Jump to content
Flávia

Formula 1 - Temporada 2014 (Tópico Oficial)

Recommended Posts

Massa tbm estava vindo numa corrida muito boa, uma pena o motor estourar.

Massa tem que se benzer quando for entrar nos boxes agora, corrida passada quando foi para o pit saiu uma chama de fogo do motor, agora o motor estourou, se bem que ele disse na entrevista que o rendimento do carro ja havia caido antes de entrar nos boxes...

Esse GP é muito bom mesmo, o Kimi deu um show a parte, parece que finalmente a falta de sorte o deixou, se bem que ainda pregou uma peça nele quando Montoya perdeu a posiçao para o Alonso a 2 voltas do final. Agora Kimi vai ter que correr muito e depender não só do Montoya, mas torcer para o Button tbm tirar uns pontos da Renault... pois as Ferraris estão de mal a pior esse ano.

Share this post


Link to post
Share on other sites
o Kimi deu um show a parte, parece que finalmente a falta de sorte o deixou

Será mesmo, Xorume? Impressionante a falta de sorte contínua do Raikkonen. Ele só vence o campeonato agora se Alonso abandonar no mínimo 2 vezes em 4 corridas, o que é praticamente impossível. A falta de sorte é tanta que ele manteve os tabus negativos e quebrou os positivos no ano inteiro.

Ele manteve o tabu de nunca ter terminado o GP da Alemanha, de nunca um Finlandês ter terminado no pódio no GP da Itália, e vai quebrar o tabu de o vencedor da Espanha sempre vencer o campeonato. Deve haver outros, mas só lembro desses.

Gostei da corrida, todas as atenções se voltaram para o Kimi por causa da corrida de recuperação que ele teria que fazer numa pista onde as ultrapassagens são possíveis. Mas, por conta do peso do seu carro e da grande velocidade final que o Villeneuve consegue atingir em Monza, Kimi ficou preso muito tempo atrás dele. Até quando Alonso voltou da primeira parada na frente de Kimi, ele o ultrapassou com muito mais facilidade, devido também ao carro do Kimi estar leve e do Alonso pesado no momento.

Uma coisa curiosa é que o Kimi ultrapassou o Trulli 4 vezes na corrida. Na primeira vez, ele cortou a chicane e teve que deixar o Trulli passar de novo (aconteceu isso com Schumi também, se eles não deixassem passar, seriam punidos), aí depois ele passou normalmente. Na outra vez, quase no final da corrida, ele passou o Trulli, depois rodou por estar forçando demais para alcançar o Fisichella, e depois teve que passar o Trulli de novo.

Eu diria que, se não fosse o problema de pneu que ele teve, teria vencido a corrida, pois mesmo com uma perda de mais de 20s nos boxes para trocar o pneu, e mesmo com a perda de tempo com a rodada, ele ainda terminou apenas 22s atrás do Montoya. Nem haveria jogo de equipe se o Montoya estivesse com o problema que teve no final com os pneus. Estar com o peso que ele estava, fazer o melhor tempo na classificação e ainda parar só uma vez na corrida, olha, nunca vi nada mais impressionante (ele fez isso em Monaco também, mas foi ajudado pela primeira parte da classificação, que era com pouco combustível, e também pelo fato de Monaco ser um circuito lento, que faz economizar combustível). Seria vitória na certa, e bem merecida. Mas...

E a Ferrari? A Itália é tão fanática pela equipe que nem mostraram a rodada do Schumi no final, e fiquei com a impressão de o Rubinho não ter problema algum visível nos pneus, mas a equipe o chamou para os boxes para trocar. Bom, talvez houve o problema mesmo. Segundo GP seguido que a Ferrari não marca nenhum pontinho sequer. Esta é a equipe do melhor piloto de todos os tempos, Michael Schumacher (daqui pro final da temporada a ficha cai e vocês concordam que isso foi uma baita de uma ironia).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa... Raikkonen realmente é muito pé frio... é motor que tem que ser trocado, pneu que fura, acho ele muito bom e esse ano estava torcendo para ser campeão após o fiasco da Ferrari, mas agora até o mais fanático torcedor da McLaren já está "recolhendo a bandeira" e guardando para o ano que vem.

