", pois uma minoria tem religião porque quer ou porque acha legal) da religião: elas não sabem pensar, precisam de alguém que diga o que é certo e o que é errado, mesmo que muitas vezes certo e errado sejam subjetivos.

Veja Felipe desejando que Peladinha perca tudo e passe fome. Qualquer pessoa que pensa por si só iria simplesmente ignorar o troll dela. Mas não, o religioso vem, deseja o mal e usa a Bíblia pra justificar, porque ele PRECISA ter opinião sobre tudo.

Fala sério!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas esse é o motivo pelo qual muitas pessoas precisam (veja bem o verbo "precisar", pois uma minoria tem religião porque quer ou porque acha legal) da religião: elas não sabem pensar, precisam de alguém que diga o que é certo e o que é errado, mesmo que muitas vezes certo e errado sejam subjetivos.

Veja Felipe desejando que Peladinha perca tudo e passe fome. Qualquer pessoa que pensa por si só iria simplesmente ignorar o troll dela. Mas não, o religioso vem, deseja o mal e usa a Bíblia pra justificar, porque ele PRECISA ter opinião sobre tudo.

Fala sério!

Se @Fellipe Mariano visse as opiniões que tenho sobre Deus, ao fim da leitura ele estaria espumando pela boca :mua:

E sim cara, conceitos como certo e errado, são criações humanas... eu acredito nisso, acredito que Deus não veja da mesma forma, ou melhor ele não tem conceito de certo e errado por ser totalmente subjetivo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que não importa como possamos encarar, este é mais um dos assuntos que nunca chegaremos a um consenso, então que tal esquecermos isto, bola para frente e criarmos dezenas de tópicos interessantes para nos divertimos juntos? :drool2: Claro que falo esquecer no sentido de que; querendo ou não Dilma agora é presidente por mais quatro anos. Tudo bem acharmos horrivel, mas ficar batendo na mesma tecla o tempo todo só vai machucar nossas amizades.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que não importa como possamos encarar, este é mais um dos assuntos que nunca chegaremos a um consenso, então que tal esquecermos isto, bola para frente e criarmos dezenas de tópicos interessantes para nos divertimos juntos? :drool2: Claro que falo esquecer no sentido de que; querendo ou não Dilma agora é presidente por mais quatro anos. Tudo bem acharmos horrivel, mas ficar batendo na mesma tecla o tempo todo só vai machucar nossas amizades.

Eu parabenizei a vitória da atual presidente... mas não foi pra acabar com as discussões no Facebook não, o fiz porque, bem ou mal ainda vivemos numa democracia, então nada mais justo que, ao menos, apoiar a decisão da maioria (mesmo achando uma maioria burra, mas quem sou eu pra julgar exatamente?) e porque não, torcer pra tudo dar certo?

A gente atrai o que pensa...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pra mim o errado é o que prejudica outro ser. Se o que você está fazendo não prejudica ninguém, não dá pra falar que é errado.

Por isso digo que se um cara quer chupar outro tá tudo bem, se uma mulher quer fazer uma suruba tá tudo bem. Não vindo encher meu saco, tá tudo bem.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pra mim o errado é o que prejudica outro ser. Se o que você está fazendo não prejudica ninguém, não dá pra falar que é errado.

Por isso digo que se um cara quer chupar outro tá tudo bem, se uma mulher quer fazer uma suruba tá tudo bem. Não vindo encher meu saco, tá tudo bem.

É mais ou menos por aí, contanto que não atrapalhe outras pessoas... elas podem até achar ruim, falar e etc, mas isso não é atrapalhar, a pessoa se incomoda porque quer, vai arrumar o que fazer que para de se incomodar caralho huahuahua.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hahahahahahahaha!

Isso! Tem coisas que eu faço que sei que seria muito julgado por muitas pessoas que conheço, inclusive inaceitável por pessoas da minha família. Mas faço, não falo pra ninguém, e tá tudo na boa.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Existem regras. Você não consegue ser um psicopata feliz mesmo não fazendo mal pra ninguém.

A maior prova da inteligência do universo está aqui dentro de nós. Ninguém transgride e consegue ficar em paz. As regras estão permeando a nossa mente, nos envolvendo a todo instante e se vc parar pra refletir um pouco verá rapidamente que essas regras não foram inventadas pelo senso moral. Então a questão do homossexualismo, assim como qualquer outra questão deve ser analisada dessa forma.

Se a pessoa está praticando sexo com outra do mesmo sexo e está tendo implicações negativas ela deve ponderar se essas regras que estão interferindo na vida delas são construções da moralidade humana ou se são algo mais.

Eu conheço gay feliz, mas não existe psicopata feliz. Eis aí a diferença entre o certo e o errado numa ótica de Deus.

Edited by Libraink

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×