Análises

Dead Space

9
Esse remake mostrou que 2008 já faz muito tempo!

Dead Space é mais do que apenas a fantasia de qualquer fã do jogo original – parece que os desenvolvedores mais uma vez queriam provar que seu jogo é o padrão ouro em seu gênero. O pessoal do Motive Studio ajustou a experiência nos lugares certos para fazer o jogo parecer novo, sem sobrecarregá-lo com enfeites desnecessários.

Bem, sem mais perguntas retóricas, podemos dizer que mesmo depois de mais de uma década há uma boa razão para Dead Space ser considerado rei até hoje, e o remake apenas confirma ainda mais o status de realeza do jogo.

Mas vamos ver o que torna este remake melhor do que muitos outros projetos destinados a alimentar nossa nostalgia.

Queria ter 1/10 da coragem de Isaac,

A história não mudou, como jogador você ainda terá que vestir o uniforme de Isaac Clarke, um “simples” engenheiro enviado com seus companheiros de tripulação para fazer alguns trabalhos de manutenção na USG Ishimura. Outra coisa que não mudou é o nível de medo causado pelos encontros com os necromorfos. Não importa se você é um jogador novo ou um veterano que está retornando: as criaturas profanas pulando das aberturas vão assustar você.

Conte com seus amigos enquanto eles estão vivos.

Ao lado dos mutantes espaciais, você também terá que enfrentar a claustrofobia gerada pelo fato de estar preso em uma nave abandonada e a loucura dos cultistas torcendo para que você seja transformado em shish kebab. Não há cantos ou quartos seguros que lhe dêem um minuto para recuperar o fôlego. Cada passo que você der na escuridão trará novos e novos horrores tentando matá-lo.

Essa pressão constante é combinada com um sistema de combate envolvente. Quando foi lançado originalmente, era uma mecânica de jogo inovadora o fato de Dead Space ter se afastado dos headshots obrigatórios e encorajado você a se concentrar em desmembrar seus oponentes, membro por membro. Para se tornar o açougueiro espacial mais infame próximo ao seu arsenal, você também pode usar várias habilidades como Stasis ou Kinesis para desacelerar seus inimigos, facilitar a mira ou até mesmo empalá-los com o objeto do decoro.

Que visual incrível, não?

Essa criatividade sobre como você lida com a arte de cortar fígado alienígena também está presente quando se trata do design de níveis. Muitas vezes você tem que voltar atrás para poder acessar novas áreas e atualizar sua armadura, suas habilidades e habilidades. Isso também foi uma novidade em 2008, quando normalmente os jogos de survival horror te empurravam para frente, e te faziam tentar fugir do perigo.

O recurso Intensity Director garante que você nunca saberá quando e de onde virão os ataques, enquanto a ótima trilha sonora e efeitos sonoros construíram um jogo verdadeiramente memorável com um sentimento geral que parecia rivalizar com a série de filmes Alien. Todo o jogo é uma experiência acelerada que é um tanto afetada pelas tarefas repetitivas do segundo tempo, mas tudo faz sentido se você pensar em toda a provação pela qual nosso herói tem que passar.

Saca só como era o jogo em 2008.

Então, estabelecemos mais uma vez que Dead Space é um excelente jogo mesmo em 2023. Mas e o remake, o que ele traz para a mesa? Bem, a diferença é tão grande que justifica totalmente este relançamento. A evolução dos gráficos é verdadeiramente geracional, o novo ambiente rico e detalhado dá vida a toda a experiência. Dead Space Remake parece muito melhor do que as memórias que tínhamos sobre o original que foram embelezadas por nossas mentes.

As duas opções de exibição diferentes, Qualidade com resolução 4K, 30 fps e ray tracing e Desempenho com 2K QHD e 60 fps são combinadas com tempos de carregamento consideravelmente reduzidos que melhoram muito a imersão ao viajar entre as áreas. E a lista de melhorias não é apenas técnica, pois os desenvolvedores também incluíram alguns conteúdos extras que agregam à experiência original, tornando-a melhor.

Esse já era.

Não posso agradecer o suficiente ao pessoal da Motive por adicionar propulsores ao traje de Isaac, o que torna as missões Zero-G muito menos frustrantes. Como eu já disse, há pouco ou nenhum tempo de carregamento em Dead Space Remake porque todos os setores da USG Ishimura agora foram vinculados a várias zonas de conexão.

Os fãs da série que jogaram o jogo original certamente perceberão que há novas missões secundárias adicionadas ao remake, junto com um final secreto disponível no novo jogo mais dificuldade. Eu recomendo assistir em uma plataforma de sua escolha, se você não planeja jogar o jogo novamente, é muito legal.

Vai ter horas que precisaremos explorar fora de Ishimura.

Por último, mas não menos importante, Isaac agora tem falas, o que dá ainda mais peso à história. Juntamente com a nova música, modelos de personagens atualizados, novos shaders, iluminação e geometria aprimoradas, o remake é verdadeiramente a versão definitiva de Dead Space. Embora permaneça fiel ao original, os desenvolvedores conseguiram impulsionar tudo ao máximo para fornecer aos jogadores uma verdadeira experiência de terror destinada à geração mais recente de consoles.

VEREDITO

Dead Space é mais do que apenas a fantasia de qualquer fã do jogo original – parece que os desenvolvedores mais uma vez queriam provar que seu jogo é o padrão ouro em seu gênero. O pessoal do Motive Studio ajustou a experiência nos lugares certos para fazer o jogo parecer novo, sem sobrecarregá-lo com enfeites desnecessários.
Claro, ainda existem elementos que poderiam ter se beneficiado de mais atenção como todo o conteúdo do jogo final, especialmente a batalha final, mas mais uma vez Dead Space oferece uma experiência que é mais do que a soma de suas partes e reconfirma seu status como o rei do gênero.

David Signorelli
Últimos posts por David Signorelli (exibir todos)