Até Montoya está ficando com a "Sindrome do Final Lap", por pouco não perde a corrida.

Muito estranho aquela parada do Barrichello mesmo, não aparentava problema nenhum, era melhor continuar correndo e ver se acontecia algo com o pneu do que parrar e sair da zona de pontuação, a não ser que ele corria algum risco de continuar com aquele pneu na corrida e bater.

Nem vi que o Schumacher rodou no final, Ferrari fez feio esse ano mesmo, até o melhor piloto de todos os tempos acostumado a sempre andar entre os primeiros relaxou e está correndo só para "cumprir tabela".

(Consultem os ultimos 10 anos sobre o que foi a F1 e vocês verão que ai não tem nenhuma ironia :P).

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema não é nem o Raikkonen que é pé frio, mas sim a Mclaren que tá fazendo muita bobagem nessa temporada. Se ela tivesse um carro mais estável, sem esses lixos de motor estourando, pneu se estraçalhando a toa (e se o Montoya não desse ataques de loucura :lol: ), a disputa entre Alonso e Raikkonen estaria acirradíssima.

Alias, alguem que ninguem notou e só fui perceber lendo o jornal de hoje foi o Pizzonia, que pegou o carro no susto, largando na pqp e conseguiu uma colocação razoavel e a frente do Webber, queridinho do dono da BMW e primeiro piloto da Williams. Que chato hein...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mesmo com as merdas que a McLaren e a Mercedes estão fazendo, o Kimi continua muito mais azarado que o Montoya. Até agora, o colombiano só abandonou em 2 corridas (mesmo número de corridas em que Alonso não pontuou, por exemplo). Até quando o Pedro de la Rosa e o Alexander Wurz substituíram ele, completaram as provas na zona de pontos.

Claro que não estou contando o GP dos EUA, mas, por causa da regularidade e menos azar do segundo piloto da equipe, seja ele qual for, a McLaren foi a única equipe que pontuou em todas as provas que correu. Foram 2 abandonos de Montoya (uma desclassificação no Canadá e apenas uma quebra na França) contra 3 quebras de Raikkonen enquanto estava na liderança (Imola, Nurburgring e Alemanha) e 3 trocas de motor (França, Inglaterra e Itália). Sem contar os estouros de pneus na Malásia e na Itália. Nem se compara...

Quanto à parada de Rubinho para trocar o pneu, ele disse que o pneu havia estourado, mas fiquei com uma sensação de a Ferrari tê-lo chamado para poder Schumi ultrapassá-lo e chegar na zona de pontos. Pena que, se foi isso mesmo, foi tudo por água abaixo quando o alemão rodou e a TV Italiana nem mostrou, por isso que ninguém viu. Mas foi dito pelo Kleber Machado e pelo Reginaldo Leme que ele rodou e fez uma volta com tempo altíssimo, por isso ficou apenas em décimo. Rubinho só conseguiria um ponto se não fosse pros boxes, acho que a Ferrari queria esse pontinho pro Schumi. É bom ela desistir de mendigar pontos pro alemão, pois Montoya passará ele no campeonato mais cedo ou mais tarde (55 pontos a 50).

Realmente, o Pizzonia foi muito bem mesmo. Fazia exatamente um ano que ele não participava de um GP, ainda bem que caiu justo no da Itália, e talvez ele corra domingo que vem na Bélgica também (os 2 últimos que ele correu no ano passado, mas em ordem invertida).

Nem vi que o Schumacher rodou no final, Ferrari fez feio esse ano mesmo, até o melhor piloto de todos os tempos acostumado a sempre andar entre os primeiros relaxou e está correndo só para "cumprir tabela".

