Jump to content
Sign in to follow this  
Doom

Cidade Maravilhosa cheia de encantos mil! Cidade Maravilhosa coração do meu Brasiuuuuuu

Recommended Posts

Pior que eu estava indo bastante na Lagoa. Se já era uma merda antes do corte de verbas, imagina agora? Bosque da Barra tá perigoso também. Estão assaltando dentro de estacionamento de shopping.

Tudo lindo!

E tem gente que bota a culpa na vítima, tipo quem mandou passar ali/ter um telefone caro/morar no Rio/etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas coitadinhos dos menores gente.. são jovens sem oportunidade apenas!

A culpa é da sociedade.

[/JotaDê]

Edited by redronin

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas coitadinhos dos menores gente.. são jovens sem oportunidade apenas!

A culpa é da sociedade.

[/JotaDê]

Índices de criminalidade, na real, são sempre reflexo do descaso dos setores públicos. Mas daí a tratar o assassino como coitadinho já é demais...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Daí os esquerdinha pira dizendo que é só porque mataram médico/burguês/capitalista que tão fazendo escarcéu por algo que acontece todo dia.

E o pior é que tem que dar razão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acontece todo dia mesmo, Fahack. O problema é que realmente está acontecendo, e cada vez mais. Depois do corte na segurança esse ano os índices de criminalidade aumentaram. Esses tempos mataram 2 aqui na frente de casa, algo que nunca tinha acontecido antes. Empregada da minha sogra quase todo dia conta que alguém foi morto perto de onde ela trabalha.

A grande questão é: adianta xingar no Twitter? Não. Adianta fazer post raivoso no Facebook? Não. Adianta protestar na vgBR? Não. Adianta fazer alguma coisa? Não. Esse tipo de morte só vira notícia quando é alguém com algum status, como esse médico aí. Se fosse advogado seria a mesma coisa. Também tem a questão da localidade: se rolar morte na Lagoa, é noticiado. Se rolar morte na Cidade de Deus, é ignorado. Detalhe: ignorado pela grande mídia, porque as rádios do povão passam o dia inteiro noticiando mortes.

Como eu sempre falo: a mudança infelizmente só pode partir de cima. Quem está no topo da pirâmide social deveria olhar pra baixo e tentar equalizar as coisas. Mas aqui no Brasil isso nunca vai acontecer.

Então eu vejo um pedaço desses programas voltados pro povão e percebo que a desgraça entretém. Essas mortes deixam as pessoas entretidas por uma boa hora do dia, dá assunto pras conversas de busão, e as famílias das vítimas acabam de certa maneira gostando, pois recebem um pouco de atenção.

Isso só mostra como a nossa realidade está distorcida. E a discussão vai sempre cair no mesmo loop: pobre deveria se importar em votar em alguém decente pra receber cuidados do poder público e parar de virar estatística, mas o poder público não está nem aí pro pobre e não faz menor questão de ensinar ele a votar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse não foi no Rio, mas poderia ser tranquilamente.

Tadinho dele!

Edited by Leno

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse não foi no Rio, mas poderia ser tranquilamente.

Tadinho dele!

Isso não é fake?

Que arma o cara usou que não faz sangrar, e o meliante que tomou uns 5 tiros(?) saiu correndo de boa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso não é fake?

Que arma o cara usou que não faz sangrar, e o meliante que tomou uns 5 tiros(?) saiu correndo de boa.

Adrenalina. Deve ter caído mais pra frente.

Fora que é uma situação da vida real. Dependendo da munição, não tem sangue nível Mortal Kombat.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Porra, mas nada de sangue, com essa quantidade de tiro a queima roupa, numa parede e chão brancos?

Achei bem estranho.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Porra, mas nada de sangue, com essa quantidade de tiro a queima roupa, numa parede e chão brancos?

Achei bem estranho.

Também notei isso, mas I Want to believe.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Índices de criminalidade, na real, são sempre reflexo do descaso dos setores públicos. Mas daí a tratar o assassino como coitadinho já é demais...

Mas é exatamente isto que os "JDs" da vida fazem.

São vitimas da sociedade, que precisam é de amor e carinho e não de correção.