(Consultem os ultimos 10 anos sobre o que foi a F1 e vocês verão que ai não tem nenhuma ironia

Desde 1996, ano em que Schumi foi para a Ferrari, que a equipe não foi favorita para vencer um GP da Itália ou o campeonato de um modo geral. O que isso significa? Que Schumi sempre tinha um dos ou "O" melhor carro possível para correr. Agora que não tem mais, ele não vence nenhuma em cima dos melhores, só venceu nos EUA porque só teve o Rubinho de rival (ou seja, para a Ferrari, ninguém).

Na sua opinião, em que posição a Ferrari está em relação às outras, em termos de ter carros bons/confiáveis? Veja que ela está em terceiro nos construtores e em terceiro nos pilotos. Então, teoricamente, ela tem o terceiro melhor carro no geral na temporada. Claro que seu carro não se adaptou a determinadas pistas esse ano, como a Turquia, mas isso aconteceu com a Toyota, a BAR e a Williams também, de ter péssimo desempenho (em corrida) em algumas pistas. Aliás, o único ponto que Button conquistou em Monza, sem ter problema algum com o carro, era pra ter sido do Rubinho...

Então, veja só: com o terceiro melhor carro, Schumi não consegue vencer corridas em cima de pilotos como Kimi, Alonso e Montoya. Mas estes, quando possuíam o segundo, terceiro, quarto e até o quinto melhor carro do ano, como foi o caso da McLaren no ano passado, venciam corridas em cima de Schumi (mesmo em anos de melhor carro disparado, como 2002 e 2004). Como você considera um piloto desses o melhor de todos os tempos? Está CLARO nesta temporada que ele não é e nunca foi. Melhor temporada EVER para provar este fato. Leia isto:

O alemão Michael Schumacher, da Ferrari, perdeu a paciência com a situação da equipe e pediu um carro vencedor, de uma maneira não muito delicada.

“Depois desta temporada estranha e atormentada, eu gostaria de ter ao menos uma vez uma Ferrari que me permitisse lutar por uma vitória. Isso é tudo que eu queria ainda em 2005, será que é pedir muito?”, disse o heptacampeão.

Schumacher também é realista sobre sua posição no campeonato, já que deverá perder a terceira colocação para Juan Pablo Montoya, que está apenas cinco pontos atrás. “Não seria nada realista eu pensar que posso manter a terceira posição, mas isso não importa. O que quero agora é ter pelo menos uma vez uma Ferrari que possa lutar pela vitória. Mas isso será impossível em Spa: a corrida acontecerá logo e não podemos fazer milagre. Mas depois disso eu quero, é a única coisa que peço nesta temporada estranha”, finalizou.

É o tipo do piloto que só ganha se tiver o melhor carro nas mãos. O Rubinho é a mesma coisa, mas ainda consegue ser pior que o alemão. Vou rir muito se Felipe Massa ganhar corridas com a Ferrari ano que vem em cima do Schumi, ou se simplesmente for melhor que ele na temporada. É difícil esperar muito de um piloto que vai correr em equipe grande pela primeira vez (o Raikkonen, por exemplo, quando foi da Sauber para a McLaren em 2002, apanhou feio do Coulthard, mas em 2003 brigou com Schumi até a última corrida pelo título). Outro comentário interessante:

O tricampeão mundial de Fórmula 1 Jackie Stewart afirmou nesta segunda-feira que o alemão Michael Schumacher já deveria ter se aposentado.

Stewart, que largou o automobilismo em 1973, quando conquistou seu terceiro título da F-1, acha que o piloto da Ferrari deveria ter parado quando ainda estava no topo, conquistando o heptacampeonato mundial.

"Se ele tivesse se aposentado no ano passado, ele teria feito isto como um herói completo, a pessoa dominante. Mas agora ele tem de vencer GPs, não só um ou dois, mas o campeonato mundial para provar que ainda é dominante para ficar na história como o mais dominante piloto de sua época", disse o ex-piloto e ex-dono de equipe.

No domingo, Stewart comemorou os 40 anos de sua primeira vitória na F-1, coincidentemente em Monza, onde no mesmo dia foi disputado o GP da Itália.

Para Stewart, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen mancharam um pouco a carreira de Schumacher. O ex-piloto disse ainda que espera que o espanhol da Renault seja o campeão deste ano.

"Não há dúvida que neste momento o Raikkonen é o piloto dominante, à frente de Schumacher e Alonso. Sem dúvida, o carro do ano será a McLaren. Mas Alonso tem uma ótima cabeça para um jovem e se ele usá-la, e claramente ele o faz, vai levar o título mundial", explicou Stewart.

Concordo totalmente com o Stewart. o Schumi foi muito burro quando disse que só pararia de correr quando encontrasse um piloto que o superasse, acho que ele pensou que isso nunca aconteceria. Foi enganado pelo próprio "marketing" excessivo que os outros fazem dele, hahahahaha.

Enfim, as evidências são tantas que só não vê que ele não é o melhor piloto quem não quer. Se ele fosse, teria vencido pelo menos algumas corridas, teria brigado pelo campeonato até o fim, como fez o Raikkonen em 2003 (terceiro melhor carro daquele ano, pois na verdade era uma versão do carro de 2002 adaptado para a temporada 2003). Cadê que o Schumi, no ano passado, fez uma pole como essa da Itália do Raikkonen, com o carro lotado de combustível para apenas um abastecimento na corrida?

Só imagino o Senna ou o Prost em Imola preso atrás do Alonso por 13 voltas, mas que vinha sendo quase 2s por volta mais rápido que ele antes de colar em sua traseira. Não, isso é inimaginável...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que nunca fiz dois posts seguidos na vida, mas como tudo tem sua primeira vez...

Meus amigos, existe uma maldição contra as dobradinhas nessa temporada, assim como já havia falado após o GP da Turquia. Monteiro tirou o segundo lugar de Montoya lá, e Pizzonia tirou agora na Bélgica. Isto é incrível. A McLaren iria ultrapassar a Renault em construtores com essa dobradinha, e o Montoya ultrapassaria o Schumi pelo terceiro lugar no mundial de pilotos.

Nem adianta falar mais do título, pois ele ficou com o Alonso definitivamente desde o abandono de Raikkonen na Alemanha (apesar de na corrida seguinte, Hungria, o Alonso não ter marcado pontos). Raikkonen só fica com o título se houver 3 abandonos de Alonso, o que acho quase impossível.

A corrida foi boa como sempre é na Bélgica. O traçado é um espetáculo, os pilotos gostam, o tempo é imprevisível, chove numa parte da pista e em outra não, é muito legal. A pista molhada, desta vez, enganou 3 equipes que iriam dar uma mexida no campeonato: Toyota, Sauber e Williams.

A Toyota poderia ultrapassar a Ferrari nos construtores se não cometesse a burrice de trocar o pneu de Trulli para pista seca (voltando aos intermediários logo depois) e fazendo o MESMO erro com o Ralf depois. A Sauber tirou o Massa do primeiro possível pódio dele (e talvez da equipe) fazendo a MESMA burrice da Toyota, e a Williams também já tinha cometido o mesmo erro com os seus dois pilotos. Massa foi o último que arriscou, por isso a Sauber foi a mais burra de todas, se bem que o Klien se deu bem um certo tempo depois com pneus pra pista seca, ultrapassando até o Alonso, mas com uma volta atrás.

O show inicial foi de Fisichella. Mas, como ele não é um Kimi, um Alonso ou um Button, que costumam dar show quando estão atrás sem cometer erros, andou mais que o carro na chuva e se deu mal. Será o primeiro a ir pra pista no Brasil pra fazer sua volta de clasificação.

Ok, desta vez o Schumi não teve culpa, o Sato e sua loucura tiraram o alemão da corrida. Achei que o Safety Car iria entrar de novo, mas não foi preciso. O que estranho é que o Schumi se envolveu em muitos acidentes nessa temporada: foi uma vez com o Heidfeld, uma com o Fisichella, se não me engano, uma com o Webber, uma com o Sato, fora as que ele não precisou abandonar...