Porra, mas nada de sangue, com essa quantidade de tiro a queima roupa, numa parede e chão brancos?

Achei bem estranho.

Jogue menos COD.

E noticiaram que o cara que levou os tiros morreu minutos depois.

Share this post


Link to post
Share on other sites

São duas coisas complementares.

Educação e justiça social para evitar que se tornem bandidos.
Prisão para que os criminosos não fiquem impunes.

Tem que ter ambas.

Edited by Doom
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu quero ver é postarem tópico de revolta pq mataram mais um garoto na favela.

Quando acontecer e as coisas ficarem mais equilibradas, volto aqui e posto um lamento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu quero ver é postarem tópico de revolta pq mataram mais um garoto na favela.

Quando acontecer e as coisas ficarem mais equilibradas, volto aqui e posto um lamento.

Pra você a vida de um garoto numa favela vale mais do que a de outras pessoas.

Acontece que as favelas são locais hostis, embora não seja aceitável um garoto morrer na favela, é compreensível pelo simples ambiente que existe lá. Já o ciclista estava em um ponto turístico que não tem um histórico de violência como uma favela. A grande questão da reportagem é mostrar que justamente nos pontos de maior visibilidade da cidade (que vai ser sede dos Jogos Olímpicos) a segurança pública não atua.

Também acho que você não tem moral para emitir qualquer lamento sobre a morte desse médico. Você defende menor criminoso como vítima social e acredita que a culpa é da sociedade em que ele vive (mais especificamente da "burguesia"). Segundo a sua concepção, esse médico era um dos responsáveis por esse menor ser bandido. Você não tem direito de lamentar a morte dele.

Esse menor ai já tinha 15 passagens pela polícia, 5 delas - inclusive - por assalto com facas. A lei branda desse país passou a mão na cabeça desse filhote de marginal 15 vezes, e a agora a tragédia tá ai. A culpa, camarada JD, é de pessoas como você, que defendem que esse tipo de criminoso é vítima e deve ficar livre.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje no Globo tinha um leitor reclamando que sempre ficava uma viatura de polícia na rua que ele mora. Depois do assassinato a viatura foi enviada pra Lagoa. Agora é a rua dele está sendo alvo de assaltos.

Governo do Rio é assim.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pra você a vida de um garoto numa favela vale mais do que a de outras pessoas.

Acontece que as favelas são locais hostis, embora não seja aceitável um garoto morrer na favela, é compreensível pelo simples ambiente que existe lá. Já o ciclista estava em um ponto turístico que não tem um histórico

Também acho que você não tem moral para emitir qualquer lamento sobre a morte desse médico.

Vc não sabe se eu tenho moral ou não. Quem é vc pra me dizer isso?

Não há morte de gente inocente "compreensível". Se vc qualifica morte de inocente de uma forma mais aceitável ou menos aceitável, o problema é só seu.

A vida do garoto na favela vale tanto quanto o seu médico da Lagoa, imo. Pelo seu argumento da "compreensão" , já se vê que é dessa forma que vc faz a leitura desses episódios.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cuspir na cara do JD é dever cívico.

Mister N (Nojo de ser humano)

Deve ser

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vc não sabe se eu tenho moral ou não. Quem é vc pra me dizer isso?

Não há morte de gente inocente "compreensível". Se vc qualifica morte de inocente de uma forma mais aceitável ou menos aceitável, o problema é só seu.

A vida do garoto na favela vale tanto quanto o seu médico da Lagoa, imo. Pelo seu argumento da "compreensão" , já se vê que é dessa forma que vc faz a leitura desses episódios.

Sim, existe compreensível e existe aceitável. Por exemplo, uma criança morrer em um ataque na faixa de Gaza é compreensível visto o tipo de ambiente que a faixa de Gaza é, o que torna a probabilidade (e eventual ocorrência) totalmente compreensível (no sentido de compreender como e porque ocorreu). Agora, isso torna essa mesma morte aceitável? Acredito que não.

Você, que DEFENDE um menor assassino como vítima não tem moral alguma para derramar qualquer lágrimas pelas reais vítimas da violência.

E vá vender sua "luta de classes" em outro lugar!

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×