Por falar em Webber, parece que a volta mais rápida da corrida ficou com ele, depois que trocou o pneu pra pista seca no final da corrida. O mais impressionante é que a segunda e a terceira melhores voltas foram das McLarens com pneus intermediários, ou seja, o carro continua disparado o melhor. Aguardo ansiosamente o GP do Brasil pra ver o que vai acontecer. E se o título ainda for adiado pro Japão? Isso só aconteceria se Kimi vencesse e Montoya e, por exemplo, Button, ficassem na frente de Alonso.

Só uma correção do post anterior: o Montoya quebrou na Hungria também, não foi só na França. Tô começando a achar que ele é quase tão azarado quanto o Kimi, mas não com quebra do carro (por exemplo, foi detectado um problema no seu motor antes dos treinos livres de sexta, então ele conseguiu trocar o motor sem ser punido, já que o motor anterior já havia servido pra Turquia e Itália), mas com acidentes com pilotos retardatários.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estou com dó do Pizzonia... que merda que ele foi fazer, ainda não vi nenhuma imagem dele batendo no Montoya mas certamente foi culpa dele, se bobiar acabou sua carreira na F1 ali.

Alonso cagado demais mesmo.

Sato levou um merecido tapa no capacete... bem feito, outro burro tbm.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pizzonia foi multado em 8 mil dólares pelo acidente.

Sato vai perder 10 posições no grid na próxima corrida por ter sido considerado culpado pelo acidente com Schumi pelos comissários da prova. Não sei se vocês se lembram, mas apareceu uma mensagem dizendo: "incidente envolvendo os carros 1 e 4 será investigado após a corrida".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Veja a desculpa que Pizzonia deu:

"Eu estava com pneus secos, fazendo voltas mais rápidas que ele. Ele foi muito devagar, talvez porque seus pneus não estavam bons, ou talvez estava só administrando até o fim da corrida", disse Pizzonia.

"Eu pensei que ele tinha me visto e ele freou muito cedo. Achei que estava me deixando passar. Coloquei meu carro próximo do dele, mas obviamente ele não tinha me visto, pois entrou no traçado normal e eu não pude evitar a batida", alegou o brasileiro.

8 Mil foi pouco, quem deveria pagar essa multa para ele era o Alonso, deu o campenato já ganho para ele.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foi uma grande desculpa mesmo. Como ele "estava fazendo voltas mais rápidas que Montoya com pneus pra pista seca" se ele bateu no colombiano na mesma volta em que saiu dos boxes após a troca de pneus?

Deveria haver uma regra dizendo que retardatários não podem recuperar a volta que tomaram dos líderes, a não ser que estes tenham algum problema no carro ou com os pneus, o que não foi o caso da corrida de hoje. Sato deveria ser multado também (assim como o Monteiro na Turquia quando bateu em Montoya), só perderá as posições no grid porque a batida foi no Schumi...

Outra correção que eu esqueci: a volta mais rápida hoje foi do Ralf Schumacher, depois que trocou os pneus para pista seca no finalzinho da corrida. Acabei de ver no Fantástico que o Button também trocou, por isso passou Rubinho com tanta facilidade (eu não vi essa troca na corrida, pode ser um erro da reportagem de Pedro Bassan). Mas a segunda melhor volta provavelmente foi do Mark Webber, e depois foram as McLarens.

EDIT: Fiquei sabendo que o Heidfeld estava andando de bicicleta próximo à sua residência na Suíça, foi atropelado por uma moto, lesionou o ombro e talvez nem corra mais esse ano. Caramba, se isso se confirmar (o acidente existiu, vamos ver se ele fica realmente todo esse tempo sem correr), como o Pizzonia é sortudo...

Edited by Sonic X-Treme

Share this post


Link to post
Share on other sites

Melhor corrida do ano, na minha opinião.

Pena que o Pizzonia fez uma grande cagada, justamente num momento onde ele deveia estar sendo avaliado não só pela Williams, mas também por outras equipes. Apesar da burrada, ainda o considero bem melhor que o Massa.

Grande prêmio do Brasil promete.

Share this post


Link to post
Share on other sites
264608-7933-ga.jpg


Alonso campeão!

Acertei meu palpite de abril :P

As mclarens dominaram a corrida, mas levando o ano em conta, Alonso mereceu. Campeão mais jovem de todos os tempos, 24 aninhos. E este ano, ao contrário de muito tempo, teve emoção e eu, pelo menos, não senti falta de nenhum sapateiro :D Edited by Flávia

Share this post


Link to post
Share on other sites

Opa, parece que resolveram o problema da falta de dobradinhas na temporada. Ela só aparece se Montoya estiver na frente do Kimi, que não era a situação das outras corridas em que quase houve dobradinhas (Turquia e Bélgica).

Eu tinha certeza de que o Alonso ganharia o campeonato aqui no Brasil com as circunstâncias com que eles vieram pra cá, pois ele não abandonou nenhuma corrida por causa de quebra de carro, sabia que ele iria largar numa das primeiras posições e não há espaço estreito para bater e abandonar como no GP do Canadá, por exemplo.

A única vez em que nada disso aconteceu e ele acabou sem ir ao pódio foi em Monaco, já que foi ultrapassado pelas 2 Williams quando estava em segundo e acabou em quarto.

É merecido e não é ao mesmo tempo esse campeonato, pois a sorte o favoreceu e MUITO. É merecido porque o carro da Renault, além de rápido, é bastante confiável, e o melhor carro da temporada não é apenas o mais rápido, tem que ser confiável também, foi aqui onde a McLaren se encaixou.

Olhem isso:

http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/...38-1311,00.html

Se não fossem as quebras de Raikkonen e as batidas de Montoya que deixaram Alonso em segundo lugar (mesmo contando as trocas de motor do finlandês), era para Kimi estar 7 pontos na frente de Alonso neste momento (claro que a McLaren iria ter que fazer ele vencer hoje pra isso, acho que anteciparam o segundo pit stop do Kimi porque Montoya merecia mais a vitória, sem contar que seria a única situação em que Montoya ultrapassaria Schumacher no campeonato de pilotos).

A corrida foi legal, pena o Pizzonia ter que abandonar tão cedo, novamente por causa de batida. Desta vez, a culpa foi do Coulthard. O Massa perdeu muitas posições na largada por largar no lado sujo e molhado da pista, e ainda fez a primeira parada muito cedo, não dando pra pontuar. Schumi e Rubinho se deram muito bem e levaram as 2 Ferraris à zona de pontuação. Fisichella acabou perdendo pro Schumi nos últimos pits, mas mesmo assim a McLaren ultrapassaria a Renault por um ponto se o Fisico acabasse em quarto lugar (agora está 3 pontos).

A festa do vencedor da corrida foi totalmente ofuscada pela do vencedor do campeonato. Achei impressionante a cobertura da prova pela mídia brasileira em geral, tanto TV quanto sites especializados. Será que dariam toda essa importância se não houvesse essa imensa probabilidade de conquista do título por Alonso? Saberemos ano que vem...

Share this post


Link to post
Share on other sites
É merecido e não é ao mesmo tempo esse campeonato, pois a sorte o favoreceu e MUITO. É merecido porque o carro da Renault, além de rápido, é bastante confiável, e o melhor carro da temporada não é apenas o mais rápido, tem que ser confiável também, foi aqui onde a McLaren se encaixou.

Mas sorte faz parte do pacote :P

Neste aspecto, Kimi se deu mal.

E que ano que vem seja como esse, disputado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fernando Alonso = Jacques Villeneauve

1 título e nunca mais.

JD (Kimi MUITO mais piloto, porém azarado)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pra mim, foi a melhor corrida da temporada, e uma das melhores dos últimos anos. Ninguém teve vida fácil, e a liderança só foi decidida na última volta.

Mais uma vez, Montoya se envolve em acidente com carros mais lentos. Fez a McLaren perder a liderança no mundial de construtores. Mas será que ele faria o que o Raikkonen fez? Será que teríamos dobradinha? Olha, quase impossível. Montoya tiraria em quarto lugar no máximo.

Kimi mostrou nessa corrida como é realmente um dos melhores pilotos da F-1 atual. Considero ele empatado com Alonso, mas também cada um em circunstâncias diferentes. Kimi errou um pouquinho mais durante a temporada, pois teve que compensar o azar que teve com muito mais agressividade nas corridas do que o normal.

Se o carro não tivesse quebrado em Imola e em Nurburgring, ele já seria líder no Canadá e ficaria mais tranquilo com sua posição na liderança. Quem está em segundo no campeonato é que tem que forçar mais e pode errar mais. O único erro de Alonso foi exatamente no Canadá.

Gostei muito do treino de classificação, que embaralhou geral o grid e deixou a corrida mais emocionante ainda. Ver Schumacher ser pressionado durante praticamente toda a corrida e ultrapassado 3 vezes não teve preço, realmente. Mas as largadas dele e do Alonso foram espetaculares, ganharam 7 e 8 posições, respectivamente. Kimi foi tocado na largada por Montoya e quase sai da pista também no início, mas a estratégia para o restante da corrida foi perfeita.

O engraçado é que ele e Alonso perderam muito tempo atrás do Schumi na primeira tentativa de ultrapassagem de cada um (antes do primeiro pit-stop dos 3). Alonso ultrapassou depois de várias voltas, e Kimi entrou nos boxes junto com o Alemão e, na saída, ultrapassou rapidamente. Na segunda tentativa de Alonso, ele conseguiu rapidamente a ultrapassagem também.

Até eu dava como certa a vitória do Fisichella (se não fosse o Safety Car no início, apostaria no Ralf também, pois ele disparou na frente e poderia ter uma distância boa pro Fisichella. O SC e as 3 paradas nos boxes acabaram com a corrida do Schumi Jr.), mas o desempenho do Kimi depois que se livrou do Schumacher foi espetacular. Alonso também recuperou um tempão e passou o Webber no fim. Caramba, nunca mais vamos ter uma corrida como essa...

O Kleber Machado falou uma coisa muito interessante, e eu concordo plenamente com ele: Nas horas decisivas mesmo, a Ferrari, McLaren e Williams (e a Renault também) fazem a diferença para conseguirem bons resultados. Sempre falei para uns amigos meus que BAR e Toyota só não conseguem vencer na F-1 porque não têm equipes para isso. A estratégia, o trabalho de pit-stop, esses detalhezinhos é que fazem a diferença das 4 citadas para elas. O Reginaldo Leme falou que a Williams erra muito no Pit-stop, mas não vejo tantos erros assim. Todas já erraram, mas é muito raro. E não é só isso que define uma equipe. Vamos ver no ano que vem se a Honda vai brigar pelo título como está prometendo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Assistiram a ultima corrida?

Perdi :annoyed:

Cheguei em casa agora de pouco crente que ia pegar pelo menos 1 hora da corrida e já estava passando a "Santa Missa".

Horario de verão me enganou...

Share this post


Link to post
Share on other sites

É, depois da corrida do Japão, esperava uma super briga hoje, mas o Safety Car estragou essa corrida entrando 2 vezes demoradas nela. Realmente, ou a Renault é sortuda demais, ou a McLaren é azarada demais, pois Montoya tinha tudo para ficar com o terceiro lugar no mundial de pilotos depois do que aconteceu com o Schumacher ao alinhar o carro no grid, e um problema na pista acabou tirando o colombiano da prova, e o título de construtores da McLaren também.

É a primeira vez que vejo o Safety Car ajudando o primeiro colocado ao invés de atrapalhar. Tudo bem que os outros colaram em Alonso, que já tinha conseguido quase 13s de distância pra Fisichella, Kimi e Montoya, mas isso acabou com a estratégia da McLaren de sair com o carro mais pesado e ganhar a corrida usando as voltas rápidas pré-pit-stop. Claramente, as Renault estavam mais leves, principalmente Alonso, que depois de algumas voltas fez tempos melhores que a Pole, que ele diz que foi uma volta perfeita.

As 2 vezes que o SC entrou na pista foram as 2 paradas de quase todo mundo, então, quem ficou pesado o tempo todo se deu mal. Kimi disse que faltou velocidade ao seu carro no início, por causa do peso dele. Só no final é que ele começou a fazer as voltas mais rápidas da prova, sendo que a melhor foi a última, a TV nem mostrou (1:33:242). Gostei de Ralf, Massa e Klien não entrarem nos boxes na segunda entrada do SC, eles se deram muito bem com isso e entraram na zona de pontos na base das voltas rápidas com carro leve antes do pit-stop. Pelo menos o Massa acabou o campeonato na frente do Villeneuve.

Foi a segunda vitória de ponta a ponta de Alonso na temporada, a outra foi o GP da França, em que ele não perdeu a primeira posição nem no pit-stop (Raikkonen quebrou o motor naquela corrida e largou em 13º). Os dois rivais empataram no número de vitórias, mas Alonso, ao contrário do que a TV falou, fez uma pole a mais que Kimi, pois aquela da Itália do Kimi não valeu quando ele perdeu as 10 posições, ficou com Montoya.

Raikkonen deixou de marcar 3 poles na temporada por ter trocado o motor e perdido 10 posições, pois se via obrigado a sair muito mais pesado que os outros e acabava ficando em 2º ou 3°. A única vez que perdeu as posições e mesmo assim fez a "pole" pesadíssimo foi na Itália, onde iria fazer apenas uma parada (ou seja, foi a "pole" mais impressionante que já vi nesse sistema de treinos de classificação atual).

Para quem tem curiosidade, o Kimi tem 9 vitórias na carreira, o Alonso tem 8, o Kimi tem 7 poles (poderia ter 10), o Alonso tem 9 (teria 7 se o Kimi fizesse as 10 dele, já que a outra do Kimi foi herdada pelo Montoya em Monza). Bem equilibrado, visto que até o ano passado nenhum dos 2 jamais pegou o melhor ou segundo melhor carro da temporada, como nesse ano.

Depois escrevo mais fazendo um resumo pessoal sobre a temporada de 2005, a melhor em muito tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cutucou a onça...

Sempre disse que a Formula-1 menosprezava alguns pilotos e eu não estava errado. Vejam uma lista que eu fiz lá pra 2000 (não lembro exatamente):

1- Kimi Raikkonen: um excelente piloto que iniciou na Sauber e sempre mostrou o braço que tinha. Ele VAI ser o campeão mundial de 2006.

2- Pedro De La Rosa: o cara sapecava o Bernoldi na Arrows e conseguia pontuar com o segundo pior carro da temporada. Dê uma chance e ele se torna campeão.

3- Jos Verstappen: o holandês voador fez a mesma coisa que o De La Rosa e com outros carros além da Arrows.

4- Felipe Massa: desde a primeira corrida, eu sabia que esse cara seria um novo Ayrton Senna. Agressivo ao limite e muito hábil, já cheguei a correr de kart com ele (e ganhei!) e o cara se adapta absurdamente às adversidades.

5- Fernando Alonso: não preciso de muitos comentários. Eu o vi na Minardi e disse: "esse tem sangue de campeão... muita sorte e habilidade regular." Deu no que deu. Tenho certeza que esse aí é bom, mas apenas se comparado aos baixíssimos padrões da atual F-1. Um novo Damon Hill, por assim dizer.

6- Giancarlo Fisichella: um puta piloto com um puta azar. Só digo isso para descreve-lo.

Depois eu posto com mais calma sobre isso ;p

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...